sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Entenda porque Paulo Câmara foi escolhido candidato ao governo de Pernambuco

Foto: Blenda Souto Maior/DP/D.A Press/Arquivo
Coordenação de campanha terá que trabalhar para divulgar qualidades técnicas de Paulo Câmara

Ele é militante socialista desde 1992. Esteve ao lado do governador Eduardo Campos (PSB) já na campanha desse para a Prefeitura do Recife em 1992, quando o hoje aliado Jarbas Vasconcelos (PMDB) foi eleito. De lá para cá, participou de todas as campanhas majoritárias encabeçadas pelo PSB e está no governo de Pernambuco desde 2007. Apesar de ter assumido nos últimos sete anos papéis importantes para o equilíbrio das relações governo/servidores e das finanças, Paulo Câmara ainda é, para a população pernambucana, um nobre desconhecido.

Nobre, pelo menos, é como Câmara é visto nos bastidores do governo e do partido, ao qual se filiou apenas em outubro de 2013, no finalzinho do prazo estipulado pela Justiça Eleitoral para os que desejavam participar do pleito deste ano. Um dos primeiros sinais de que acabava de entrar na lista de possíveis candidatos à sucessão de Eduardo. E essa “nobreza”, comentada por socialistas, vem do perfil de homem recatado mas que apresenta “alto nível intelectual e político”, como afirmou uma liderança do PSB nacional. “Paulo Câmara é, na realidade, aquele tipo que a gente chama de politizado, mas que nunca fez o papel de militante no sentido tradicional, que é o de estar sempre conversando com as bases e visitando comunidades e eleitores nos finais de semana”, disse um integrante do governo.

A distância das bases, dos eleitores e o fato de não circular nos meios empresariais e sociais, fundamental para qualquer político que tenha pretensões eleitorais, é o principal motivo de Paulo Câmara ser hoje um desconhecido, ainda um pré-candidato invisível. Até porque, apesar das funções estratégicas que assumiu até agora no governo Eduardo, só esteve por um ano numa secretaria-fim: a de Turismo, quando assumiu o posto para apagar um incêndio provocado pelas denúncias de um suposto superfaturamento em contratos de artistas pela Setur-PE, na gestão do deputado estadual Silvio Costa Filho (PTB).

Atuação
A sua maior contribuição ao governo veio através de secretarias- meio, como Administração, onde instituiu o calendário de pagamento semestral e o programa de recadastramento, e Fazenda, onde carrega a responsabilidade sobre todas as contas do estado e prova ser alguém da extrema confiança do governador.

Com o lançamento de seu nome para a disputa ao governo do estado deste ano, Paulo Câmara terá que sair de sua zona de conforto e ganhar as ruas. E o PSB, especialmente o governador Eduardo Campos, terá como uma das maiores tarefas tornar visível o nobre recatado intelectual. Afinal, é o eleitor quem vai fazer a pergunta que não cala em épocas como essa: em quem é que eu vou votar?

Joaquim Barbosa determina prisão de Roberto Jefferson



O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, determinou hoje (21) a prisão do presidente licenciado do PTB e ex-deputado federal Roberto Jefferson, condenado a sete anos e 14 dias de prisão em regime semiaberto na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Jefferson deverá cumprir a condenação em um presídio do Rio de Janeiro.

Barbosa rejeitou pedido de defesa de Jefferson, feito no final do ano passado, para que o condenado cumprisse prisão domiciliar devido ao seu estado de saúde. Em 2012, o ex-parlamentar fez uma cirurgia para retirada de um tumor no pâncreas.

De acordo com os advogados, o sistema penitenciário não tem condições de garantir o tratamento médico de Jefferson. Para justificar o pedido de prisão domiciliar, a defesa anexou aos documentos enviados ao STF a dieta que ele deve seguir. A dieta prescrita pelos médicos e nutrólogos (especialidade médica clínica que se dedica ao diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças do comportamento alimentar) inclui, no café da manhã, banana com canela, geleia real e pão preto. No almoço, o prato deve ser ter salada, arroz integral, carne ou salmão defumado e, no jantar, sopa de legumes.

Contrariando a posição da defesa, após perícia médica feita a pedido do ministro Joaquim Barbosa, os médicos do Instituto Nacional do Cancer (Inca) concluíram, em dezembro do ano passado, que o estado de saúde de Jefferson não indica necessidade de cumprimento da pena em casa ou no hospital. Segundo os médicos, o ex-deputado deve usar regularmente medicamentos e seguir dieta prescrita por nutricionista.

