segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Lula, duro de matar

O que a velha imprensa está tentando fazer com Lula lembra aquela série de filmes com Bruce Willis chamada "Duro de Matar". Ele apanhava, apanhava até não ter mais jeito, para no fim vencer os vilões da trama.

Em 2005, o presidente Lula teve seu momento "Duro de Matar I". Fizeram tudo para derrubá-lo. Há uma coleção de capas da revista Veja (devidamente repercutidas no Jornal Nacional da TV Globo) com acusações as mais estapafúrdias, como uns tais de dólares cubanos, a procura de leitores idiotas que acreditassem. No início de 2006, Lula já aparecia com folga na frente das pesquisas, e assim se manteve até vencer aquelas eleições, mesmo com a pauta da imprensa continuar até mais virulenta do que em 2005. A revista Veja, desesperada, tentou divulgar na véspera da eleição falsas contas no exterior de Lula e outras autoridades do governo federal.

Em 2007, a trama contra o Lula "Duro de Matar II" foi no aeroporto, assim como no filme. A TV Globo e o resto da velha imprensa tentou retratar o presidente Lula como responsável por dois terríveis acidentes aéreos. No final, um foi por falha humana de dois pilotos estadunidenses. Outro, por falha mecânica no avião. Ficou provado e comprovado que o governo nada tinha a ver com nenhum dos dois casos.

A ladainha continuou até as eleições de 2010, contra a sucessora Dilma. O senador Álvaro Dias (PSDB/PR) receptou em seu gabinete, na calada da noite, documento surrupiado da Casa Civil. Espalhou "em off" por aí e entregou à revista Veja e outros jornalistas, para forjar a lorota de um pseudo-dossiê contra FHC. Depois inventaram a "armação" da ex-secretária da Receita, Lina Vieira, desmascarada quando se viu que, por trás dela, estava o ex-marido que fora ex-ministro de FHC, e o senador José Agripino Maia (DEM-RN). Depois veio o "exótico empresário" Rubnei Quicoli com denúncias mirabolantes. Teve a ficha falsa de Dilma Rousseff na capa do jornal Folha de São Paulo, seguida de uma estranha conspiração contra o comitê de campanha de Dilma, que foi narrado no livro "A Privataria Tucana". Aliás apareceram os nomes de Policarpo Júnior e do sargento Dadá na história, e o sobrestamento do doutor Gurgel impediu de termos certeza se havia o esquema Cachoeira por trás daquilo. Teve acusações contra Erenice Guerra que revelaram-se falsas. Teve o perito Molina com a bolinha de papel. Teve uma capa falando "caraca", sobre dinheiro na gaveta, cujo assunto sumiu do mapa. Coisa que se fosse verdade, teria sérias consequências. E tantas coisas mais que é até difícil lembrar.

Em 2011, nova carga. A imprensa poupava Dilma, por não ter o mesmo carisma, e atacava Lula pelas mazelas dos outros. Só deram alguma trégua quando o presidente Lula teve um câncer. Acharam que finalmente o venceriam. O "Duro de Matar III" teve continuação. Lula ficou curado e voltou à ativa, inclusive lançando a candidatura de Fernando Haddad a prefeito de São Paulo contra José Serra. A oposição e a velha imprensa "colocou a faca no pescoço" do STF pressionando para o julgamento do chamado "mensalão" tornar-se o carro chefe da campanha eleitoral. Mesmo com o julgamento servindo de cenário para a campanha oposicionista, e com condenações pirotécnicas às vésperas das eleições, Lula venceu no "Duro de Matar IV". Haddad venceu "o vilão" José Serra, o PT cresceu, o PSDB encolheu.

O desespero da oposição e da mídia demotucana voltou aos níveis de 2005/2006. Pegam operações corriqueiras do terceiro escalão, que a Polícia Federal faz dezenas por ano, rotineiramente, e alimentam com fofocas, boataria sem fim, com jogos rasteiros, recheando o noticiário com qualquer coisa, muitas delas inventadas, outras exageradas, para desgastar Lula, e depois dar o bote em Dilma. É o "Duro de Matar V".

O problema da oposição e da mídia demotucana é que, quando idiotiza o noticiário político, querendo transformar em um roteiro de novela de "mocinhos" e "vilões", o cidadão brasileiro sabe muito bem quem são os vilões de verdade. São os vendilhões da Pátria que governaram o Brasil até 2002 e que querem sacrificar os trabalhadores de novo. Os verdadeiros vilões querem voltar aos tempos de concentrar renda na mão dos banqueiros, entregar o pré-sal para imperialistas estrangeiros a troco de contas em paraísos fiscais, dar mais lucros a grandes corporações e barões da mídia. Por isso, os cães ladram e a caravana passa, como vem acontecendo desde 2005, e Lula continuará sendo "Duro de matar".

Além disso, enquanto a velha mídia peca pelo excesso de mentiras enxertadas no noticiário, a ponto de muita gente deixar de levar a sério, os governos Lula e Dilma mostram-se republicanos. Quem pisa na bola é demitido, quem tem que ser investigado é investigado, quem tem que ser denunciado é denunciado, quem tem que ser condenado é condenado. Só falta o Judiciário ter a coragem e a grandeza de tratar a todos os partidos com igualdade, sem blindar demotucanos, e também ter a coragem de inocentar quem tem que ser inocentado, independente de pressões.

