terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Frase do dia


Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver.

Aos 105 anos, morre Dona Canô, mãe de Caetano


Claudionor Vianna Telles Velloso, 105, a Dona Canô, morreu hoje, em Salvador, após sofrer uma isquemia transitória --os sintomas são semelhantes aos de um AVC (Acidente Vascular Cerebral), devido à falta de sangue em uma região do cérebro. Dona Canô foi internada há 10 dias no Hospital São Rafael em estado grave.
Em 16 de setembro, quando completou 105 anos com grande festa em Santo Amaro da Purificação (a 67 km de Salvador), onde mora, disse à Folha não ter medo da morte. 'Não tenho, não, meu filho. Acredito em Deus e sempre vivi com a minha família, com pessoas do meu lado, com a casa cheia. Acho que esse é o segredo [da longevidade]'. 

Mais brasileiros têm acesso à internet

 No quarto-cozinha de 20m² em que a gerente comercial Gilmaria Araújo, 25 anos, mora, quase tudo foi comprado pela internet. Do notebook à mesa de jantar, passando pelo micro-ondas, o fogão, o reprodutor de DVD, a televisão, o smartphone e o armário de cozinha. A extensa lista, que inclui outros móveis e mais apetrechos tecnológicos, é a síntese da expressão “tudo ao mesmo tempo, agora”, usada para descrever uma geração de pessoas que quer viver intensamente o hoje, sem desgrudar do celular, do tablet e das redes sociais.
Entre 2002 e 2012, cerca de 40 milhões de brasileiros deixaram a condição de pobreza. Com mais dinheiro no bolso e mais dignidade, eles passaram a integrar uma nova e fortalecida classe média, que está mais plural, educada e, também, conectada. Nos últimos anos, ao passo que ia colecionando novos membros, a chamada classe C foi mudando a cara do Brasil tecnológico.
O acesso à internet, em 2006, era restrito a apenas 35,3 milhões de pessoas. Seis anos depois, esse número já ultrapassa os 83,4 milhões. Não por acaso, os 48,1 milhões de novos usuários alçaram o Brasil ao posto inédito de quinto país em número de conexões à rede mundial de computadores. Atentas a esse fenômeno, as empresas com atuação no país tiveram de se adaptar. (Do Correio Brasiliense)

magno martins

Defendida a aprovação do porte de arma em serviço


Reajustes salariais, planos de carreira e redução de carga horária não são mais os únicos benefícios almejados por servidores públicos. O porte de armas entrou para a lista de pedidos feitos por diversas categorias do funcionalismo. A batalha para receber autorização para circular com uma arma causa sobrecarga no Congresso. Desde 2004, 88 projetos de lei que alteram o Estatuto do Desarmamento tramitaram no legislativo, 71 na Câmara dos Deputados e 17 no Senado Federal. A maioria dessas propostas prevê a concessão a categorias como agentes de trânsito, auditores fiscais, oficiais de Justiça, agentes socioeducativos, guardas prisonais e até advogados públicos.

Os dados fazem parte de um levantamento realizado pela Secretaria de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça. Preocupado com o
impacto que a ampliação da concessão de armas causaria na segurança pública, o governo monitora a tramitação de todos esses projetos no Congresso e se posiciona contrariamente a qualquer iniciativa de flexibilizar o Estatuto do Desarmamento. “Existe uma cultura de caráter corporativista que enxerga o porte de armas como um benefício.
Mas, na maioria das vezes, essa reivindicação não é feita com base em dados que comprovem a necessidade”, comenta o secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, Marivaldo Pereira. (Do Correio Braziliense)

magno marins

Anatel suspende promoções de operadoras de celular até janeiro



A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) só vai permitir que as operadoras de telefonia celular voltem a fazer promoções que gerem impacto em suas redes a partir de janeiro. A informação é do superintendente de Serviços Privados do órgão, Bruno Ramos, em entrevista concedida ao Portal G1 de Notícias.
A decisão se deve ao aumento das reclamações de clientes nos últimos meses e ao temor de que a rede de telefonia das operadoras não suportasse o tráfego adicional de dados (internet móvel) e voz, provocando queda na qualidade do serviço

Mais de três mil inquéritos da PF apuram desvio de verbas em prefeituras

A Polícia Federal conduz 3.167 inquéritos sobre desvios de recursos e corrupção envolvendo prefeituras em todo o País. Estão sob investigação 484 prefeitos e ex-prefeitos por violação ao Decreto Lei 201/67, que define os ilícitos de responsabilidade de administradores municipais.
Os dados constam de levantamento realizado pela Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Dicor) – braço da PF que aloja setores estratégicos da instituição, inclusive o serviço de análise de dados de inteligência e a divisão de repressão a crimes financeiros.