A Vara de Execuções Penais (VEP) do Rio de Janeiro, responsável por efetivar o cumprimento da condenação, também informou ao Supremo que o sistema carcerário do estado pode cumprir as recomendações médicas sugeridas pela junta médica. Após a manifestação da VEP, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, também emitiu parecer contra o pedido de prisão domiciliar.

Remadora da seleção brasileira morre afogada em SP


Dienifer Loreto, de 15 anos, estava treinando na represa de Guarapiranga / R7.com
A remadora Dienifer Loreto, de 15 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (21) ao se afogar na represa de Guarapiranga, em São Paulo (SP).

Dienifer integrava a seleção brasileira júnior da modalidade. O corpo da atleta foi encontrado às 17h na represa e, de acordo com as últimas informações, ela teria ido treinar sozinha, o que é proibido pelas regras de segurança do esporte.

A confederação brasileira de canoagem emitiu uma comunicado confirmando a morte de Dienifer. Leia, na íntegra, à nota de falecimento da atleta:

É com grande pesar que a Canoagem Brasileira comunica o falecimento da atleta Dienifer D’Avila Loreto, ocorrido nesta sexta-feira (21/02), no final da manhã, no Centro de Treinamento (CT) da Academia Brasileira de Canoagem, no Yacht Club Paulista, na cidade de São Paulo. A atleta, que tinha 15 anos, fazia parte da categoria menor da modalidade Canoagem Velocidade, que integrava a Seleção Brasileira e havia sido premiada em várias competições no ano passado.

A Canoagem Brasileira está de luto. O site oficial da entidade (http://www.canoagem.org.br/) divulgará informações sobre o acidente assim que todas as informações forem apuradas. Por meio da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a família de Dienifer D’Avila Loreto terá todo o apoio necessário.

Barragem do sítio Olho D’água


O prefeito Antônio de roque foi conferir como estão às obras de limpeza da barragem do sítio Olho D’água de dentro bem próximo ao Distrito Jundiá. Onde as máquinas e caçambas foram destinadas a trabalhar 350 horas máquina, cada mão da maquina e equivalente a um metro de terra e cada caçamba leva em torno de 14 mãos de terra desse jeito logo estará ponto a obra, onde nas primeiras escavações começou a minar água.


Essa parceria entre governo do estado de Pernambuco pelo secretário de agricultura Zainha este que coordena todos os secretários de agricultura das cidades pernambucanas, com isso só quem ganha com essa parceria é a população Jataubense. 



Ruy Siqueira 


A feira de gado nas lentes do Jataúba News.


Jataúba é um município Brasileiro do estado de Pernambuco Localizado a 222 km da capital de Pernambuco Recife. Sua população segundo o IBGE em 2012 é de 16.219 habitantes. Com uma área de 672 km² e seu Bioma é a Caatinga. Administrativamente, o município é formado pelo distrito sede e pelos povoados de Passagem do Tó, Jacu, Jundiá e Riacho do Meio. Consta que os primeiros núcleos populacionais do local onde hoje fica o município de Jataúba surgiram em meados do Século XIX. Localizada às margens do Riacho Jundiá (cujas enchentes acabariam fazendo com que a cidade fosse edificada em local mais elevado), inicialmente a povoação era denominada Jatobá, por conta da existência de uma árvore desse nome.


A antiga povoação de Jatobá estava localizada nas proximidades das áreas de criação de gado do sertão paraibano e ali era realizada, semanalmente, uma movimentada feira de gado. Por isso, o povoado ficou conhecido como "Boca do Sertão". Foi, também, essa feira de gado que impulsionou o crescimento do lugar. Entre os primeiros habitantes da região estava a família do major Vicente Nário que chegou ali em 1855. A feira de Jataúba é considerada a terceira maior feira livre do País, perdendo somente para feira de Currais Novos, no Rio Grande do Norte e a feira da cidade de Feira de Santana, na Bahia (Levando em consideração, é claro, a quantidade de habitantes de cada lugar). Também devido à proximidade com as áreas de criação de gado dos sertões da Paraíba, realizando-se semanalmente a feira de bovinos caprinos e suínos , segundo a história, maior razão do crescimento do lugar, a qual se realiza de manhãzinha no bairro do Matadouro. 


Vendo a feira de hoje me deparei com alguns profissionais da ADG que fiscalizam as entradas e saídas dos animais no Município que representam a secretaria de agricultura e Reforma Agraria do estado de Pernambuco que são eles Joselito Silva, José Ivan e Valdir José Pereira esse que se encontra afastado por está doente, junto com a vigilância sanitária do município, Ermírio Siqueira Filho e Aldo Cordeiro da Silva ondem esses cobram um imposto dos proprietário de animais que utilizam o curral municipal, todo proprietário de animal por lei tem que tirar o GTA (guia de transito animal) na entrada e na saída de cada animal, existe dois formulário de GTA o manual e o digital. 


