segunda-feira, 1 de abril de 2013

Falta de iluminação aumenta sensação de insegurança no trajeto até o Moda Center


Local está completamente sem iluminação. Fotos: Thonny Hill.

Na noite deste domingo (31), registramos um total de 19 postes completamente sem iluminação, no trecho entre o Posto Petromax (Posto de Maninho) até toda a parte frontal do Moda Center Santa Cruz.

A escuridão, segundo comerciantes que trabalham no Moda Center, já dura cerca de um mês.  A sensação de insegurança aumenta já que a via apresenta grande fluxo de veículos. Além dos carros que chegam ao parque, existe o trânsito para o Distrito de Poço Fundo e outras cidades.


Os postes em questão são os que ficam no canteiro do perímetro urbano da PE-160, e que são de responsabilidade da prefeitura.


Voltaremos ao local em cinco dias para verificar se alguma providência foi tomada.
Ney lima

Show com Cavaleiros do Forró e entrega do carro à comunidade marcaram a 87ª Festa de São José da Vila do Pará


 

Cavaleiros do Forro fechou os festejos na Vila do Pará.

A organização, segurança e estrutura dos shows com as bandas Cavaleiros do Forró e Bidinga do Acordeom, além da entrega do carro 0Km à comunidade, marcaram a 87ªedição da festa de São José da Vila do Pará, ocorrida no último sábado, 30 de março.

De acordo com a dona de casa Nice Barbosa, a Vila do Pará nunca havia recebido uma estrutura tão bem planejada e organizada como a realizada no evento.

Público que compareceu aos festejos.

Os moradores e os visitantes do distrito se divertiram e dançaram forró ao som das bandas Cavaleiros do Forró e Bidinga do Acordeom. Na ocasião, o prefeito Edson Vieira (PSDB) entregou um Fiat Uno 0 km que servirá à comunidade da Vila do Pará e região.

Carro que foi entregue a comunidade.

“As presenças de membros de todas as alas partidárias mostram o nosso perfil democrático da administração. Temos que ver antes de qualquer coisa o desenvolvimento de nossa cidade. Esse é o compromisso que assumo enquanto prefeito de todos os cidadãos”, enfatizou Edson Vieira. “A entrega deste carro é uma das ações que já estamos realizando no Pará, além da reestruturação dos prédios públicos”, finalizou.

Prefeito falou sobre a presença importante de vereadores das duas bancadas no evento.

O deputado Diogo Moraes (PSB), o vice-prefeito Dimas Dantas, o presidente da Câmara Júnior Gomes (PSB) e os vereadores Dida de Nan (PSDB), Pipoca (PMN) e a suplente Jéssica Cavalcante (PTC), também se fizeram presentes nos festejos. “Parabenizo a organização da festa e reafirmo meu compromisso de lutar ao lado de Edson Vieira para buscar obras e ações para todos os recantos de Santa Cruz”, observou Diogo Moraes.

Informações da assessoria.

Deputado chama ministra de 'sapatona' e ataca Dilma



O líder do governo na Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse nesta segunda-feira (1º) que o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) fez ataques "absolutamente desrespeitosos e covardes à presidente" Dilma Rousseff (PT).

Na última quarta-feira (27), em sessão no plenário da Casa, Bolsonaro afirmou que os protestos que pedem a saída do deputado Marco Feliciano (PSC-SP) da presidência da Comissão dos Direitos Humanos (CDH) é uma pressão feita por Dilma, que “não tem compromisso nenhum com a família”.

Para embasar seu discurso, Bolsonaro argumentou que se a presidente tivesse esse compromisso não teria nomeado a ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, para o cargo, uma "sapatona”, segundo ele. "Essa mulher [Eleonora] representa a sua mãe, Dilma Rousseff, a minha não. E nem as mulheres brasileiras”, criticou.

