domingo, 29 de dezembro de 2013

Prêmio da Mega-Sena da Virada deve chegar aos R$ 219 milhões


Fernando Teixeira/Futura Press
O prêmio da Mega-Sena da Virada deve alcançar R$ 219 milhões, conforme estimativas da Caixa Econômica Federal. Estima-se que a arrecadação total fechará em torno de R$ 680 milhões. E, para evitar que premiações acabem em caso de polícia, as loterias passarão a usar, já no início de 2014, um bilhete com espaço no verso para que o apostador coloque nome e CPF.

A Caixa já orienta o consumidor a anotar atrás do bilhete dados pessoais para que somente ele seja autorizado a receber o prêmio, caso seja sorteado. No entanto, segundo o gerente nacional de produtos lotéricos, Edislon Carrogi, muitos clientes dos jogos não seguem a instrução por não encontrarem um lugar específico para colocar os dados pessoais. Atualmente, o apostador pode subscrever em qualquer parte do verso do volante, até em cima do texto. Com a troca das bobinas das lotéricas, será indicado um lugar específico.

O mais recente imbróglio envolvendo um bilhete premiado da Mega-Sena provocou uma crise familiar em Ribeirão Preto. José Agostinho dos Santos acusa o irmão, Rogério Agostinho dos Santos, de ter furtado o bilhete premiado. Se José tivesse anotado o nome e o CPF atrás do bilhete, o prêmio de quase R$ 8 milhões do concurso 1.530 da Mega Sena de 14 de setembro só poderia ter sido resgatado por ele.

De acordo com a Caixa, os R$ 680 milhões esperados de arrecadação da Mega da Virada em 2013 representam 17% de todo o montante que o banco conseguiu arrecadar durante o ano com os jogos da Mega. A arrecadação em 2013 alcançou R$ 4 bilhões até o concurso do dia 21 de dezembro. No ano passado, dos R$ 4,3 bilhões arrecadados com a Mega-Sena, R$ 640 milhões vieram de apostas para o concurso especial.

Acúmulo

As apostas na Mega-Sena da Virada podem ser feitas até as 14 horas do dia 31 de dezembro nas casas lotéricas. O prêmio da Mega da Virada não acumula. Caso não haja ganhador com as seis dezenas sorteadas, o valor é somado ao rateio dos acertadores de cinco números, e assim por diante. Por mais que a Caixa oriente a não deixar para a última hora, para evitar filas, a maior parte das apostas ainda é feita nos três últimos dias do ano.

A parcela do prêmio paga ao ganhador corresponde a 32,2% do valor arrecadado com o concurso da Mega-Sena, depois de descontados os 4,5% destinados à Secretaria Nacional de Esportes. Segundo a Caixa, outros 13,8% são deduções do Imposto de Renda. Do prêmio total, 3% vão para o Fundo Nacional de Cultura e 2% para os comitês olímpico e paralímpico.A arrecadação da Mega-Sena também é destinada à seguridade social (18,1%), ao financiamento estudantil (7,76%) e ao Fundo Penitenciário Nacional (3,14%). A Caixa fica com 20% para as despesas de custeio e manutenção de serviços. Desse porcentual, 10% ficam com o banco, 9% com os lotéricos e 1% é destinado ao Fundo de Desenvolvimento das Loterias (FDL), para modernização, promoção e divulgação das Loterias. É desse fundo que saiu os R$ 10 milhões de patrocínio para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino.

O Estado de S. Paulo

Traficante é executado na “Pedra do Pitoco”.


CARUARU: Por volta das 22 horas de ontem (28), foi assassinado com vários tiros na conhecida “Pedra do Pitoco”, no Bairro Santa Rosa, o ex-presidiário Lucas dos Santos Silva, vulgo Cabeça, de 19 anos, que era amaziado e morava na Rua Todos os Santos, no bairro Vassoural.


Cabeça já foi preso por tráfico e segundo familiares, o mesmo era usuário de drogas. Ele foi atingido com três tiros nas costas, um nas nádegas, no abdômen e nos braços, foram encontradas pelo menos oito perfurações no corpo da vítima. Ao lado do corpo foi encontrada uma faca e uma porção de maconha e nas vestes da vítima foram encontrados 93 reais em espécie e dois tabletes de maconha prensada.