Me deparei com a feira de suínos, caprinos e ovinos em um lugar próximo demais a PE 160, ficando muito ariscado tanto para o vendedor quanto para o comprador de acontecer um acidente grave com eles na oportunidade que a nossa equipe estava fazendo a reportagem mim deparei com o prefeito do município Antônio de Roque onde eu indaguei pra ele o risco que todos os vendedores e compradores corriam por está bem próximo a PE, ele mim relatou que vai cerca um local ao lado do matadouro com uma contagem eletrônica que tanto os bovinos quantos os suínos, caprinos e os ovinos terão que pagar taxas por utilizarem os currais municipais, e que tem o projeto, e esta pronto mais ainda não deu tempo ser feito, atualmente só quem paga taxas é os bovinos 3,00 Reais por cada cabaça e que com a construção os outros animais terão que pagar 2,00 Reais. 


Conversando com o pessoal da vigilância sanitária, por feira entram no curral municipal entre 90 e 120 cabeças de bovinos, isso da uma soma de 380,00 reais por semana e 1,520 Reais por mês, se for cobrado nos outros animais umas 80 cabeças de suínos por semana a 2,00 Reais dá em torno de 160,00 Reais por semana, e 640,00 Reais por mês, nos ovinos e caprinos entram no municípios uns 750 dos dois, se cada um pagar 2,00 reais dará em torno de 1,500 por semana e 6,000,00 Reais por mês, somando tudo o município arrecadará por mês de imposto no curral municipal 7,990,00 Reais, segundo o prefeito onde esse dinheiro seria destinado a conservação dos local e os funcionários. 

Ruy Siqueira

Estado de saúde de Emanoel Glicério


Blogueiro reagiu durante a tarde e aguarda resultado de exames

Acabamos de receber as últimas notícias sobre o blogueiro santa-cruzense Emanoel Glicério que comanda com sucesso o seu “Diário da Sulanca”, que nesta manhã esteve em estado de saúde delicado, mas que nesta tarde reagiu e conversou com familiares.
Em conversa há alguns minutos atrás com seu irmão Laercinho ficamos sabendo que ele saiu da sala vermelha de uma UPA em Campina Grande-PB, e aguarda o resultado de exames para logo mais às 22hs.
“Ele está consciente e conversando com a família e tem assistência médica permanente. Em seguida será levado para um hospital da cidade. Estamos esperançosos e animados com sua reação”. Disse Laercinho.
O estado de saúde do blogueiro se agravou nos últimos dias pela dificuldade que está tendo para se alimentar.
Estamos unidos para vê-lo novamente de volta para sua cidade, família e amigos.

Sulanca News

Projeto de Mendonça Filho quer transparência nas doações a condenados


Projeto apresentado pelo líder do Democratas na Câmara Federal, Mendonça Filho (PE), propõe a identificação obrigatória de doações à pessoas físicas em campanhas de qualquer finalidade.

Segundo o líder, o objetivo do PL 7.171/2014 é permitir um mecanismo de fiscalização por parte do Estado a fim de se evitar doações ilegais, que possibilitem, por exemplo, fraudes no sistema tributário ou a realização de operações escusas por meio de doações.

O deputado decidiu apresentar o PL depois que surgiram suspeitas em torno das campanhas de arrecadação de recursos por parte de condenados no processo do mensalão para o pagamento de multas estipuladas pelo Supremo Tribunal Federal.
.

Informações da Assessoria.

Polícia Civil de Taquaritinga do Norte apreende quase 1,5kg de maconha e duas pessoas foram presas em flagrante


Policiais civis da Delegacia de Taquaritinga do Norte, na última quarta-feira (12), após denúncia de que no Loteamento Capibaribe funcionava ponto de vendas de drogas, dirigiram-se à localidade e prenderam em flagrante delito Jadilson Alves da Costa, 33 anos e José Ronielly de Lima Silva, de 21 anos, no momento em que os dois estavam embalando a maconha. Na residência foram encontrados 136 papelotes de maconha prontos para comercialização e uma grande quantidade da mesma droga em um invólucro, totalizando tudo 1.455 kg da droga. Ainda foram apreendidas uma pedra de crack e vários DVD´s e CD´s piratas e uma motocicleta.

Ainda em diligências, os policiais civis se dirigiram até a casa de um menor de idade e lá também encontraram 33 papelotes de maconha prontos para comercialização, somando 274 gramas da droga.