"Bolsonaro é um notório defensor da ditadura. Ele fez ataques absolutamente desrespeitosos e covardes à presidente, atacou a mãe dela, inclusive. Isso é de uma brutalidade, de uma covardia ímpar. Portanto, ele merece um lugar: o lixo", rebateu Chinaglia. "Não creio que alguém com uma sensibilidade mínima não tenha nojo disso", completou o petista.

Guerra, Chaves e Luciana os mais faltosos em 2012


Apesar de precisar marcar presença em apenas 91 sessões ordinárias da Câmara Federal, em 2012, somente um deputado da bancada de Pernambuco conseguiu a proeza da assiduidade plena: o estreante Augusto Coutinho (DEM). Na lista dos mais faltosos, encabeçam os parlamentares Sérgio Guerra (PSDB), José Chaves (PTB) e Luciana Santos (PCdoB), respectivamente. Os três, juntos, somaram 115 ausências no decorrer do ano passado. Contudo, a frequência média dos pernambucanos foi de 74,67%, batendo com a média nacional, que foi de 74 sessões no ano.

Sérgio Guerra foi o deputado federal de Pernambuco que mais faltou em 2012. Das 91 sessões plenárias, o tucano participou de somente 41, uma frequência de 45,05%. No ano passado, o parlamentar foi submetido dois internamentos hospitalares por infecção e para retirada de um tumor na cabeça. O petebista José Chaves se ausentou em 36 sessões, marcando presença em 60,43% do total do previsto. O deputado se submeteu a um cateterismo e, devido à complicações da intervenção, teve que ficar três semanas internados em um hospital de São Paulo. A comunista Luciana Santos levou 29 faltas e esteve presente 68,13% das sessões do ano.

Todas as faltas dos três parlamentares foram computadas como justificadas. Segundo o levantamento feito pelo portal Congresso em Foco, mais de 90% das ausências foram justificadas. A prerrogativa de faltas justificadas cabe em casos de ausências por motivo de saúde e missões legislativas – casos onde os parlamentares não participam das sessões plenárias por viagem ou atividades extra plenário da Câmara, previamente avisada à Mesa Diretora -, por exemplo.

“Sempre levei o mandato em toda a minha vida pública com muita responsabilidade. É um desafio muito grande, numa Casa com muitas estrelas, muitos parlamentares, muitas divergências você marcar presença e desenvolver um trabalho. Esse reconhecimento é um estímulo para que a gente continue trabalhando firme em defesa dos interesses de Pernambuco”, afirmou o deputado Augusto Coutinho.

Senadores
Entre os senadores de Pernambuco, o mais faltoso foi o peemedebista Jarbas Vasconcelos. O parlamentar marcou presença em 98 das 126 sessões realizadas no Senado Federal, em 2012. Contudo, Jarbas, no ano passado, também foi acometido por doença. O ex-governador foi submetido a uma cirurgia cardíaca. Na lista, em seguida, aparece o petista Humberto Costa. O ex-candidato a prefeito do Recife faltou 22 sessões, sendo cinco não justificadas. Já petebista Armando Monteiro Neto se ausentou de 14 sessões, sendo duas não justificadas.

Confira, abaixo, a lista dos faltosos da bancada de Pernambuco:

DEPUTADOS
Sérgio Guerra (PSDB) = 41 presenças, 50 faltas (50 justificadas)
José Chaves (PTB) = 55 presenças, 36 faltas (36 justificadas)
Luciana Santos (PCdoB) = 62 presenças, 29 faltas (29 justificadas)
Pedro Eugenio (PT) = 67 presenças, 24 faltas (22 justificadas)
Bruno Araújo (PSDB) = 68 presenças, 23 faltas (23 justificadas)
Anderson Ferreira (PR) = 69 presenças, 22 faltas (21 justificadas)
Fernando Bezerra Filho (PSB) = 71 presenças, 20 faltas (16 justificadas)
Eduardo da Fonte (PP) = 72 presenças, 19 faltas (19 justificadas)
Mendonça Filho (DEM) = 72 presenças, 19 faltas (17 justificadas)
Jorge Corte Real (PTB) = 74 presenças, 17 faltas (17 justificadas)
Pastor Eurico (PSB) = 74 presenças, 17 faltas (17 justificadas)
José Augusto Maia (PTB) = 75 presenças, 16 faltas (15 justificadas)
João Paulo (PT) = 77 presenças, 14 faltas (4 justificadas)
Wolney Queiroz (PDT) = 78 presenças, 13 faltas (13 justificadas)
Carlos Eduardo Cadoca (sem partido) = 79 presenças, 12 faltas (12 justificadas)
Paulo Rubem Santiago (PDT) = 79 presenças, 12 faltas (12 justificadas)
Fernando Ferro (PT) = 80 presenças, 11 faltas (11 justificadas)
Gonzaga Patriota (PSB) = 81 presenças, 10 faltas (10 justificadas)
Inocêncio Oliveira (PR) = 83 presenças, 8 faltas (8 justificadas)
Raul Henry (PMDB) = 83 presenças, 8 faltas (6 justificadas)
Vilalba de Jesus (PRP) = 84 presenças, 7 faltas (7 justificadas)
Sílvio Costa (PTB) = 85 presenças, 6 faltas (5 justificadas)
Severino Ninho (PSB) = 86 presenças, 5 faltas (5 justificadas)
Roberto Teixeira (PP) = 87 presenças, 4 faltas (4 justificadas)
Augusto Coutinho (DEM) = 91 presenças

SENADORES
Jarbas Vasconcelos (PMDB) = 98 presenças, 28 faltas (24 justificadas)
Humberto Costa (PT) = 104 presenças, 22 faltas (17 justificadas)
Armando Monteiro (PTB) = 112 presenças, 14 faltas (12 justificadas)

O gostosão das tapiocas: conheça o tarado de 90 anos que teve 17 filhos com a mulher,15 com a cunhada e 1 com a sogra.



Uma família que foge totalmente dos padrões tradicionais é uma das curiosidades do município de Campo Grande, região Oeste do Rio Grande do Norte. Essa é a história de um viúvo que se casou com uma jovem, com quem teve 17 filhos, simultaneamente manteve um relacionamento com a cunhada com quem também teve 15 filhos, e ainda se relacionou com a sogra com quem teve mais um filho. Uma trajetória, no mínimo exótica, porém, verdadeira e muito particular, podendo até mesmo se inédita no Brasil.


A família Oliveira Silva é formada por Luiz Costa de Oliveira, 90 anos, (chefe da família), Maria Francisca da Silva, 64 anos (esposa), Ozelita Francisca da Silva, 58 anos, (irmã de Maria Francisca – cunhada de Luiz) e Francisca Maria da Silva, 89 anos, (mãe de Maria Francisca e Ozelita – sogra de Luiz).Os detalhes de como essa família foi formada, foram contados pelos próprios integrantes durante o contato com a equipe de reportagem da Gazeta do Oeste. No começo da entrevista, após ser informado sobre o que seria o tema da conversa, a primeira frase dita por Luiz Costa foi: “A coisa que Deus fez mais bem feito no mundo foi mulher”. Demonstrando muita descontração e sem qualquer sinal de inibição, Luiz começou a contar a trajetória de vida que inclui um casamento oficial com uma mulher que ele identificou apenas como Francisca, com quem teve 17 filhos e ficou viúvo, e os relacionamentos com as irmãs Silva e a sogra que renderam a ele mais 35 filhos, 100 netos e 30 bisnetos.


Após ficar viúvo, Luiz conheceu Maria Francisca da Silva, que ajudou a criar os filhos da primeira mulher e ainda teve mais 17. Segundo ele, durante o tempo em que viveu com Maria, a irmã dela, Ozelita Francisca, sempre vinha cuidar do resguardo da irmã, ocasião em que acabou mantendo também um relacionamento amoroso com a cunhada que teve mais 15 filhos de Luiz. E para completar essa família mais que diferente, a sogra de Luiz também se relacionou com o genro e dessa relação nasceu mais um filho, somando um total de 50 filhos que Luiz diz ter conhecimento. “Eu posso até te outros filhos por aí e não saber, porque sempre gostei muito de namorar”, ressaltou.


GALANTEADOR – As irmãs Maria Francisca e Ozelita Francisca contam que sempre conviveram bem com esta família diferente. Segundo elas, o segredo de Luiz sempre foi o jeito galanteador com o qual ele sempre tratou as mulheres. Segundo elas, ele sempre viveu do trabalho para casa e a única diversão dele era namorar. “Ele nunca maltratou nenhuma de nós, sempre cuidou bem dos filhos e nunca deixou faltar nada em casa”, relatou Maria Francisca.


A primeira mulher de Luiz que morreu e deixou 17 filhos, era natural de Assu e cinco dos filhos foram criados por Maria Francisca. Hoje, muitos filhos morreram, mas a família de Luiz já conta com mais de 100 netos e 30 bisnetos. “Eu não sei dizer o nome de todo mundo, mas sei que tenho muitos filhos, netos e bisnetos espalhados por aí”, acrescentou Luiz.


Luiz viveu a maior parte de sua vida e construiu seus relacionamentos amorosos no Sítio Poço Verde, zona rural de Campo Grande. Hoje, a maior parte da família reside em duas casas localizadas na Rua Artur Almeida, 55, conjunto IPE, Campo Grande. As casas, em especial, a de Luiz, expõem a simplicidade extrema. Sem luxo, sem móveis e sem estrutura básica como piso e paredes de concreto, porém, essa ausência parece não abalar a alegria de viver expressada pelos membros da família Oliveira Silva.


Vizinho à casa de Luiz, reside outra parte da família, todos moram juntos e dividem espaço, alimento, dificuldades, tristezas e alegrias. Um dos netos de Luiz, que é gêmeo, único caso de gêmeos que Luiz tem conhecimento, Cosme, disse que a vida da família é difícil, mas todos sobrevivem e se relacionam bem, apesar das dificuldades impostas pela falta de condições financeiras. “Aqui trabalho é muito difícil e o que fazemos para melhorar isso é estudar e trabalhar aqui e ali fazendo bicos”, ressaltou Cosme.

Dilma e Lula na terra de Aécio mostram força e poder


DO BLOG DE JOSIAS DE SOUZA

 

Em ritmo de campanha fora de época, o PT reunirá Lula e Dilma Rousseff num ato festivo em Belo Horizonte, o quintal político de Aécio Neves. Será em duas semanas, no dia 15 de abril. O pretexto é, de novo, o de celebrar os dez anos de petismo no poder. O motivo real é o de preparar 2014.

O ato inaugural da série, em São Paulo, no dia 20 de fevereiro, foi precedido de um discurso de Aécio. Da tribuna do Senado, o presidenciável tucano inventariou os “13 erros do PT” no governo. Horas depois, ao replicar, Lula lançou a recandidatura de Dilma.

“Eu não vou responder a eles, eles podem se preparar”, disse, sob aplausos da militância. “Eles podem juntar quem eles quiserem, porque se eles têm dúvidas, nós vamos dar como resposta a eles a reeleição da Dilma em 2014.” Na sua vez de discursar, Dilma pisou no calo do tucanato.

“Nós não herdamos nada, nós construímos”, declarou a presidente. Cinco dias depois, num seminário realizado em Belo Horizonte pelo PSDB mineiro, Fernando Henrique chamou Dilma de “ingrata”. Ela “cospe no prato que comeu”, afirmou, ao lado de Aécio.

É contra esse pano de fundo envenenado que o PT realiza a pajelança de Belo Horizonte. No mesmo dia, Lula receberá na Assembléia Legislativa o título de “cidadão honorário de Minas Gerais.” Mineiro de papel, poderá agir como os políticos locais, célebres por recorrer a todos os estratagemas para atingir seus subterfúgios.

