quinta-feira, 22 de maio de 2014

“Porque me arrepender de algo que está engasgado em milhões de pessoas?”, afirmou Pastor Eurico sobre polêmica com Xuxa Meneghel

Foto: divulgação.

Em participação no programa Rádio Debate, o deputado federal pernambucano Pastor Eurico (PSB) falou sobre a polêmica em que se envolveu ontem (21), durante uma sessão da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara em relação a sua manifestação contra a apresentadora Xuxa.

Na sessão polêmica, estava sendo debatido o projeto que proíbe pais e responsáveis a utilizar, como forma de educar crianças, agressões físicas, projeto conhecido como a “Lei da Palmada”.

Durante duas falas, Pastor Eurico chegou a afirmar que Xuxa teria cometido uma das maiores agressões contra as crianças, referindo-se a polêmica participação da artista no filme “Amor, estranho amor” (1982), em que ela protagonizou uma cena de sexo com um adolescente de 12 anos e que ela não teria o direito de estar ou falar naquela sessão.

Como consequência, o pastor, que é integrante da chamada “bancada evangélica”, foi destituído como representante do partido na sessão, tida como a mais importante da Câmara, e gerou uma nota do partido, que afirmou não corroborar com as palavras do pastor.

Indagado se arrependia das palavras, o pastor respondeu:

“Porque me arrepender de algo que está engasgado em milhões de pessoas pelo Brasil, concernente a essa apresentadora, que um dia foi um ícone para essas crianças, que trouxe alegria para essas crianças e, depois do auge da carreira, resolve fazer filme pornô, com cena de relação sexual com crianças… Isso não é violência contra as crianças?! Se estávamos discutindo, ontem, a violência contra as crianças, violência não é só bater, espancar ou deixar escoriações. A violência também vêm através da mídia, dos programas de TV, das barbáries que acontecem e, principalmente, desde o ano de 1982, o povo está engasgado”, frisou.

Pastor Eurico foi mais além, citando que a presença de Xuxa foi uma forma encontrada pela base governista para aprovar o projeto e “fazer média com a sociedade” e que ela, naquela sessão seria um incentivo a pedofilia no Brasil.

Já sobre o posicionamento do deputado Beto Albuquerque (PSB-RS), um dos líderes do partido que o destituiu da comissão em uma tentativa de amenizar o possível desgaste ao projeto presidencial da legenda, Eurico citou que o episódio se deve apenas ao político do Rio Grande do Sul, mas que isso nada interfere no cenário estadual em apoiar o projeto presidencial de Eduardo Campos (PSB).

Dilma cuida da reeleição enquanto o País vive caos social e econômico, diz Mendonça Filho

Foto: Thonny Hill (Arquivo).

O líder do Democratas na Câmara dos Deputados, Mendonça Filho (PE), manifestou hoje (22/5) indignação com a falta de rumo do país nas áreas social e econômica. Em discurso no plenário, o deputado fez as duras críticas à postura passiva da presidente Dilma Rousseff com segurança, transporte público, a exemplo das greves que tomam conta do País e refletem a tensão e a insatisfação generalizada da população. Mendonça Também mencionou o empenho do governo em bloquear a CPI Mista da Petrobras, gestão comandada por uma presidente que afirmou que não toleraria malfeitos.

O parlamentar citou a greve de ônibus na capital paulista que deixou milhões de pessoas com dificuldade de deslocamento na maior cidade do País. Mencionou ainda a greve a Polícia Militar na última semana em Pernambuco que resultou numa série de saques ao comércio e ação de vândalos em Recife e região metropolitana.