Jadilson e José Ronielly foram recolhidos para a Cadeia Pública de Taquaritinga do Norte e contra o menor de idade foi instaurado um Procedimento Especial de Menor.



Agreste Violento

Hoje o dia de festa é deles!!! Parabéns!!!



Lucidalva Araújo 


Josy Melo 


Fabiano Cavalcanti


Adjane Silva 


Thamirys Brito 

Felicidades pelo seu aniversário.

Que seu caminhar seja sempre premiado com a presença de Deus, guiando seus passos e intuindo suas decisões, para que suas conquistas e vitórias, sejam constantes em seus dias.

Mais um ex-presidiário foi executado em Caruaru.

Foi assassinado por volta das 9 horas da manhã de ontem (19), o ex-presidiário Jobson José dos Santos, de 25 anos, que morava na 5ª travessa Panamericana, no bairro Nova Caruaru, na mesma rua onde foi executado com aproximadamente 5 tiros. Ele já havia cumprido pena por tentativa de homicídio e atualmente trabalhava como servente de pedreiro.
A Polícia Militar fez o isolamento do local e o IC/IML fizeram o levantamento cadavérico sob a supervisão do Delegado Dr. Márcio Cruz, da 20ª Delegacia de Homicídios de Caruaru. O crime foi praticado por 2 homens em uma moto que fugiram do local em seguida.

O corpo da vítima foi encaminhado para o IML neste que foi o 6º assassinato do mês de fevereiro e o 20º registrado este ano em Caruaru. (por Blog do Adielson Galvão) 






Homem morre enforcado pela própria moto

WITMARSUM (SC): Um homem de 25 anos morreu enforcado ao sair de moto para laçar uma vaca doente, na cidade de Witmarsum, no Vale do Itajaí. O acidente aconteceu por volta das 14h de segunda-feira (17), em uma propriedade rural na localidade Alto Catangará. A vítima foi enforcada pela corda quando seguia para o local onde estava o animal.
De acordo com a Polícia Civil, Elvis Balbino saiu de casa e pegou uma corda para laçar o bovino. Ele enrolou o material entre o pescoço e o braço, subiu na moto e seguiu em direção ao destino. No meio do caminho, a ponta da corda engatou na roda traseira da motocicleta. Nisso, ela acabou enrolando no pescoço de Elvis que morreu asfixiado. Conforme relatado por testemunhas, cerca de meia hora depois, familiares seguiram para a propriedade e encontraram a vítima no chão, com a moto sobre o corpo. Eles retiraram a moto de cima do rapaz que já estava morto. O corpo foi transportado para o Instituto Médico Legal (IML) de Rio do Sul. (POR G1)

Ex-presidiário é assassinado com cerca de 15 tiros

CARUARU: O homicídio aconteceu por volta das 18:30h desta quarta-feira (19), na rua João Gomes Pontes (antiga Rua D-8), próximo a escola do Senai, na Vila Kennedy. A vítima, o ex-presidiário,Reinaldo Santos Silva, de 34 anos, que morava na rua Santa Isabel, no bairro Caiucá. Ele foi assassinado com aproximadamente 15 tiros, em todo o corpo.
Segundo o soldado Joelson da Rocam da Polícia Militar, a vítima pegou emprestado de uma amiga, um Fiat Uno de cor verde escura, placa KGC-7201, dizendo que ia olhar uma casa para alugar e quando retornou desceu do carro e foi abordado por dois elementos não identificados que efetuaram diversos tiros atingindo a vítima com seis tiros no tórax e abdômem, três na mãe esquerda, um no rosto, um na exila direita, dois nas costas, um no braço esquerdo, um nas costas e um na face, totalizando 15 perfurações pelo corpo da vítima. Após matarem a vítima, os assassinos fugiram a pé, sentido Vila Padre Inácio.
Familiares não quiseram falar com a imprensa, mas a polícia confirmou que a vítima era ex-presidiário. No entanto, não foi informado o motivo de sua passagem pelo sistema carcerário. O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Caruaru e este foi o 2º crime de morte desta quarta-feira, o sétimo do mês de fevereiro e o 21º do ano, na Capital do Agreste. (Por Adielson Galvão) 


Escritor cata mais de 24 mil latinhas para conseguir publicar livro

Homem, de 70 anos, conseguiu R$ 720 e imprimiu 40 exemplares.
Obra é uma autobiografia do autor que nasceu na ilha de Marajó, no Pará.

