sábado, 6 de julho de 2013

Passando pra desejar a todos leitores deste blog um belo final de semana.

Policia Militar joga bombas em população em Toritama.







E isso que o Governador manda para a População de Toritama,bombas para que só estava apenas olhando oque eles já tinha começado que era esta atirando balas de gás lacrimogêneo,Eu não concordo com quem foi ao Protesto Baderna mas para quem não tinha culpa alguma com vandalismo que ali havia ocorrido.
Ontem a noite, eu presenciei a forma TRUCULENTA com que alguns Policiais da PMPE, CIOSAC e GATI agiram com alguns habitantes de Toritama!
Deixando bem claro que em NENHUM MOMENTO, eu percebi esse abuso sendo cometido por Policiais do DPM TORITAMA, foi fácil identificar que eram guarnições da Capital!
Bem, voltando ao principal, eu e alguns colegas, fomos apenas ver o que estava acontecendo, não éramos PROTESTANTES. Simplesmente fomos recebidos com Gás lacrimogêneo e Bombas de Efeito Moral, Bomba essa que chegou a atingir a minha pessoa e ao meu colega Adjailson Silva. Tiros de Bala de borracha foram disparados contra a população que apenas observava a movimentação, fomos praticamente EXPULSOS DE UM LOCAL PRIVADO E PARTICULAR! Porque isso aconteceu? Até eu me pergunto...Por sorte do cidadão que se diz ser “POLICIAL”, a filmagem feita não conseguiu filmar seu rosto, pois eu pessoalmente iria buscar junto a Corregedoria Da PM uma explicação cabível para tal atitude totalmente abusiva.
Confesso que alguns estavam ali para causar baderna e desordem, esses eram facilmente identificados. Agora, você estar de braços cruzados, sem oferecer risco algum, ser alvo de tamanha Truculência? Isso não existe senhora PMPE!!!


Texto de Junior Silva..blog toritama informa 

Brad Pitt cancela vinda ao Rio por causa dos protestos



RedeTV! – Brad Pitt cancelou a visita que faria neste fim de semana ao Rio de Janeiro para divulgar seu novo filme, ‘Guerra Mundial Z’, que estreia em 28 de junho no Brasil. O motivo seria a onda de protestos que vem acontecendo em todo o país.
O ator desembarcaria na capital fluminense na madrugada deste sábado (22) e ficaria até o dia 24. Ele viria acompanhado das filhas Shiloh e Zahara. Fontes próximas ao astro disseram que ele resolveu cancelar a visita por acreditar que não é o momento para realizar uma première enquanto a sociedade brasileira passa por um clima de insatisfação geral.

Fonte:Robson Pires

Governo recebe 50 mil ingressos para a Copa do Mundo: Brasil... "Um país para todos" os amigos do poder.




O Governo brasileiro recebeu da FIFA 50 mil ingressos para os jogos da Copa do Mundo e a distribuição das cortesias ficará sob o comando do ministro dos Esportes, Aldo Rebelo.
Só que as entradas são destinadas ao contemplados pelo programa Bolsa Família e comunidades indígenas. O problema é que a companheirada do PT já faz sobre ele uma enorme pressão para que os critérios sejam de apadrinhamento político. Aldo está na marca do pênalti.
Postado por Magno Dantas

Números que aterrorizam Dilma



Quem revela é Lauro Jardim, na sua coluna da revista VEJA:

''Para além do derretimento da popularidade de Dilma Rousseff atestado pelo Datafolha, pesquisas que chegaram ao Palácio do Planalto no auge dos protestos mostraram dados ainda mais preocupantes aos aliados da presidente. Um levantamento do Ipsos Public Affairs entregue a parlamentares do PT e do PMDB mostrou que 55% dos entrevistados disseram não considerar Dilma Rousseff uma grande líder.

Realizado entre 20 e 21 de junho, a pesquisa revelou ainda que 80% dos entrevistados consideravam que a “presidente precisava agir rápido e não só declarar intenções”.

Questionados sobre a avaliação do primeiro pronunciamento de Dilma em cadeia nacional, em 21 de junho, 46% dos entrevistados disseram que “Dilma fez um discurso pensando apenas na eleição de 2014”.
Passadas as trapalhadas dessa semana, com o plebiscito da reforma política praticamente sepultado – e o governo insistindo em um discurso fantasioso –, aliados de Dilma temem que as próximas pesquisas sejam ainda mais aterradoras.''

