quarta-feira, 8 de maio de 2019

Confira as melhores promoções para o dia das mães na Loja Vieira


Giro pelo Sertão – Polícia erradica 6,5 mil pés de maconha em Lagoa Grande


Equipamentos utilizados na irrigação e no cultivo das plantações, além de 66,4 mil mudas foram destruídos.

Cerca de 6,5 mil pés de maconha foram erradicados pela polícia nesta terça-feira (07), em duas roças localizadas no município de Lagoa Grande, no Sertão de Pernambuco. Juntas, as plantações poderiam produzir 500 quilos do entorpecente. O flagrante foi realizado durante a Operação Macambira III, que integra a Operação Lábaro.

Participaram da ação representantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) especializados no combate ao crime em área de Caatinga, Departamento de Repressão ao Narcotráfico da Polícia Civil (Denarc) e Batalhão Especializado de Policiamento do Interior da Polícia Militar (Bepi).


Ao receberem informações do helicóptero da PRF de que havia duas roças com características semelhantes às que cultivam “cannabis sativa”, as equipes foram até o local indicado, no povoado de Vermelhos. Além dos pés de maconha, foram destruídos 66,4 mil mudas da planta e equipamentos utilizados na irrigação e no cultivo das plantações.

Os policiais realizaram buscas na região, mas nenhum suspeito foi encontrado. No sábado (04), haviam sido erradicados 6 mil pés de maconha no município de Cabrobó, também no Sertão, que poderiam produzir 450 quilos do entorpecente.


A ocorrência foi acompanhada pelo delegado da 12ª DENARC, Dark Blacker, que irá investigar os responsáveis pelo cultivo das plantas.
Operação Lábaro

A Operação Lábaro tem o objetivo de fortalecer o policiamento ostensivo nas rodovias federais e áreas de interesse da União, por meio de ações coordenadas de segurança viária e de combate ao crime.

Alinhada aos objetivos estratégicos da PRF e com duração prevista até o fim de 2019, a iniciativa visa reduzir a violência no trânsito por meio de ações de fiscalização e de educação para o trânsito, além de aumentar a percepção de segurança e realizar o enfrentamento ao crime de forma intensa, utilizando a estratégia de policiamento orientado por inteligência

Blog do Ney Lima

Ministério Público questiona realização do São João da Moda

Município encontra-se impedido de realizar gastos com festas caso os salários e repasses estejam atrasados

A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe está impedida, por uma decisão liminar, de realizar gastos com eventos festivos enquanto as finanças do município estiverem com obrigações em atraso no que compete a pagamentos com salários dos servidores, repasses previdenciários, obrigações com as empresas terceirizadas, além do repasse de valores retidos dos servidores para pagamento dos empréstimos consignados.

O efeito da decisão liminar alcançou os últimos eventos festivos de natal e final de ano e os shows da tradicional festa do Pará, que não foram realizados.

Nesta segunda-feira (06), o promotor de justiça Lúcio Carlos Malta Cabral protocolou na Justiça uma petição questionando a possível realização do São João da Moda 2019 com envolvimento de recursos públicos.

O promotor usa como base o aviso de licitação, publicada em março deste ano, para concessão de espaço público no Polo Palco da Moda.

“Não restam dúvidas de que a Prefeitura empregará esforços para descumprir a decisão judicial e onerar ainda mais os cofres públicos com eventos efêmeros e que não trazem benefícios perenes à população”, questiona do MPPE na ação.

“O cidadão de Santa Cruz do Capibaribe cansou de ser desrespeitado”, diz Ministério Público

O Ministério Público apurou que o Município não se encontra em dia com diversas obrigações e questiona que a realização do evento com uso de recursos públicos poderá configurar crime de desobediência por parte do prefeito Edson Vieira (PSDB).

“O cidadão de Santa Cruz do Capibaribe cansou de ser desrespeitado e violado em seus direitos, já que há problemas crônicos na Educação (obras paralisadas dada a escassez de recursos); Saúde (o atendimento na UPA municipal está prejudicado com a carência de médicos, enfermeiros e de precária estrutura); além do não-pagamento dos salários dos servidores ativos, inativos, comissionados ou temporários, repasses previdenciários (RGPS e RPPS), obrigações com as empresas terceirizadas, além do repasse de valores retidos dos servidores para pagamento dos empréstimos consignados”, diz parte do texto do MPPE.