O delegado da Força Tarefa, Dr. Márcio Cruz, disse que a vítima pode ter ido ao local para vender drogas e que a motivação da sua morte pode estar relacionada À jovem Jaqueline Vegas, (FOTO ACIMA) que era esposa da vítima, disse que falou com ele por telefone meia hora antes do assassinato. Ela disse que o mesmo não adiantou nada pra ela se estava sendo ameaçado, porém ela disse que ele tinha muitos desafetos. O corpo da vítima foi encaminhado para o IML, em Caruaru. (Por Blog do Adielson Galvão)



Menor acusado de homicídio é assassinado


BREJO DA MADRE DE DEUS: A vítima identificada como sendo Emerson Melo da Silva, vulgo “Memé”, de apenas 13 anos de idade, saiu a poucos dias da FUNASE, onde cumpriu medida socioeducativa por ter praticado um crime de morte no dia 16 de setembro deste ano, quando espancou até a morte o andarilho Márcio de Lima Oliveira, de 37 anos de idade. O adolescente foi executado com disparos de arma de fogo durante a noite de ontem, sábado (28), na Rua 8 do bairro Boa Esperança, na cidade de Brejo da Madre de Deus.

Segundo a Polícia, o menor estava conversando com amigos, quando um elemento ainda desconhecido se aproximou e ao perceber a presença do algoz, a vítima correu e adentrou em uma residência, sendo seguido por o acusado armado que efetuou vários disparos contra a vítima que foi atingida no tórax e no pescoço. Devido à gravidade dos ferimentos, Emerson morreu em cima da cama localizada em um cômodo da casa. Populares afirmaram que o adolescente era usuário de drogas e a Polícia não descarta que o mesmo possa está envolvido em outros crimes. A Polícia Civil através do Agente Eulinaldo Bezerra realizou o levantamento cadavérico e deu inicio as investigações. O corpo foi encaminhado para o IML da cidade de Caruaru. (Do Jornal Agreste Notícia)


CRUELDADE: “Amigos” matam e bebem sangue de garoto de 14 anos



NOVA VENÉCIA (ES): Um crime, motivado por ciúmes, deixou até mesmo a polícia chocada, em Nova Venécia, região norte do Estado. No último domingo (22), um grupo de amigos matou Gleyciel Cândido Lusquinho, de 14 anos,(Foto abaixo) arrancou as vísceras e bebeu o sangue da vítima.
Segundo a polícia, quatro pessoas participaram do crime, sendo uma delas menor de idade. Os três maiores -Andréia Amaro da Silva, 18 anos, Jorge Mariano da Silva, 48, e Janine Fantecelle, 26 - (Fotos acima) foram presos e encaminhados ao presídio de São Mateus. Já o menor, de 14 anos, foi internado em Vitória.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Jefferson Gomes da Silva, havia uma rixa por ciúmes entre Gleyciel e Jorge, por causa de uma mulher chamada Pâmela. Andréia também seria interessada em Gleyciel e não havia se conformado com a situação. De acordo com a polícia, Gleyciel foi chamado por Andréia para a casa de Jorge, no bairro Altoé. No local, eles ingeriram bebidas alcoólicas. Em seguida, os quatro acusados colocaram o plano em prática.


O adolescente foi enforcado com um fio de antena parabólica até desmaiar. Em seguida, ele foi atingido várias vezes na cabeça com golpes de martelo e marreta e com coronhadas de uma garrucha. Em seguida, Andréia teria o esfaqueado no peito.
Ainda segundo a polícia, antes de morrer, a vítima teria dito o nome de Pâmela. Irritado, Jorge pegou a faca, abriu o tronco do adolescente, retirou órgãos e vísceras, encheu um copo de sague e bebeu, juntamente com o outro menor. Em seguida, eles colocaram as vísceras dentro do corpo e o enterraram em uma cova rasa, no quintal da casa de Jorge. Segundo a polícia, Jorge, Janine e Andréia não tinham passagem policial. Já o menor que participou do crime tem passagem policial por furto de veículo. Gleyciel tinha cinco passagens pela polícia, por furto no município, mas nunca havia sido internado.

Os acusados maiores de idade responderão por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e corrupção de menores e podem ficar presos por até 37 anos. Já o adolescente responderá por ato infracional análogo a homicídio qualificado e ocultação de cadáver, podendo ficar internado por até três anos. (Fotos: Divulgação/Polícia Civil / Record News Espírito Santo/Rede Sim Sat/Sim Notícias)

VINGANÇA: Catador de recicláveis é assassinado com golpes de pá.


SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE: Na noite de ontem (sábado/28), mais um crime de morte aconteceu na cidade de Santa Cruz do Capibaribe. O fato ocorreu no Sítio Pintor zona rural daquele município, mais precisamente nas proximidades do aterro sanitário. A vítima Valdemar Siqueira Alves, de 29 anos, foi espancado até a morte, próximo de onde trabalhava separando as reciclagens.

Segundo informações colhidas pela reportagem do Blog Agreste Notícia, pelo menos quatro pessoas participaram do crime que teve como arma, uma pá de pedreiro. Os acusados identificados apenas por “Golado” e seus três filhos, sendo “Ureia”, “Vertin” e “Douglas”, todos eles moravam em um barraco naquela localidade.

