quinta-feira, 2 de julho de 2015

DEM e PTB voltam a conversar sobre fusão partidária


Depois do assunto passar um tempo adormecido, dirigentes do PTB e DEM voltaram a falar sobre a fusão das duas legendas. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, os democratas querem que os petebistas aceitem exigências antes de aprofundar as conversas.

No fim de maio, os presidentes do DEM e do PTB chegaram a informar que desistiram da fusão que estava sendo negociada entre os dois partidos. O motivo seria a falta de consenso interno em torno da divisão do comando da legenda que surgiria a partir da fusão. Na ocasião, apesar da desistência, o presidente do PTB, deputado federal Benito Gama (BA), tentou demonstrar que não há um mal-estar entre os dirigentes das duas siglas. 

Em Belo Jardim o DEM está nas mãos do grupo político do deputado federal Mendonça Filho (Mendoncinha). Já o PTB tem o comando do grupo de Cintra Galvão. Na embolada partidária ninguém sabe que ficará com o comando da legenda caso a fusão de concretize. Quem vai perder? Quem vai mandar?

No Giro da Cidade 



Trabalho com seriedade e garantia.

Pacto Pela Vida x Estado Democrático de Direito

A Assembleia Legislativa do Estado recebeu denúncia de que os comandantes de batalhões da PMPE “estão exigindo de seus subordinados a produção de boletins de ocorrência (BOs) para atender às metas do programa Pacto Pela Vida”, o que estaria até levando “os policiais a forjarem ocorrências em algumas ocasiões”. A prática estaria sendo estimulada pelo programa de avaliação e gratificações por produtividade policial.

Contundente nas palavras, um deputado afirmou que tem recebido denúncias de dentro da própria PM sobre essa suposta prática. “É importante incentivar os policiais, mas o que estar ocorrendo é muito perigoso. Não se pode colocar na cabeça do policial que ele tem que atingir metas. A função da PM é fazer policiamento ostensivo e preventivo”, avaliou. Outro deputado reforçou a denúncia, afirmando que “policiais estão invadindo as casas de agricultores, na zona rural, para encontrar armas e enquadrá-los por porte ilegal”. O líder do governo, Waldemar Borges (PSB), avaliou como grave essas denúncias.

Outra denúncia vem dos proprietários de estabelecimentos comerciais (bares), que estão sendo advertidos pela PM para que providenciem alvarás de funcionamento, sob pena de terem suas atividades suspensas. A alegação é a de que esses locais são focos de confusão, resultando em homicídios. “A CF diz que é livre o exercício de qualquer profissão, e a função da polícia militar é de policiamento ostensivo, e não de polícia administrativa. A PM incorre em excesso de poder (Lei 4898/65, e crime de usurpação de função pública do município (artigo 328 do CP). Será que bandido não entra em bar com alvará em dia? O cidadão intimidado pode procurar uma delegacia e registrar um boletim, ou diretamente procurar o MP que oficiará à autoridade policial. ”Matéria reproduzida do Jornal do Commercio.

PCPE

Livrou-se do cabresto. Pena que a PMPE ainda não. A Civil não entra mais nessa de correr atrás disso ou daquilo, como se fosse caçador de recompensa, cachorro de caça. Até hoje, essa briga entre as polícias, com as duas instituições medindo forças, somente tem beneficiado o próprio governo. Deveriam estar unidas cobrando pelo trabalho já produzido, e que não foi pouco. Promoção é bom, mas não quita débito. A jornada extra já foi entregue, e a Civil não participa mais das operações de fachada da SDS, onde os mandados são para cumprimento de meliantes já presos. Na mais recente, os policiais foram cumprir mandados em presídios. 

E a Justiça invalida portaria da SDS. Por unanimidade, os desembargadores invalidaram portaria da SDS que removeu o delegado Flávio Tau da delegacia do Alto do Pascal. Havia reclamado das condições de trabalho. Para a Justiça houve claro desrespeito à Lei Federal da Inamovibilidade dos delegados. Os desembargadores ressaltaram: “Que o caso sirva como paradigma para qualquer outra remoção indevida, abusiva, de mero capricho, com ausência de motivação concreta, e que não atenda ao interesse público”. Rui Barbosa: “A força do direito deve superar o direito da força”. 

Sinpol/PE




Na Rua São Sebastião

Mais de 7 mil policiais serão premiados pelo resultado do Pacto pela Vida


O Prêmio da Defesa Social, do Governo do Estado, será distribuído para 7.418 policiais militares, civis e bombeiros pernambucanos pela redução nos índices de Crimes Violentos Intencionais (CVLIs). A premiação será possível pelo resultado do Pacto pela Vida no primeiro semestre deste ano.

