segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

UM absurdo sem tamanho o que você ver nestas duas matéria que este blog apresenta é imoral e denigre a classe feminina!



A que ponto a sociedade chegou ? Desde quando a inversão de valores virou algo bonito de se ver ?
As pessoas estão trocando as bolas, fazendo o mal para se destacarem, bizarrando para se promoverem em cima disso. Será que a ética já não existe mais ? Será que os valores se medem pela conquista e não mais pelo caráter ?
O assunto no link fala de uma notícia um tanto triste. Em um show de uma banda de pagode denominada "Chica Égua", uma fã sobe no palco e faz sexo oral em um dos integrantes da banda. Isso mesmo. Sexo oral, e não é atrás das cortinas não... é ali ao vivo na frente do público. Eu não sei o que pensar de coisas como esta. Não sei o que pensar da mulher e muito menos da platéia que assiste a tudo como se fosse algo normal.


Video: olha a porcaria da música que estava tocandohttp://www.youtube.com/watch?v=OyHjsTKQp84

Orgulho de ser o quê?


Mulher dá à luz sêxtuplos após ter quádruplos

Uma mexicana de 31 anos deu à luz sêxtuplos na semana passada na cidade de Morelia, após passar por uma cesariana. A mulher já havia passado por uma gestação múltipla há 12 anos, quando teve quádruplos, segundo o jornal britânico “Daily Mail”. 

Enfermeira cuida de um dos sêxtuplos nascidos no México   (Foto: Enrique Castro/AFP)

Salud Romero teve quatro meninas e dois meninos. Os bebês estão sendo mantidos em incubadoras, e seu estado de saúde é delicado. Eles pesam entre 566 g e 910 g, e medem como fazer um twitter apenas cerca de 30 cm. O pai das crianças, Joshua Salinas, de 21 anos, afirmou que o casal ainda não escolheu os nomes das crianças. “Estou muito feliz, mas também preocupado com a saúde deles e como iremos nos virar financeiramente”, afirmou. Os médicos resolveram fazer uma cesariana quando Salud estava grávida de 27 semanas devido a uma anemia e um sangramento interno. 

A mãe das crianças, Salud Romero, é vista no hospital onde deu à luz no México  (Foto: Enrique Castro/AFP)

Quando teve quádruplos, há 12 anos, apenas dois dos bebês sobreviveram. Ela teve uma outra gravidez, totalizando agora nove filhos.

“Não acho que seja bom disputar com meus aliados”



Governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos dá mais um sinal de sua ambiguidade; de acordo com nota da coluna Poder Online, do portal iG, ele teria dado a declaração a um petista, depois de questionado sobre o que fará em 2014: se candidatará à presidência ou apoiará a reeleição de Dilma; os dois se encontram nesta tarde


PE247 – Apoiar o governo federal, porém sem compromisso antecipado de firmar aliança com o PT em 2014. É o que pode ser resumido sobre a postura do governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos. A ambiguidade do socialista, que não responde diretamente se vai ou não se candidatar a presidente nas próximas eleições presidenciais, é que pode estar em pauta no encontro marcado para esta segunda-feira 14, em Brasília (DF), com a presidente Dilma Rousseff (PT).
O governador tem dado declarações que reafirmam seu apoio ao governo federal, e principalmente à reeleição de Dilma, ao mesmo tempo em que deixa em aberto a possibilidade de se lançar candidato em 2014. De acordo nota da coluna Poder Online, do portal iG, ele teria dito recentemente a um petista: "Eu não acho que seja bom disputar com meus próprios aliados".
Do interlocutor, ele teria ouvido que "o PT precisa ter a consciência de que não poderá ser eternamente cabeça de chapa se quiser de fato uma coalizão forte para governar o País". A reunião ocorre duas semanas após Campos e Dilma terem se encontrado em Aratu, na Bahia. Oficialmente, o governador tem como objetivo discutir o Pacto Federativo, a distribuição dos royalties do petróleo e a atração de investimentos para o Estado de Pernambuco.
PMDB: de olhos abertos
Embora a prioridade da conversa seja política econômica, dois encontros em quinze dias entre o socialista e a petista deixam o PMDB de olhos abertos. Os peemedebistas são o principais aliados da presidente e, a cada encontro entre a presidente e o pernambucano, surgem novas especulações sobre a possível formação de uma chapa entre PT e PSB, com os socialistas na vice da presidência.
Se Eduardo Campos não se mostra simpático à ideia de ser candidato em 2014, por outo lado, sobra mais espaço para as possibilidades de compor uma chapa com Dilma, e o PSB na vice, ou tentar se eleger deputado federal para ganhar mais visibilidade em nível nacional.
O fato é que o governador se mostra cada vez mais ambíguo. Não se sabe ao certo o que estará em pauta nesta segunda, além dos assuntos referentes à política econômica. No entanto, sucessivos encontros podem levar a uma tomada de atitude "definitiva" por parte do PMDB no sentido deixar clara a postura de não ceder espaço para o partido de Campos.
Se isso acontecer, de fato o PSB não teria muito a perder, pelo menos, em tese, já que não depende tanto do PMDB para alçar um voo próprio como o PT. Primeiro porque Eduardo busca parceria com outras forças políticas e, segundo, porque os peemedebistas deixaram claro que pretendem disputar a presidência em 2018, podendo ser contra o governador.