Operação Dudu: PT atacará Eduardo alvejando Suape



O governador Eduardo Campos inicia esta semana pós-feriadão ocupando seu cada vez maior espaço no noticiário político do País. Assim é na edição desta segunda-feira da Folha de S.Paulo, onde Vera Magalhães inicia a coluna política com a ''operação Dudu'' em destaque:

''À procura de pontos fracos do governador e potencial presidenciável Eduardo Campos (PSB), o PT vai usar a Petroquímica Suape, que acumula prejuízos há três anos, para questionar o sucesso de seu governo em atrair investimentos. Em 2010, o saldo foi negativo em R$ 96 milhões. Em 2012, em R$ 387,4 milhões. Para atrair o complexo da Petrobras, Campos ofereceu mais incentivos fiscais que o petista Jaques Wagner (BA). Lula também agiu para que o polo fosse para Pernambuco.


Das três plantas previstas no parque, a primeira entrou em operação com quase dois anos de atraso. Além disso, o investimento necessário para erguer o complexo mais que dobrou. Inicialmente, estava orçado em R$ 4 bilhões, mas se prevê que custará R$ 9 bilhões.

O negócio está ficando pesado para a Petrobras, que, no meio do caminho, ainda viu seu sócio privado (Vicunha) deixar a empreitada. As obras contam com recursos do PAC e foram financiadas pelo BNDES.

O governador afirma que não tem a ver com o prejuízo da Petrobras, decorrente do atraso nas obras. Para ajudar mais a estatal, Campos disse ter prorrogado o limite de uso dos benefícios fiscais concedidos até 2022. Para ele, Suape é o melhor local para uma petroquímica.''

Magno martins

Vice prefeito de casinhas é assassinado




Foi assassinado por volta das 11h30 da manhã deste sábado (30), o vice-prefeito do município de Casinhas, Vital Pedro de Andrade, de 51 anos, Índio como era conhecido. Além dele, José Marcos da Silva Lima, 52, conhecido como seu Baca, dono do bar localizado no Sítio Catolé do Napoleão, a 4 km do centro, onde o crime aconteceu, também foi baleado e veio a óbito no local.


Segundo as testemunhas, dois homens chegaram a pé (um deles, encapuzado) e atiraram contra o vice-prefeito, que já havia sido vereador de Casinhas anteriormente. Em seguida atiraram no comerciante.


A polícia trabalha com a hipótese de o tiro ter sido disparado por um espingarda calibre12 ou por uma pistola. Os corpos foram encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru. Não se sabe ainda o motivo do crime, mas é provável que o político estivesse recebendo ameaças de morte, já que foi encontrado um revólver com o mesmo.


O vice-prefeito costumava frequentar o bar para jogar baralho.

Maginais tentam tomar moto de policial civil em caruaru e um acaba preso.






Ontem (sábado), por volta das 13h, na “Feira do Troca”, em Caruaru, o Comissário de Polícia Civil OMAR CORDEIRO sofreu uma tentativa de assalto, quando ligava a moto de sua propriedade uma XR 300 dourada, porém reagiu aos dois elementos que tentavam assaltá-lo, os quais empreenderam fuga, mas, após perseguição, a vítima conseguiu deter um deles, PAULO HENRIQUE DA SILVA, 18 anos, solteiro, residente na rua Severino Bala, bairro Cohab no município de Cupira, que portava 01(um) revólver calibre .38, marca Taurus, com 04(quatro) munições intactas e 01(uma) percutida (que falhara, provavelmente, quando tentou atirar no aludido policial durante a tentativa de assalto).


Nisso, o Comissário OMAR, objetivando a prisão do assaltante foragido, telefonou para um policial da Equipe da Subseção de Informações da CIOSAC, que solicitou apoio da Equipe ALFA/CIOSAC e, juntos, seguiram ao local do crime, onde se efetuou a prisão do assaltante detido pela vítima.


Então, mediante informações repassadas pelo imputado detido, iniciou-se diligências a fim de se capturar o meliante foragido, conhecido por ALEMÃO, o qual também reside em Cupira. Porém, este não foi encontrado. Então, o policiamento conduziu o criminoso detido e arma do crime, para a Delegacia Regional de Caruaru, onde este foi autuado em flagrante pelo delegado de plantão Dr. Eduardo Sunaga.

O assaltante preso se disse arrependido, ele confessou ter roubado outra moto na semana passada e ao final ainda agradeceu ao Comissário Omar por ter poupado sua vida. O Comissário que por pouco não perdeu a vida ao ser baleado no ano passado ao tentar prender dois assaltantes que tinham acabado de assaltar um homem no bairro Vassoural.

Máquina vence e se aproxima das Semifinais


Zagueiro Danilo fez dois gols na partida



Zagueiro Danilo foi autor de dois gols. (foto: Anderson Melo - arquivo)

Na tarde deste domingo (31), a Máquina conseguiu uma importante vitória contra o Salgueiro, no Sertão do estado.

Sob um forte calor, a equipe alviazulina conseguiu vencer por 2 a 0.

O destaque da partida foi o zagueiro Danilo que marcou os dois gols. Outro fator fundamental foi o bom entrosamento ofensivo da Máquina.

Principais Lances:

1º TEMPO

A partida começou com poucos lances de perigo, na maioria das vezes apenas ataques do Carcará, mas a zaga da Máquina bem posicionada conseguiu bloquear.

O primeiro ataque do Ypiranga ocorreu aos 17 minutos, Danúbio recebeu na direita que tocou para Paulinho e de frente para o goleiro, o mesmo chutou pra fora.

Aos 22 minutos, devido ao forte calor, o árbitro resolveu paralisar a partida para os atletas se hidratarem.

No reinicio, aos 24 minutos, Lincoln desceu pela esquerda, que chutou cruzado e rasteiro para o gol, no caminho o zagueiro Danilo com um leve toque, abriu o placar para a Máquina.

Após o gol, o Salgueiro voltou a atacar, aos 26, em um cruzamento o meia Vitór Caicó chutou por baixo do goleiro Jaílson, mas o zagueiro Danilo conseguiu tirar a bola quase na linha do gol.

Aos 36, o Ypiranga teve a chance de ampliar, mas o lateral Lincoln chutou em cima do goleiro Mondragón.

Aos 42, o Carcará teve a oportunidade de empatar, em uma boa jogada do lateral Tamandaré que tocou para Sidny que lançou ao centroavante Fabrício Ceará, mas bateu forte por cima do gol.

2º TEMPO:

Para a segunda etapa, o técnico do salgueiro resolveu partir pra cima da Máquina e realizou duas alterações, colocando os atacantes Yerien e Júlio Estêvão.

As substituições conseguiram sufocar o Ypiranga, principalmente em cobranças de escanteios sequenciais.

Mas o gol mesmo saiu a favor da Máquina, aos 15 minutos após uma cobrança de escanteio do lateral Diogo, o atacante Elivelton desviou para o gol, Mondragón conseguiu defender, e no rebote Danilo marcou o segundo da Máquina.

Após o segundo gol, o técnico Edson Miolo resolveu mudar o esquema da equipe, investindo mais na marcação para segurar o resultado.

O salgueiro conseguiu chegar ao ataque aos 27 minutos, o zagueiro Alemão recebeu de Sidny que chutou pra fora.

O salgueiro fez pressão nos últimos minutos, mas o Ypiranga suportou e conseguiu a vitória.

Com o triunfo, a Máquina se aproximou das semifinais do Campeonato e da vaga para a Copa do Brasil 2014.

O próximo confronto será no domingo (07/04) contra o Náutico, no Estádio dos Aflitos, no Recife.