“Isso dentro de um contexto de absoluta omissão do governo federal. O quadro econômico se agrava a cada dia, a inflação está sempre inclinando para cima batendo o teto da meta, incomodando o povo no que diz respeito a alimentos, com taxa na casa de 9%. O crescimento do país é medíocre em comparação com qualquer país da América do Sul, a exceção dos bolivarianos Venezuela e Argentina e comparando com os países emergentes em estágio semelhante de desenvolvimento do Brasil”, afirmou o deputado. “Enquanto isso, a presidente está cuidando da articulação política para assegurar apoio à sua reeleição. Para que se candidatar à reeleição se o Brasil está sem rumo sob seu comando? Eu não entendo. E aí toda essa insatisfação vai significar a resposta que o povo dará nas urnas porque ela não será reeleita”, opinou.

“O governo está passivo diante da insegurança, do tráfico de drogas, dos problemas de transporte público em todas as grandes cidades, diante do caos na saúde, quadro educacional que coloca o Brasil na rabeira, passivo diante dos casos notórios de acusação de corrupção, principalmente envolvendo a Petrobras. O governo há 30 dias impede uma CPMI encarregada de investigar as denúncias envolvendo a Petrobras. Aquele discurso da presidente de que não toleraria o malfeito era apenas uma fala ao vento, uma intenção de campanha”, conclui ao citar matéria de hoje do jornal O Estado de S. Paulo em que a Polícia Federal aponta ação de uma organização criminosa na Petrobras comprometendo toda a operação da compra da refinaria de Pasadena.

Informações da Assessoria.

Sem dar carreira da pergunta, Aécio diz que ficou na maconha



Presidenciável, no entanto, não recomenda à população (Foto: Reprodução)

Pré-candidato à Presidência da República, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) não fugiu à pergunta sobre a sua experiência com drogas ilícitas durante entrevista ao Programa Poder e Política, da Folha de São Paulo e da UOL, e admitiu que já fez uso de maconha. ”Quando tinha 18 anos, experimentei maconha e ficou por aí. E não recomendo que ninguém faça”, destacou o tucano.

A legalização da erva tem sido um tema constante no debate presidencial do Brasil desde o pleito de 1998, quando o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) indicara ser favorável à iniciativa. Na época, a posição gerou muita controvérsia. Hoje, segue do mesmo jeito.

No Face, Campos diz que pesquisas não refletem o cenário eleitoral

Em ação rápida, GCMs capturam dupla de assaltantes em Santa Cruz do Capibaribe


Depois de realizarem exames de corpo de delito, dupla foi trazida para a delegacia. Fotos: Thonny Hill.

Na tarde desta quinta-feira (22), por volta das 15h30, guardas municipais tiraram das ruas, de Santa Cruz do Capibaribe, mais dois assaltantes. De acordo com as informações, dois criminosos que residem no distrito de São Domingos (pertencente a Brejo da Madre de Deus) estavam assaltando um mercadinho localizado na Rua Padre Estima, no Centro.

De acordo com os GCMs, pessoas relataram que um assalto estava em andamento e, após chegarem ao local, deram voz de prisão. Foram conduzidos a delegacia Wanderson Rufino da Silva e Wanderson da Silva, ambos com 18 anos. Um dos dois presos é acusado de ter praticado um homicídio contra o próprio irmão. Uma arma calibre 12, de fabricação artesanal, além de R$ 213,00 em dinheiro foram apreendidos.

.

Os dois foram enquadrados em flagrante, pelos crimes de assalto e porte ilegal de arma e serão levados para o presídio Juiz Plácido de Souza, em Caruaru.

Ney Lima 

Diogo Moraes critica atos de vandalismo em Toritama


Atos de vandalismo ocorridos na cidade de Toritama, no Agreste pernambucano, foram tema de pronunciamento do deputado Diogo Moraes, do PSB, nesta quarta (21 de maio). Ele pediu que a Justiça investigue e puna os responsáveis pela violência. Na opinião do parlamentar, integrantes da oposição ao Governo Municipal podem estar envolvidos no caso.

Diogo Moraes relatou que, durante a ação, ocorrida na última quinta (15), vândalos depredaram a sede da prefeitura local e o prédio da Câmara de Vereadores. Móveis, arquivos e equipamentos eletrônicos foram destruídos e outros queimados no meio da rua. De acordo com o deputado, a casa do prefeito Odon Ferreira também chegou a ser depredada pelo grupo, mas não houve invasão.