Do G1 TO
O autor que mora em Palmas aprendeu a escrever com a ajuda de pessoas do Projeto Rondon
(Foto: Bernardo Gravito/G1)

Para realizar o sonho de publicar um livro, um escritor de 70 anos de idade que mora em Palmas(TO), catou cerca de 24 mil latinhas de cerveja e refrigerante para vendê-las e conseguir o dinheiro necessário para a impressão. Com o valor arrecadado, aproximadamente R$ 720, o escritor imprimiu uma tiragem de 40 exemplares da obra 'Histórias de um Juricaba'. A gráfica entregou os livros no final de janeiro deste ano e o autor, Agostinho Quintino Batista, já vendeu a primeira tiragem. Com o valor das vendas, ele pretende encomendar uma nova 'fornada'.

Batista disse que começou a escrever o livro em dezembro de 2012 e, enquanto não estava escrevendo, reunia as latinhas pelas ruas da cidade. Ele afirmou que a ação trouxe outro benefício. "Foi bom porque mexeu com o físico. Eu fiz muita ginástica", explicou. Segundo o escritor, um quilo de latinhas é vendido no mercado de Palmas por cerca de R$ 1,80. Para conseguir o dinheiro necessário, ele catou aproximadamente 400 quilos de latinhas.

Batista juntou as latas sozinho e demorou pouco mais de um ano para apurar o valor da impressão do livro. 'Juricaba', segundo o autor, é um índio guerreiro, o que explica o tema do livro de 171 páginas.

Batista exibe com orgulho as suas histórias de vida
(Foto: Bernardo Gravito/G1)

Na obra, ele conta as histórias da vida dele, das andanças pelo norte brasileiro e as dificuldades que enfrentou desde a infância em uma tribo indígena na ilha de Marajó, estado do Pará. Entre as histórias, ele conta como surgiu a ideia de publicar um livro e os desafios enfrentados para conseguir fazê-lo. Com uma linguagem simples, o escritor, que aprendeu a ler sozinho, prende o leitor com uma trajetória de vida inusitada e com os encontros que teve com personagens históricos, como o seringueiro e ativista político Chico Mendes.

Mesmo com todo o empenho, Batista ainda não teve um retorno financeiro. Cada livro foi vendido por R$ 20. No total, apenas R$ 80 a mais do que o valor gasto com as impressões. Por outro lado, ele já é reconhecido pela população do Pará, seu estado de origem. Em março ele vai receber um título, que vai se chamar 'embaixador juricabano' em uma cerimônia que será realizada na praça do Mercado Ver-o-Peso, em Belém (PA).

Batista nasceu em uma tribo indígena e há muito
sonha em escrever um livro
(Foto: Bernardo Gravito/G1)

Trajetória do autor
Um acidente desviou o percurso de vida de Batista e o levou a aprender a escrever. Ele levou uma picada de cobra aos sete anos de idade e teve que abandonar a tribo onde nasceu. "Eu fiquei aleijado por 3 anos e índio não gosta de aleijado. Minha mãe me levou para morar fora da tribo. A gente não se escondeu, todo mundo sabia onde a gente morava, mas não podíamos ficar na tribo", explicou.

Ele contou que quando criança tinha o hábito de desenhar no barro da margem de um rio que ficava perto da casa dele. Em um destes momentos ele encontrou o primeiro incentivo à leitura, um exemplar da extinta revista 'O Cruzeiro'. "A revista vinha com um abecedário bem grande e eu ficava desenhando as letras no chão. Com o tempo eu fui aprendendo a ler sozinho, mas para escrever eu precisei de ajuda, pois não entendia como juntar as letras", explicou.

Batista aprendeu a escrever com a ajuda de voluntários do Projeto Rondon, um programa do governo federal que leva profissionais de diversas áreas para regiões menos desenvolvidas do país. "Eu estava numa árvore vendo os passarinhos quando esse pessoal chegou. Eles me ajudaram a escrever e depois eu fui ensinar os filhos de seringueiros", explicou.

O escritor morou em vários lugares no norte do país e teve diversos ofícios. "Eu fiz de tudo. Fui seringueiro, balateiro [quem colhe a seiva da balata], pescador, garimpeiro e piloto de barco", relatou. Batista veio para o Tocantins para ficar perto dos cinco filhos que moram e trabalham na região. Aposentado, ele chegou em Palmas em 2007 e há alguns anos frequenta a Universidade da Maturidade (UMA), um curso oferecido pela Universidade Federal do Tocantins (UFT) para pessoas da terceira idade. Segundo Batista, ele já tinha vontade de escrever um livro e foi na UMA que ele encontrou a vontade de realizar o sonho. Batista também escreveu cerca de 80 poemas de cordel ao longo da sua trajetória e ainda dedica-se ao artesanato.
'Histórias de um Juricaba' tem uma impressão simples e 171 páginas (Foto: Bernardo Gravito/G1