A premiação será possível em decorrência da mudança na legislação. Com a publicação da Lei 15.456, de 12 de fevereiro de 2015, os policiais lotados em Área Integrada de Segurança (AIS) recebem 80% da bonificação em função do resultado na região em que atuam. Os 20% restantes dependem do resultado do Estado como um todo.

Com o resultado do primeiro semestre de 2015, três categorias serão pagas, beneficiando policiais militares e civis lotados em 13 das 26 áreas integradas. As AISs 6 (Jaboatão dos Guararapes e Moreno) e 17 (Brejo da Madre de Deus, Frei Miguelinho, Jataúba, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, Taquaritinga do Norte, Toritama e Vertentes), por exemplo, receberão o PDS1 por terem registrado a maior queda em números absolutos dentre as 26 existentes. Ainda serão agraciados os policiais das áreas que alcançaram a meta de redução de 12% na taxa de CVLI (PDS 2) e os servidores das regiões que registraram redução (PDS 4). Todos os comparativos são realizados com o primeiro semestre de 2014.

“O objetivo do Governo do Estado é motivar e valorizar o policial, mas sem perder a visão do todo”, explicou o secretário de Planejamento e Gestão do Estado, Danilo Cabral, coordenador do Comitê Gestor do Pacto pela Vida.

Para os delegados da Polícia Civil, Médicos Legistas, Peritos Criminais da Polícia Científica, Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, o Prêmio pode chegar até R$ 2,4 mil. Já os demais integrantes das Polícias Civil e Científica e os Praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, a premiação vai até R$ 1,6 mil, com o resultado alcançado no primeiro semestre de 2015.

Fonte A Voz do Povo 




Atende em Santa Cruz e região.

Maioridade penal: saiba como votou cada deputado pernambucano

Foto: Luis Macedo/ Câmara dos Deputados

Após mais de três horas de discussões, marcadas por tumulto dentro e fora do plenário da Câmara dos Deputados, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 171/93 que previa a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos em casos de crimes graves e hediondos foi rejeitada, na madrugada desta quarta-feira (1º).

Na votação, que evidenciou um Plenário dividido, 14 dos 25 deputados federais de Pernambuco votaram a favor da redução, entre eles, nomes como o pré-candidato à Prefeitura do Recife em 2016 Daniel Coelho e o líder da oposição Bruno Araújo, ambos do PSDB, além do líder do DEM na Casa, Mendonça Filho.

Entre os deputados que votaram contra a redução estão Cadoca , Luciana Santos, ambos do PCdoB e Tadeu Alencar (PSB-PE).

A proposta não alcançou a votação mínima para ser aprovada. Foram 303 votos favoráveis, 184 contrários e três abstenções. A PEC precisava angariar o apoio de três quintos dos parlamentares, ou seja 308 dos 513 votos. Esta é a quantidade necessária para a aprovação de qualquer projeto que modifique a Constituição.

PT, PSB, PDT, PCdoB, Pros, PPS, PV e Psol orientaram as bancadas para votar contra a proposta. Já o PMDB, PSDB, PRB, PSD, PR, DEM e Solidariedade encaminharam pela aprovação do texto.


REAÇÕES – A rejeição da proposta foi marcada pela comemoração dos representantes dos movimentos estudantis que ocupavam as galerias da Câmara.

A rejeição foi vista como uma derrota para o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), um dos principais incentivadores da medida.

A presidente Dilma Rousseff (PT) vinha marcando posição contrária à redução da maioridade penal. Em abril, a petista declarou ser contra a proposta. Em seu perfil no Facebook, a presidente argumentou que “os adolescentes não são responsáveis por grande parte da violência praticada no país”.

PEmais 



"O Abençoado" (81) 8189-4341 8219-2783 9396-8155 9741-3675 falar com Luciano.

Bandidos roubam mulher em Taquaritinga do Norte e acabam presos


Fotos: Blog Agreste Notícias

No fim da manhã de terça-feira (30) policiais militares conseguiram prender uma dupla de assaltantes, que teria praticado um crime contra uma mulher, na cidade de Taquaritinga do Norte.

De acordo com as informações da polícia, André Vieira de Lima (20 anos) e Rubenildo Ramos da Silva, ambos residentes em Santa Cruz do Capibaribe, estavam em uma moto (modelo Honda Tornado, de cor preta e vermelha, sem placa) quando abordaram uma mulher e tomaram a sua bolsa, fugindo em seguida.

O policiamento foi acionado e, após rondas as margens da PE-160, os dois foram avistados empurrando a moto na rodovia PE-160, mais precisamente no trecho que fica no distrito de Pão de Açúcar (também de Taquaritinga).

Ao serem interrogados, os dois confessaram ter praticado o crime. Ambos foram encaminhados a delegacia do município, foram autuados em flagrante e conduzidos a cadeia pública.

Blog Ney Lima 



Praça Rodolfo Graussá Nº 37 centro e Jataúba-PE