Dominguinhos é transferido para hospital em São Paulo


O músico José Domingos de Moraes, o Dominguinhos, que estava internado desde o dia 17 dezembro do ano passado no Hospital Santa Joana, no Recife, foi transferido na manhã do último domingo (13) para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. De acordo com informações repassadas pela equipe da própria unidade de saúde, antes da transferência, o quadro do músico encontrava-se estável, semelhante aos dias anteriores, com a infecção controlada e com a utilização de ventilação mecânica.

De acordo com o NE10, Dominguinhos permanece com marca-passo e com as medicações para a arritmia. “A partir de agora seu tratamento será coordenado pela oncologista que o acompanha desde o diagnóstico do tumor pulmonar, há seis anos”, informa a nota da equipe médica do hospital.
MAGNO MARTINS

Severino Cavalcanti deixa João Alfredo sucateada
















Fabio Guibu - Folha de S.Paulo

Aos 82 anos e com a ficha suja até 2015, o ex-prefeito de João Alfredo (Agreste Pernambucano), Severino Cavalcanti (PP), encerrou seu mandato sem pagar os salários referentes ao mês de dezembro dos servidores, devendo a fornecedores e sob denúncias de sucateamento de equipamentos públicos.

Nos quatro anos em que administrou sua cidade natal, Severino nunca cumpriu a Lei de Responsabilidade Fiscal. Foi multado duas vezes pelo Tribunal de Contas do Estado por ultrapassar o limite de 54% de comprometimento da receita com o pagamento de pessoal. No ano eleitoral de 2010, Severino chegou a comprometer 79% da receita municipal com esses salários.

Mesmo assim, os servidores não recebiam em dia. De acordo com o promotor de Justiça Luiz Guilherme Lapenda, havia indícios de que a prefeitura pagava fornecedores em detrimento aos funcionários. Por esse motivo e a pedido do próprio promotor, em 2012, as contas da prefeitura foram bloqueadas duas vezes pela Justiça.

Logo após assumir o cargo, a nova prefeita do município, Maria Sebastiana (PTB), reclamou do que viu e acusou o seu antecessor de sucatear a administração pública. Boletins de ocorrência foram lavrados na delegacia da cidade para registrar os problemas que ela encontrou.

Os mais graves estão no único hospital do município. A sala de cirurgia foi interditada porque a porta que isolava o bloco do restante da unidade foi arrancada. A área de assepsia dos cirurgiões também ficou sem porta. Na sala de vacinas, a energia elétrica foi cortada no final do ano e 3.000 doses que estavam estocadas em geladeiras foram perdidas. Postos de saúde foram desativados, e tratores e veículos da frota oficial, como ônibus escolares, estão parados por falta de manutenção.

As dívidas com fornecedores, segundo a prefeita, chegam a R$ 2,69 milhões, o equivalente a 6,3% do Orçamento municipal de 2013.


magno martins

Questionamentos

Passado duas semanas da nova (quer dizer quase nova) administração da cidade ainda tudo esta parado, a queda de braço entre Prefeitura e professores continua, os professores não cedem que na minha opinião estão certos e a prefeitura diz que não paga e assim caminha Jataúba.