Rose do Lula é a mulher do ano


“Nesses tempos de devoção às minorias, não é justo deixar de destacar a contribuição de Rosemary Noronha para a causa feminina. O Brasil progressista explode de orgulho por ser governado por uma mulher — que aliás deu a Rosemary sua chance de brilhar — e não pode agora se esquecer de reverenciar mais uma expoente do gênero. Assim como Dilma, Rose chegou lá. O fato de estar enrolada com a polícia é um detalhe.
Rose e Dilma escreveram seus nomes na história do Brasil por serem, ambas, utensílios de Lula. A finalidade de cada uma para o ex-presidente não vem ao caso. O que importa é que ambas funcionaram muito bem. Como se nota pelo ufanismo nacional em torno de Dilma, não se espera mais da mulher moderna opinião própria, autonomia e iniciativa. Basta botar um tailleur vermelho, um colar de pérolas e decorar suas falas. E muito importante: falar o mínimo, para errar pouco. Até outro dia isso era piada entre Miguel Falabella e Marisa Orth (“cala a boca, Magda!”). Hoje é sinal de poder.

Mais um acidente foi registrado na PE-160


 

Fotos: Elivaldo Araújo.

No início da tarde dessa segunda-feira (24), por volta de 12h10, mais um acidente foi registrado na PE que corta Santa Cruz, mais precisamente na esquina da Rua Amaro Manoel das Chagas, Bairro São Miguel.

A nossa equipe apurou que Josimário Cabral (35 anos, residente nas proximidades do São Miguel), foi atropelado após tentar atravessar a via, por um motoqueiro não identificado.


Josimário teve escoriações e um corte no braço esquerdo. Ele recebeu orientações de pessoas que estavam no local para que aguardasse a chegada do Samu.

Ele foi levado ao Hospital Municipal, onde foi medicado e liberado pouco tempo depois.

É tempo de comemorar!


É tempo de celebrar, dividir com a família, parentes e amigos o que há de mais puro nesta vida. É tempo de brindar também as conquistas obtidas ao longo do ano e reservar uns minutos para dar vazão ao real significado do que o Natal proporciona. É tempo de desejar o melhor ao próximo. E é tempo de praticar o bem, sem pedir nada em troca.
Ao longo desta semana, o blog jataúba news recebeu inúmeras mensagens de agradecimentos e desejando boas festas.
Agora, é tempo de retribuí-las, sobretudo, a vocês, nossos leitores.
Que o Natal seja repleto de paz, saúde e muita felicidade. Porque, agora, é tempo de brindar e celebrar o amor.

Papa Bento XVI critica rejeição a Deus e violência religiosa


O papa Bento XVI celebra a tradicional Missa do Galo na basílica de São Pedro do Vaticano, a oitava de seu Pontificado Foto: Vincenzo Pinto / AFP
O papa Bento XVI celebra a tradicional Missa do Galo na basílica de São Pedro do Vaticano, a oitava de seu Pontificado
A rejeição a Deus pelo mundo contemporâneo leva à rejeição do outro, principalmente dos mais vulneráveis, advertiu nesta segunda-feira o Papa Bento XVI, durante a tradicional Missa do Galo, antes de definir qualquer violência em nome de Deus como uma "doença" da religião.
O Papa, que celebrou a missa com o auxílio de cerca de 30 cardeais, rezou pela paz na Palestina, Síria, Líbano e Iraque para que os cristãos possam "conservar sua morada" nestes lugares e para que "cristãos e muçulmanos possam construir juntos seus países na paz de Deus".
"Estamos completamente repletos de nós mesmos, de modo que já não há espaço para Deus. Também não resta espaço para os outros, para as crianças, os pobres, os estrangeiros", disse o Papa na missa celebrada na Basílica de São Pedro. "Não é precisamente a Deus que rejeitamos?", questionou Bento XVI.
No início de uma cerimônia de mais de duas horas, acompanhada por coral em latim, música de órgão e som de trombetas, Bento XVI percorreu a imensa Basílica de São Pedro sobre uma plataforma móvel, mostrando cansaço.
"Correntes de pensamento muito difundidas afirmam que (...) a religião, em particular o monoteísmo, seria a causa da violência e das guerras no mundo; que seria preciso libertar a humanidade da religião para se estabelecer a paz; que o monoteísmo, a fé em um único Deus, seria prepotência, motivo de intolerância, já que por sua natureza tentaria se impor a todos com a pretensão da única verdade".
"É certo que o monoteísmo serviu durante a história como pretexto para a intolerância e para a violência. É verdade que uma religião pode se desviar e chegar a se opor à natureza mais profunda quando o homem pensa que deve tomar em suas mãos a causa de Deus, fazendo de Deus sua propriedade privada. Devemos estar atentos contra a distorção do sagrado".
"Mas mesmo que seja incontestável um certo uso indevido da religião na história, não é verdade que o "não" a Deus restabeleceria a paz. Se a luz de Deus se apaga, se extingue também a dignidade divina do homem", concluiu Bento XVI.