De acordo com a esposa da vítima, Valdemar e a família de assassinos teria uma rixa, devido ao “Ureia” ter tentado abusar da filha de Valdemar, uma garota de apenas 10 anos. Os assassinos estão foragidos e os amigos e parentes do rapaz morto, revoltados como o fato, incendiaram o barraco dos acusados. Esse foi o segundo crime de morte acontecido só no sábado, 28 de dezembro em Santa Cruz do Capibaribe. (Fonte: Jornal Agreste Notícia) 


Hoje o dia de festa é dela!!! Parabéns!!!



Nathálly Silva

Felicidades para você, por este dia tão especial que é o seu aniversário.

Parabéns, que possa ter muitos anos de vida, abençoados e felizes, e que estes dias futuros sejam todos de harmonia, paz e desejos realizados.

Anderson sofre fratura grave em chute, e Weidman mantém cinturão

Brasileiro acerta rival com a perna esquerda, desaba no ato do golpe e saide maca do octógono. Campeão é declarado vencedor por nocaute técnico





Um fim totalmente imprevisível e dramático na luta mais esperada do ano fez Anderson Silva continuar sem o cinturão do UFC. O brasileiro sofreu uma fratura chocante na perna esquerda ao aplicar um chute em Chris Weidman no segundo round, foi ao chão na sequência e não pôde prosseguir no duelo. Sentindo muita dor, ele deixou o octógono de maca, com a perna imobilizada e foi direto para o hospital. O público que compareceu ao MGM Grand Garden Arena na noite deste sábado em Las Vegas (EUA) - madrugada de domingo no Brasil - demorou a entender o que havia acontecido e saiu da arena atônito. Declarado vencedor por nocaute técnico devido à lesão do oponente, Weidman manteve o título peso-médio (até 84kg) da organização. O americano, por sinal, estava bem até aquele momento e havia sido bem superior no primeiro assalto.
Anderson Silva fratura a perna esquerda após chute baixo em Chris Weidman (Foto: Reuters)

O episósio é um duro golpe para Anderson, que diferentemente do primeiro encontro, quando foi de fato nocauteado por Weidman após fingir que havia sido atingido, estava lutando de forma séria e sem fazer provocações. Foi a sexta derrota na carreira do atleta de 38 anos num total de 39 combates. Já Weidman, de 29 anos, aumentou seu cartel invicto para 11 triunfos.

O foco de Anderson era total desde o início. Ele parou na saída do vestiário, agachou-se e refletiu. Depois de muitos segundos, levantou-se e seguiu o caminho. A caminhada em frente ao público até o octógono teve aplausos e incentivos. Nenhum sorriso. As luzes se apagaram, e foi a vez de Weidman entrar. O americano carregou consigo a bandeira dos EUA e contou com um misto de aplausos e vaias. Era chegada a hora do combate, e a voz de Bruce Buffer deu o tom do momento.




Anderson Silva se contorce de dor após sofrer a fratura na perna esquerda (Foto: AP)

A luta começou com Weidman tentando achar a distância e botando para baixo no single leg. Anderson se levantou rapidamente e ficou com as costas na grade, pressionado pelo rival. Os dois trocaram joelhadas no corpo, e Weidman acertou o rosto do Spider com uma bomba. O brasileiro sentiu, desequilibrou-se e caiu. O campeão aplicou boa sequência, mas foi travado. Por cima, Weidman soltou cotoveladas, mas também levou alguns socos de Anderson, que estava por baixo e golpeou com menos potência. Nesse momento, os fãs brasileiros e americanos faziam um duelo de gritos reverenciando seus países. Weidman ainda acertou uma cotovelada fortíssima no rosto do rival no fim.

No segundo round, ambos se defenderam bem nos primeiros ataques em pé. Weidman jogou um chute no corpo do adversário, e foi aí que o inesperado aconteceu. O Spider acertou um chute na perna do campeão e sofreu uma fratura chocante no ato do golpe. No chão, ele gritou, e o árbitro deu fim à luta quando o relógio marcava 1m16s. Anderson foi levado direto para o hospital para passar por uma cirurgia no local.


Chris Weidman festeja a vitória enquanto Anderson Silva se contorce de dor (Foto: Getty Images)

- Primeiro de tudo, gostaria de dizer que não importava o que acontecesse hoje, ele ainda é o melhor de todos os tempos. Ele merece muito que Deus o abençoe. Eu esperava que ele viesse chutar forte, e esses chutes machucam muito mesmo. Não gostaria que ele se machucasse dessa maneira, mas isso é parte do esporte. A defesa desse chute é uma das coisas que eu vinha trabalhando no meu treino, mas é claro que não era o meu objetivo quebrar a sua perna. Agora quero relaxar um pouco, mas é claro que a luta contra Vitor Belfort será um grande combate - disse Weidman, já falando sobre seu próximo adversário.


do Combate