Quinta feira fui a sessão da Câmara por vi os novos vereadores calados em relação a este problema que afeta diretamente o mandato deles, com exceção de Galego que disse que não sabia direito se a atual administração tinha por obrigação de pagar débitos da anterior, foi mais ou menos isso que ele quis dizer, o restante ou não tocou no assunto ou até mesmo que foi pior nem fizeram uso da palavra, será que nenhum desses novos vereadores tem interesse de saber onde foram gastos essas verbas?

Outra coisa que gostaria de entender é o porque os professores não vem a público se defender abertamente, eles tem levantados dados referentes ao quanto foi gasto com seus salários e quanto entrou de verba do FUNDEB, assim como dados de quantos funcionários contratados estavam locados na pasta da Educação durante o ano de 2012, eu vi estes dados é um absurdo o que se precisou de funcionários no decorrer do ano com a proximidades das eleições, usem os Blogs, vão a rádio local e exponham isso ao público, que a rádio local esta em cima do muro é fato, mas acho que não negariam este espaço a vocês.

Se os professores afirmam que a folha de pagamento deles é menor do que a verba que entrou, e o pior , e mesmo assim estão com salários atrasados, onde foi gasto este dinheiro, foi desviado para saldar outros débitos dinheiro não some a não ser que alguém o roube ai é caso de polícia mesmo, isso parece que ninguém se importa em saber, ja disse antes em um ano e meio quase que estou aqui que eu vi de obras foram a passagem molhada e aquele saneamento perto da Academia da Cidade a ampliação do Posto de Saúde, esta ainda não concluída, o resto foi apenas manutenção.

Será que nosso vereadores aprovaram contas fraudadas, eu juro que tento entender como um buraco tão grande se forma e ninguém vê ou tem o interesse de saber o que realmente causou este buraco, mas enquanto ninguém se interessa continuem usando os professores como bode expiatório.

Abraços a todos.

colunista 

Marcelo De Oliveira Neto

Nordestão poderá ter transmissão internacional


O Nordestão ainda nem começou, mas o torneio deve desbravar os limites do Nordeste e do Brasil. É isso o que pretende o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho. O dirigente revelou que a os jogos da competição regional podem ser transmitidos para países da Europa, África e até da Oceania. Uma medida que funcionaria nos mesmos moldes de televisionamento internacional do Campeonato Pernambucano.

“Estamos montando uma operação semelhante ao que fazemos no nosso Estadual. O Campeonato Pernambucano é transmitido, no total, para 36 países, distribuídos entre Europa, África e Oceania. Assim como acontece no Pernambucano, todos os jogos não serão televisionados. Mas, com o Nordestão, estamos praticamente fechados com contratos de transmissão semelhantes ao do Estadual”, detalhou o mandatário da FPF.

Evandro também afirmou estar certo do êxito do certame regional. “Esse Nordestão vai ser igual ao de 2001 ou ainda maior.Tenho certeza que esta edição será o maior sucesso entre todas até hoje. Será o melhor torneio desde o apogeu da competição. A mídia está forte. Os patrocínios também estão aí. Já contamos com o apoio da torcida. Acreditamos que os jogos mais importantes e as finais vão ter de 50 a 60 mil pessoas nos estádios”, opinou o dirigente.

Jataúba no túnel do tempo!!!

Cúpula tucana fecha com Aécio e tira poder de Serra




Da Agência Estado

Na construção da candidatura do presidenciável Aécio Neves, o comando do PSDB emplacará o senador mineiro como novo presidente do partido ao mesmo tempo em que deve minimizar o espaço do ex-governador José Serra na nova direção partidária e aumentar a participação do governador Geraldo Alckmin (SP).

Em maio, o PSDB elege a nova Executiva. Hoje, a maior parte da direção está fechada com a candidatura de Aécio à Presidência da República, projeto que tem o apoio do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e do presidente do partido, Sérgio Guerra - em dezembro, os dois lançaram o senador como pré-candidato ao Palácio do Planalto.

O espaço na Executiva é visto como fundamental para o grupo serrista, que voltou a colocar na pauta a discussão sobre prévias para escolher o presidenciável. "Neste ano, o PSDB tem duas tarefas essenciais pela frente: renovar a sua Executiva Nacional, usando os seus melhores quadros e garantindo que todos se sintam representados e organizar sua proposta política", disse o ex-governador Alberto Goldman em seu blog na semana passada, quando aliados de Serra disseram que ele deixaria o partido por estar isolado. Parte da direção viu na manifestação do ex-governador uma tentativa de valorização diante das negociações sobre a nova Executiva.