Escrito por Magno Martins,

Paulo Henrique Amorim é condenado por injúria racial




O jornalista Paulo Henrique Amorim, da Rede Record, foi condenado a 1 ano e 8 meses de prisão por crime de injúria racial contra o colega Heraldo Pereira, da Rede Globo. A decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal foi publicada nessa semana.

Em 2009, Amorim publicou texto em seu site (Conversa Afiada) no qual acusava Heraldo Pereira de ser um "negro de alma branca", incapaz de ser algo além de um "negro e de origem humilde".

Além do processo por injúria racial, o jornalista chegou a responder ação civil por danos morais – encerrada após acordo que previa retratação pública por parte do réu e doação de 30 mil reais a uma instituição de caridade.

Na Rede Globo desde 1981, Heraldo Pereira é alvo frequente de acusações em relação ao suposto "embranquecimento" da sua imagem em aparições nas atrações do canal. No fim do ano passado, um comentário do colunista do Globo, Jorge Bastos Moreno, sobre o assunto gerou grande debate nas redes sociais.

Segundo o site Memória Globo, Pereira foi o primeiro negro a apresentar o Jornal Nacional, principal telejornal da emissora, em 2002.

magno martins 

Projeto Eleições Limpas tem mais de 53 mil assinaturas

O projeto de iniciativa popular Eleições Limpas, elaborado pelo Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral (MCCE) "o mesmo que idealizou a Lei da Ficha Limpa" recolheu mais de 53 mil assinaturas até hoje (5). O cálculo considera apenas as assinaturas virtuais, sem levar em conta as que foram recolhidas em papel. Para que a proposta seja oficialmente apresentada ao Congresso Nacional e comece a tramitar é preciso do apoio de 1% do eleitorado, ou 1,6 milhão de pessoas.

O projeto propõe acabar com o financiamento feito por empresas privadas e coloca um limite de R$ 700 para doações de pessoas físicas aos candidatos. A decisão de incluir as medidas no projeto decorreram da constatação de que apenas três setores da economia fazem doações de forma significativa: as empreiteiras, os bancos e as mineradoras. "É uma pequena fração do empresariado que tem interesses imediatos na ação do Congresso Nacional. Pesquisa da Universidade do Texas mostra que para cada real investido nas campanhas [pelas empresas] houve um retorno da ordem de R$ 8,5. Não se trata de doar, mas de adiantar um dinheiro que voltará na forma de dinheiro público", explicou o coordenador do MCCE Márlon Reis.

De acordo com o MCCE, dos 513 deputados atualmente eleitos, 369 foram os que tiveram as campanhas mais caras. "Não há igualdade de disputa entre aqueles que dispõem dos milhões das empreiteiras, dos bancos e das mineradoras e os outros, que não têm acesso a esses recursos. É desigual e o resultado são eleições dirigidas economicamente", disse Reis.

O projeto prevê ainda a eleição para o legislativo em dois turnos. No primeiro, os eleitores votam nos partidos e é definido o número de cadeiras que cada sigla terá direito. No segundo turno, ocorre a escolha dos candidatos em cada lista partidária. O novo projeto de lei também dá mais liberdade de expressão aos cidadãos nas redes sociais e na internet em relação ao debate eleitoral.

O MCCE ressalta que para implementar as mudanças propostas não é necessário alterar a Constituição vigente."O projeto não tem nada que precise mudar a Constituição. Já vai ser muito difícil alterar a Constituição por legislação ordinária. Se nós quiséssemos incluir emendas constitucionais estaríamos fadados ao fracasso. Para lei, é necessário 50% mais um dos legisladores presentes. Para a questão constitucional, passaríamos a ter exigência de três quintos do número total de deputados e senadores, em duas votações, em dois turnos, em cada casa", destacou Reis.

Para assinar a petição, o cidadão pode acessar o site da campanha (www.eleicoeslimpas.org.br). São válidas assinaturas feitas pelo site e também em papel. O prazo para reunir as assinaturas necessárias termina no dia 4 de agosto. Para a lei ter validade nas próximas eleições, em 2014, o Congresso Nacional precisa aprovar o projeto e publicá-lo até 4 de outubro de 2013.