O parlamentar afirmou que a ação mancha a imagem de uma cidade produtora de 8% de todo o jeans do País e que gera milhares de empregos. Segundo ele, com o andamento da apuração policial, ficou ainda mais clara a hipótese de motivação política. Diogo Moraes acrescentou que nenhuma loja foi saqueada na cidade.

Em busca de solução, o parlamentar esteve no gabinete do governador João Lyra Neto e na Secretaria de Defesa Social. O deputado citou, ainda, que cobrou providências ágeis ao Ministério Público e à Polícia Civil.


Em aparte, a deputada Terezinha Nunes, do PSDB, defendeu uma punição rigorosa para os culpados. Segundo a parlamentar, é inadmissível que um grupo político deseje conquistar o poder por meio de atos violentos contra a Prefeitura e a Câmara.

Ibope: Dilma registra 40%; Aécio, 20%; e Eduardo, 11%


UOL.

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (22) mostra a presidente Dilma Rousseff (PT) em primeiro lugar, com 40% das intenções de voto para a eleição de outubro próximo. O senador Aécio Neves (PSDB-MG) aparece em segundo lugar, com 20%, e o ex-governador Eduardo Campos (PSB) é o terceiro, com 11%.

De acordo com o levantamento, Dilma conseguiria se reeleger já no primeiro turno, porque conta com mais intenções de voto do que a soma dos outros pré-candidatos.

O pastor Everaldo Pereira (PSC) tem 3%. Eduardo Jorge, do PV, e José Maria, do PSTU, aparecem com 1%. Os demais pré-candidatos não pontuaram. Os votos brancos e nulos somam 14%. O total de indecisos chega a 10%.

O Ibope entrevistou 2.002 pessoas em 140 municípios entre os dias 15 e 19 de abril. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para baixo ou para cima. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-00120/2014.

Armando rechaça falta de experiência política de Câmara



Para não interromper os avanços que Pernambuco conquistou nos últimos anos, o próximo governador, na opinião do senador Armando Monteiro Neto (PTB), tem pela frente o desafio de manter a independência, mas principalmente saber “manter o diálogo e a parceria que deram certo até aqui”. Esta é a mensagem essencial de um dos quatro filmes que o Partido Trabalhista Brasileiro voltou a veicular em horário nobre em todos os canais de televisão e rádio do estado.

“Pernambuco sempre valorizou governadores com experiência política, comando, capacidade administrativa, firmeza e voz. Por isso, para não interromper os avanços que já conquistamos, a gente precisa de um governo que tenha independência e que, sobretudo, saiba manter o diálogo e a parceria que deram certo até aqui”, explica Armando Monteiro, pré-candidato ao Governo de Pernambuco, em referência à falta de experiência política do candidato governista Paulo Câmara (PSB) .

Em outro filme, Armando ressalta o sucesso da parceria firmada entre os governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidente Dilma Rousseff (PT) com a gestão do ex-governador Eduardo Campos (PSB), mas lembra que, agora, a população sabe que pode e precisa ir “muito mais longe”. “Olha gente, com Lula, Dilma e Eduardo, chegamos até aqui. Mas agora podemos ir muito mais longe”.

Os outros comerciais tratam da falta de apoio às micro e pequenas empresas e do projeto de autoria do petebista que permite a aposentadoria das donas de casa por meio do INSS.

Escrito por Magno Martins

Feliciano pode ser julgado ainda hoje por estelionato


O Globo.

O polêmico deputado e pastor evangélico Marco Feliciano (PSC-SP), ex-presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara Federal, deve ser julgado nesta quinta-feira (22) pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Ele responde pelo crime de estelionato, que tem pena de um a cinco anos de reclusão, por supostamente não ter participado de dois cultos religiosos no Rio Grande do Sul, em 2008, mesmo tendo recebido R$ 13,3 mil para isso.