Os tucanos defensores do projeto Aécio avaliam que o comando do maior partido de oposição é um passo imprescindível no caminho ao Planalto. A princípio, Aécio tentou resistir à indicação por avaliar que a função causaria desgaste, inclusive com potenciais partidos aliados. Articulou até plano alternativo que envolvia outros nomes. Mas Guerra e FHC já haviam abraçado a tese.

No final de 2012, em jantar com integrantes da bancada de deputados, o mineiro ouviu o pedido para que assumisse o comando o partido, como forma de mostrar real comprometimento com o projeto - volta e meia a disposição dele de se candidatar é questionada por tucanos.

Neste mês, Aécio se encontrará com Alckmin, FHC e Serra para discutir a nova Executiva. Além da presidência do PSDB, estarão em jogo outros três cargos: a vice-presidência, a secretaria-geral e a presidência do Instituto Teotônio Vilela (ITV), centro de pesquisas e estudos do partido, com orçamento próprio. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Protesto contra Lula reúne 20 pessoas em São Paulo



Um grupo de cerca de 20 pessoas fez neste domingo (13) um protesto contra o ex-presidente Lula e o PT. Eles organizaram o ato pela rede social Facebook. Na internet, cerca de 1800 afirmaram que iriam participar do ato que ocorreu na avenida Paulista

Uma manifestação contra o ex-presidente Lula e o PT reuniu 20 pessoas na avenida Paulista, em frente ao Masp (Museu de Arte de São Paulo), na tarde deste domingo (13) em São Paulo. O encontro, marcado via redes sociais, tinha como um dos lemas 'Mexeu com o Brasil, mexeu comigo. Por um Brasil sem LULA/PT' e associava Lula ao processo do mensalão. Os manifestantes entoavam gritos e seguravam faixas contra o partido e o ex-presidente Lula.

Cerca de 1.800 pessoas haviam confirmado presença no protesto no Facebook. A 'OCC - Organização de Combate à Corrupção' foi uma das principais organizadoras do evento. A psicóloga Marta Abdo, 55, passava pelo local e disse estranhar a 'timidez' dos manifestantes. 'Parece meia dúzia de pessoas paradas, sem organização alguma.' A auxiliar de almoxarifado Ângela Pires da Silva, 25, afirmou que 'achava engraçado aquele pessoal parado'. (Informações da Folha Online)

Brasil está entre os mais empreendedores do mundo

 Uma pesquisa da União Europeia realizada na região e nas maiores economias do mundo colocou o Brasil como um dos países com maior tendência para o empreendedorismo. A pesquisa, divulgada na semana passada, apontou que 63% dos brasileiros preferem trabalhar em um negócio próprio. O índice dos que preferem trabalhar como empregados ficou em 33%.O resultado deixou o Brasil em segundo lugar entre os países pesquisados, que incluem os 27 membros da União Europeia e mais 13 nações, entre elas, China, EUA, Rússia, Índia e Japão. Em primeiro lugar aparece a Turquia, com 82%.
A pesquisa mostrou também que o Brasil fica em primeiro entre os que planejam concretizar o desejo: 30%. Os índices mais baixos foram encontrados na Itália (6%), na União Europeia, e no Japão (9%).  (Informações da Folha de S.Paulo - Daniel Tremel)

TSE paga R$ 3,8 milhões de hora extra em um mês

 Dados inéditos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre os salários de seus funcionários demonstram um descontrole no pagamento de horas extras no período eleitoral de 2012.
Só em novembro, segundo dados obtidos pelo Estado, o gasto com esses adicionais foi de cerca de R$ 3,8 milhões para pagamento dos 567 funcionários que alegam ter dado expediente fora de hora. Entre setembro e novembro, essas horas extras totalizaram R$ 9,5 milhões.
Uma averiguação preliminar foi aberta por ordem da presidente do TSE, ministra Cármen Lúcia. Por enquanto, dois assessores próximos à presidente deixaram seus cargos. Há registros de funcionários que tiveram de devolver parte do dinheiro recebido como hora extra. Outros casos estão sob análise.(Informação de O Estado de S.Paulo - Mariana Galucci). Clique aí e leia matéria completa  TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil