sexta-feira, 26 de abril de 2019

"Eu acredito que os pais tem que ensinar em casa" Paulo Floriano falou sobre o que houve na Escola José Lopes de Siqueira.


O vereador Paulo Floriano se pronunciou sobre o caso José Lopes de Siqueira, onde na ocasião relatou que, as redes sociais com estes jogos estão acabando com os jovens, não se de nossa cidade mais de todo país. 

"É um fato lamentável que aconteceu em Jataúba, mais hoje isso ta acontecendo no mundo todo, principalmente no Brasil, onde a poucos dias aconteceu na cidade de Suzano São Paulo". Ontem graças a Deus foi só uma ameaça e esta ameaça serviu de alerta para todos nois".

O vereador frisou que educação vem de casa, e falou que todos os pais podem sim com seus filhos, pois a redução vem de casa". Declarou Paulo Floriano.

O vereador falou que é favorável que alunos sejam revistados, como também pessoas estranhas, mais isso com aumento de reforço nas escolas, o vereador também ressaltou que sua filha também é aluna da escola e que ficou preocupado com a situação.


Collar Blog Jataúba News.

Pernambuco tem maior superlotação carcerária do Brasil, com quase três presos para cada vaga

Foto: Rodrigo Pires/Globo.

O estado de Pernambuco tem a maior superlotação carcerária do Brasil, possuindo o maior número de presos proporcionalmente ao número de vagas. Atualmente, são 11.767 lugares nas 23 unidades prisionais, onde estão 32.781 presos em regime fechado. Considerando todos os regimes, são 40.190 detentos.

Em média, com base nas vagas disponíveis e no número de presos no regime fechado, há 2,78 pessoas para cada lugar. A quantidade de detentos é 178,6% maior que a capacidade dos presídios e penitenciárias.

Os números fazem parte de um novo levantamento feito pelo Monitor da Violência. O trabalho é uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Em 2018, esse índice era de 181% em Pernambuco. O percentual, apesar da redução, continua sendo o maior entre as 27 unidades federativas do país. O déficit total é de 21.014 vagas.

Entre 2018 e 2019, o estado chegou a aumentar em 926 vagas a capacidade do sistema prisional, que passou a comportar de 10.841 para 11.767 detentos. Apesar disso, o número de presos também aumentou, passando de 30.447 para 32.781.

O número de presos que trabalham nas unidades prisionais, considerando todos os regimes, representa 6% do total. O trabalho desenvolvido na prisão é considerado um dos pontos principais para a ressocialização, porque além de permitir que o preso receba remuneração, dá o direito de diminuição da pena. No Brasil, o estado fica na sexta pior posição no ranking de percentual de presos desenvolvendo atividades laborais.

Quanto aos presos que estudam, no entanto, o estado chega a 15,2% da população carcerária, acima dos 12,6% da média nacional. São 6.126 estudantes entre os 40.190 reeducandos de todos os regimes. Assim, Pernambuco fica com o oitavo melhor resultado do país.

G1 Pernambuco

"Foi algo que deixou todos em pânico" disse Zuza do Jacu.


O vereador Zuza do Jacu falou sobre o ocorrido nesta quinta-feira na Escola José Lopes de Siqueira, onde dois alunos planejavam um suposto ataque. 

O vereador relatou que isso requer cuidados, se foi uma brincadeira de mal gosto, que não passe disso, pois pais e mães de alunos estão amedrontados com esta atitude dos dois alunos. 

"Eu fico imaginando como anda o coração dos pais de alunos ao ver os mesmos saírem para a escola, sem saber o que vai acontecer". 

"No momento que eu soube do caso me veio na cabeça o acontecido de São Paulo, fiquei agoniado devido minha filha trabalhar naquele recinto, como todos os pais eu fiquei muito agoniado, espero que coisas deste tipo não venha mais acontecer em nossas escolas". Declarou Zuza. 


Collar Blog Jataúba News.

Após apreensão Guarda Comunitária de Jataúba reforça segurança nas escolas


Após a turbulência vivida por alunos, pais e professores nesta quinta-feira com a possível ameaça de dois alunos de um ataque na Escola Estadual José Lopes de Siqueira, as coisas aos poucos vão voltando a normalidade na pacata cidade de Jataúba.



Pensando em uma maior segurança para os alunos o prefeito Antônio de Roque solicitou o apoio da guarda comunitária nas imediações das escolas.“Recebemos uma solicitação do prefeito que está preocupado com essa situação, e prontamente distribuímos o nosso efetivo em frente às escolas para passar mais tranquilidade à população”,destacou Marinaldo (Cabo 70).


Após a repercussão do caso no dia de ontem as polícias civil e militar em conjunto com a guarda comunitária ouviram os alunos envolvidos, porém, nenhuma arma foi encontrada com os mesmos que segundo o delegado de plantão alegaram que tudo não passou de uma brincadeira.



Jota Silva / Folha de Jataúba / Informações da Assessoria da GCCJ