De acordo com o Ministério Público, um dia antes do show, o deputado enviou um e-mail confirmando a presença. A produtora do evento alega ter tido um prejuízo de R$ 100 mil com a ausência do deputado, além de gastos com passagens, transportes e divulgação.

Em 5 de abril de 2014, Feliciano prestou depoimento no STF a portas fechadas. O processo não está sob sigilo, mas o relator, ministro Ricardo Lewandowski, proibiu o público de assistir ao depoimento. Segundo ele, a medida foi tomada porque a sala de depoimentos é muito pequena e, com a presença de jornalistas e outras pessoas, poderia haver tumulto.

Feliciano ganhou notoriedade no ano passado, após assumir o comando da CDHM, mesmo tendo dado declarações de cunho homofóbico e racista. Isso levou deputados historicamente ligados à causa dos direitos humanos a abandonarem a comissão. A presidência de Marco Feliciano também foi marcada pelos constantes protestos de ativistas contrários às posições do deputado.

Feliciano também é investigado no STF por racismo, mas esse processo ainda está em fase bem menos adiantada. Antes de presidir a comissão, Feliciano disse no Twitter que 'os africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé' e que essa maldição é que explica o 'paganismo, o ocultismo, misérias e doenças como ebola' na África.

Em seguida, ele explicou que sua intenção foi afirmar que, ao fazer esse comentário, é 'como se a humanidade expiasse por um carma, nascido no momento em que Noé amaldiçoou o descendente de Cão e toda sua descendência, representada por Canaã, o mais moço de seus filhos, e que tinha acabado de vê-lo nu'.

Filho é suspeito de matar o pai de 76 anos a golpes de foice em Riacho das Almas

Do NE10 InteriorNúcleo SJCC/Caruaru

A Polícia Civil em Riacho das Almas, no Agreste pernambucano, permanece à procura do filho suspeito de matar o pai, um agricultor de 76 anos, a golpes de foice. O corpo de João Correia da Silva foi encontrado na manhã dessa quarta-feira (21), na Vila do Viturino, zona rural do município.

Segundo a polícia, João estava desaparecido desde o dia 20 deste mês, data em que foi visto na companhia do filho, identificado apenas como “Eguinaldo”, que é ex-presidiário e que constantemente ameaçava o pai. O suspeito ainda não foi localizado pela polícia e o agricultor foi encontrado com vários cortes na cabeça e no pescoço.
O corpo de João foi levado ao Instituto de Medicina Legal (IML), em Caruaru, ainda no Agreste.

Agricultor é assassinado na zona rural de Brejo da Madre de Deus

Um agricultor de 47 anos foi morto a tiros em Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco. José Givonaldo Ferreira de Araújo foi morto no Sítio Caçamba, na zona rural do município, no início da noite dessa quarta-feira (21).
De acordo com a polícia, o trabalhador rural havia recebido em casa a visita do patrão - cuja identidade não foi revelada - e o acompanhou até a saída do sítio. No entanto, quando o agricultor retornava para dentro do imóvel foi atingido com dois disparos de arma de fogo e morreu no local. 

Até a manhã desta quinta-feira (22), ainda não há pistas sobre a autoria e motivação do assassinato e o caso será investigado pela Polícia Civil de Brejo da Madre de Deus.
Depois de ser removido, o corpo de José Givonaldo foi levado ao Instituto de Medicina Legal (IML), em Caruaru, na mesma região.

Dilma: “Considero fundamental a eleição de Armando em Pernambuco”



Brasília – Durante almoço com toda a bancada do PTB no Congresso Nacional, nesta quarta-feira (21), na sede do partido, em Brasília, a presidenta Dilma Rousseff defendeu a eleição do senador Armando Monteiro (PTB-PE) a governador de Pernambuco. O almoço foi realizado para a formalização do apoio dos petebistas à reeleição da presidenta.


Após elogiar a atuação da bancada na Câmara e no Senado, Dilma Rousseff fez questão enaltecer a importância da candidatura de Armando. “Considero fundamental a eleição do Armando Monteiro em Pernambuco. Ele pode contar, e ele sabe disso, com todos nós, porque ele representa um processo muito importante e positivo para Pernambuco”, afirmou Dilma.


A presidente foi até a sede do PTB para receber a posição oficial do partido. Foi um encontro para reafirmar que é importante ter o partido na aliança. Dilma destacou a importância dos quadros do partido, de ter os parlamentares ao seu lado e especialmente a aliança em Pernambuco, onde os petebistas têm a única candidatura a governador no Brasil.


(Crédito da foto: Roberto Stuckert Filho/PR)

Xuxa e Ideli visitam a central de atendimento do Disque 100


Após discussão na Câmara dos Deputados, apresentadora visitou instalações do Disque 100, serviço que recebe denúncias de violações a direitos humanos (Foto: Uol)

Agência Brasil – Como parte das atividades da Semana Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, a apresentadora Xuxa Meneghel e a ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Ideli Salvatti, visitaram hoje (21) a central do Disque 100, em Brasília, e acompanharam o trabalho das equipes que fazem o atendimento. O serviço recebe denúncias de violações de direitos humanos.

A ministra ressaltou a importância do trabalho do Disque 100 e disse que as ligações de trote caíram quase a zero, o que mostra a percepção da população sobre a seriedade do serviço. “Este serviço tem prestado excelentes resultados. É um instrumento fundamental de participação da sociedade”, e completou: “A violência contra crianças e adolescentes acontece todos os dias, e precisamos agir constantemente”.

A apresentadora Xuxa lembrou que muitas vezes a vítima de violência e de abuso sexual não tem condições de fazer a denúncia. Por isso, é fundamental ficar atento aos sinais de crianças e adolescentes, e recorrer ao Disque 100. “Muitas vezes a vítima não tem como denunciar, tem medo. Se divulgarmos este número, alguém próximo à pessoa que sofreu violência tem como denunciar”, disse. Na avaliação da apresentadora, quem sabe de uma violação de direitos e não denuncia é tão criminoso quanto quem pratica o ato de violência.

O combate à exploração sexual de crianças e adolescentes durante a Copa do Mundo foi citado pela ministra Ideli Salvatti, em entrevista coletiva. Segundo ela, haverá aumento de 20% a 25% no número de atendentes do Disque 100 durante o Mundial de futebol. Além disso, os conselhos tutelares farão plantão permanente.

No fim da tarde, Xuxa se reúne com a presidenta Dilma Rousseff, que vai sancionar o projeto de lei que torna hediondo o crime de exploração sexual de crianças, adolescentes e pessoas vulneráveis. Ela comentou que está feliz com a sanção, mas ao mesmo tempo indignada por esse tipo de crime ter demorado tanto para ser considerado hediondo. “Pena que demorou tanto, tem tanta burocracia para que as coisas certas sejam feitas”.

O Disque 100 é um serviço de atendimento telefônico gratuito, que funciona 24 horas, todos os dias da semana, para receber denúncias de violações de direitos humanos. Em especial, as que atingem populações vulneráveis como crianças e adolescentes, idosos, pessoas com deficiência e pessoas em privação de liberdade. As denúncias recebidas são analisadas, tratadas e encaminhadas aos órgãos responsáveis. Em 2013, a central recebeu 182 mil denúncias, das quais 124 mil foram de violações contra crianças e adolescentes. As denúncias podem ser anônimas, e o sigilo das informações é garantido, quando solicitado.

Hoje o dia de festa é deles!!! Parabéns!!!


Vereadora Vanessa


Janielle Silva 


Danilo Andrade 


Josefa Alessandra

Felicidades para você, por este dia tão especial que é o seu aniversário.

Parabéns, que possa ter muitos anos de vida, abençoados e felizes, e que estes dias futuros sejam todos de harmonia, paz e desejos realizados.  Desejos do Blog Jataúba News.