sábado, 28 de novembro de 2015

Moda Center, eleições 2016 e ‘amigos do poder’, em pauta com José Augusto Maia


O ex-deputado federal José Augusto Maia foi sabatinado na manhã desta sexta-feira (27), no Programa Opinião da Rádio Comunidade FM, explicando as acusações de arregimentar compradores para outra cidade em detrimento do Moda Center Santa Cruz, falou das eleições do próximo ano e não dispensou críticas a ex-aliados e ao prefeito Edson Vieira.

Vídeo polêmico - Para o ex-parlamentar existe uma ‘tentativa de desviar o foco’ de problemas da gestão municipal. E acredita que a edição do conteúdo teve a intenção de lhe prejudicar. “O vídeo é todo cortado, editado para fazer mal, mínguem nessa cidade pode acreditar nisso. Uma coisa maldosa para me prejudicar”, disse.

Zé segue afirmando que não teve a intenção de prejudicar a economia local, mas ajudar também compradores da cidade em outros centros comerciais. 

Eleições 2016 - Mesmo acreditando que pessoas ligadas ao ‘Moda Center’ estão tentando lhe prejudicar e com as especulações de que o síndico do Parque poderá contribuir com a campanha de Fernando Aragão, Zé diz que sabe ‘distinguir’ as coisas e afirma que não se afastaria da campanha Taboquinha, com uma possível adesão do síndico. “De jeito nenhum. Moda Center é uma coisa, política é outras. Seria um imbecil fazer isso, jamais. A figura dele no Moda Center e na politica são coisas opostas”, diz. 

Sucessor - Na companhia dos dois filhos, que poderão ser candidatos à Casa José Vieira de Araújo evita dizer que tem será o escolhido. “Augusto é mais popular, mas não tem maturidade política do outro. Até por que um tem 19 anos e o outro 28”, justifica acrescentando que chegando aos seus 60 anos de vida pretende ter um sucessor na política local.

Cutucou - Zé ainda aproveitou para criticar ex-aliados, como ‘amigos do poder’, citando Toinho do Pará (PHS), Dr.Nanau (PSDB) e Zé Elias. “Quando Fernando ganhar vocês vão ver quantos vão voltar”, disse.

Blog Direto ao Ponto


Vereador que apoia este trabalho

Policia Civil de Pernambuco decreta estado de greve


Foto: Sinpol/Divulgação.

Os policiais civis de Pernambuco decretaram Estado de Greve na noite desta sexta-feira (27), após assembleia realizada em frente a sede do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco).

De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), quase dois meses após entregar uma série de reivindicações, o Governo do Estado ainda não apresentou uma contraproposta à categoria e caso as negociações com o Governo do Estado não avancem, os policiais devem decretar greve durante as atividades no Carnaval 2016.

Em Estado de Greve, os policiais retomam um calendário de mobilizações, com o próximo protesto já marcado para a terça-feira (01) na cidade de Petrolina.

Blog Ney Lima 

Vereador que apoia este trabalho