O Ministério Público pediu que o juiz intime o prefeito Edson Vieira a informar se irá cumprir a decisão judicial e que comprove se existirão recursos públicos empregados nas festividades.

Caso seja confirmada a realização do São João da Moda com o emprego de recursos públicos, o MPPE solicitou na mesma ação que a Justiça determine que a Celpe não forneça energia elétrica para o evento.

O promotor sinaliza que a realização do evento com gastos públicos poderá configurar crime de desobediência e ato de improbidade administrativa por parte do prefeito Edson Vieira.

Juiz dá prazo de 72 horas para Prefeitura informar origem dos recursos para o São João da Moda

O juiz Moacir Ribeiro da Silva Júnior analisou, nesta terça-feira (07), a petição do Ministério Público questionando a realização do São João da Moda 2019 e estabeleceu um prazo de 72 horas para o prefeito Edson Vieira informar “a origem dos recursos eventualmente utilizados para concretização da dita festividade”.

O juiz entendeu que a informação poderá ser encaminhada por escrito e decidirá sobre os demais pedidos do Ministério Público após o recebimento das informações por parte da Prefeitura.

Na edição de 2018 o São João da Moda contou com incremento da iniciativa privada na concessão de espaços, mesmo assim os gastos públicos ultrapassaram R$ 2 milhões.

Blog do Ney Lima

Polícia Militar e Guarda Civil desarticulam ponto de comercialização de armas de fogo na Zona Rural


Através de informações fornecidas a Polícia Militar que um individuo residente no Sítio Lagoa dos Caboclos município de Jataúba no Agreste Pernambucano, operava na área alugando armas de fogo aos meliantes para a prática de crimes. Acompanhados da Guarda Civil Comunitária, o efetivo policial comandado pelo Sgt. Devaldo sairam em diligência para averiguação, chegando no referido local avistaram o acusado Sivonaldo Antônio da Silva 42 anos de idade, o mesmo ao perceber a presença da Policia se desfez de alguns sacos e correu para o matagal.


A Policia ao verificar o que tinha dentro dos sacos constatou que eram armas de fogo, foram realizadas várias buscas no local na tentativa de capturar o acusado, mas não tiveram êxito, fizeram buscas ainda na residência do acusado com a permissão da esposa do mesmo, onde encontraram vários cartuchos e munições de diversos calibres. 


Foram encontrados, 01 revólver calibre 38, 01 espingarda calibre 32, 01 Cano de espingarda calibre 28, 02 espingardas de fabricação caseira, 06 munições intactas calibre 38, 03 cápsulas deflagradas calibre 38, 21 cartuchos deflagrados calibre 36, 03 cartuchos calibre 36 carregados, 01 cartucho calibre 20 carregado, 41 cartuchos calibre 32 deflagrados, 04 cartuchos calibre 32 carregados, 06 cartuchos calibre 28 carregados, 03 cartuchos calibre 28 deflagrados, 02 recipientes contendo pólvora, 02 sacos contendo chumbo de dois tamanhos, 01 cápsula calibre 44 deflagrada e 05 espoletas. 

Fora constatado que uma das espingardas encontrada estava adulterada com o número de registro do Cano divergente da numeração da coronha.

O Efetivo da GT de Jataúba que esteve nessa operação, composta pelo Sgt. Devaldo, Sd. Mota, Sd. Arquilino e Efetivo Guarda Civil Comunitária de Jataúba.


Portal Jataúba Online

Pré-natal é o primeiro passo para uma gestação saudável.


A secretaria de Municipal de saúde de Jataúba, através da enfemeira Luiza e técnica Cíntia, que fazem parte da Equipe da USF dos distritos do Jundiá e Riacho do Meio. 


Onde estão dando continuidade ao projeto iniciado pela secretária de saúde Anne Gabrielle, quando fazia parte do programa mãe coruja e pela enfemeira Vanessa, projeto de humanização - REGISTRANDO VIDAS, que faz ensaios fotográficos com gestantes, onde as mesmas disponibilizam figurino mensagem e tem como principais objetivos: fortalecer vínculos, elevar autoestima, e aumentar números de consultas e acompanhamentos de pré-natal dentre outros.

 
 
 
 
 

Da assessoria da secretaria de saúde