Ao contrário do que pensa a Globo, a Veja, o Estadão e a Folha, o povo mais pobre odeia a corrupção, até porque nem precisa ler pelos jornais; sente na própria pele, sendo extorquido pelos esquemas de corrupção no dia a dia (diferente dos barões da mídia que, cinicamente, se beneficiam do dinheiro da corrupção quando são "amigos do rei"). O povo sente desde o roubo em tarifas de telefones neutralizada por propaganda maciça na mídia, exigência de propinas para serviços que tem que ser gratuítos, tarifas bancárias e juros abusivos, acesso à saúde, educação, segurança, etc, etc. E sentem no dia a dia quando a diminuição da corrupção impactam suas vidas. Quando o cidadão vai num feirão da Caixa e sai com o contrato assinado do "Minha Casa, Minha Vida" sem ter que pagar ninguém para facilitar, nem beijar a mão de nenhum político, ele sabe que ali a corrupção acabou. Mesma coisa quando ele marca pelo telefone sua aposentadoria no INSS e é atendido em meia hora, sem intermediários. Quando os jovens fazem o ENEM e escolhem a Universidade Pública pela internet no SISU, sabem que ali não tem maracutaia, que todos os cidadãos são tratados com igualdade e tem as mesmas chances.

A classe média esclarecida também sabe que os partidos de oposição são os campeões de fichas sujas. São os que contam com impunidade. Só a partir do governo Lula as coisas deixaram de ser engavetadas. Lula e Dilma escancaram os dados do governo para transparência na internet, porque não tem o que esconder. A Lei de Acesso à Informação e o governo aberto abriu as portas para uma verdadeira revolução no controle social dos governos pela sociedade.

Hoje, a velha mídia demotucana tripudia. Mas o povo tem suas compensações, e tem senso de justiça muito mais apurado do que homens de capa preta que vivem dentro da redoma de vidro dos Palácios de Brasília, escutando a voz de jornalistas serviçais aos barões da mídia, como se fosse a voz das ruas. Não é.

No momento, nós lulistas, estamos vivendo aquele momento de apanhar dos "vilões" do filme "Duro de Matar". Mas todo mundo que é consciente sabe que o filme terá final feliz e continuação.Os Amigos do Presidente Lula

Última semana justificar ausência no 1º turno das eleições


Termina na próxima quinta-feira (6) o prazo para que os eleitores que não votaram no primeiro turno das Eleições 2012 justificarem ausência às urnas. Já os eleitores que faltaram ao segundo turno poderão justificar até o dia 27 de dezembro. A justificativa deve ser apresentada em qualquer cartório eleitoral do país. Para tanto, o eleitor deve preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral, que é obtido, gratuitamente, nos cartórios eleitorais.
O documento também pode ser baixado em formato PDF no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Além do requerimento devidamente preenchido, o eleitor também terá de apresentar um documento com foto, que pode ser a carteira de identidade ou documento de valor legal equivalente (identidades funcionais), como certificado de reservista, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação.

Assaltante é preso após capotar um carro que tinha roubado

Um homem foi preso após capotar um carro que havia acabado de roubar em Caruaru.
Segundo a polícia, André Felipe, 23 anos, assaltou duas jovens que passavam na avenida Agamenon Magalhães com um veículo, quando estavam paradas em semáforo. André Felipe teria levado o veiculo, e passou na casa da namorada de um amigo de 17 anos e convidou os dois para saírem. As informações e a foto são do NE10.

Quando passavam pelo bairro Universitário, foram vistos por policiais que tentaram abordá-los. Houve perseguição, e o acusado perdeu o controle da direção em uma curva na avenida Dom Bosco e o veículo capotou. Os ocupantes do carro foram detidos e encaminhados a Delegacia Regional. André Felipe, foi autuado em flagrante e encaminhado à Penitenciária Juiz Plácido de Souza.


TJPE suspende prazos processuais por problemas na rede elétrica


Por conta de problemas técnicos na rede elétrica que atende os sistemas informatizados do Judiciário estadual, os prazos processuais do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) foram suspensos a partir desta segunda-feira (3) até a quarta-feira (5). A portaria nº 68, que trata do assunto, foi assinada pelo presidente em exercício, desembargador Fernando Ferreira.

Os problemas causaram a indisponibilidade dos sistemas informatizados do TJPE, incluindo o próprio site do Judiciário estadual, para a população e usuários internos. Devido ao tempo mínimo para restauração da distribuição da eletricidade, com reposição de peças nos equipamentos geradores, os prazos e a prática de atos processuais foram comprometidos.

Desgaste de Lula é motivo de preocupação no Planalto

Apesar da tentativa do ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, de demonstrar tranquilidade em relação ao ex-presidente Lula (PT) – ao negar que a Operação Porto Seguro traga complicações para o cacique petista – a avaliação feita no Palácio do Planalto é diferente.

Segundo Gerson Camarotti, já há uma preocupação com o desgaste da imagem de Lula por causa das muitas citações ao ex-presidente feitas em mensagens por Rosemary Noronha, ex-chefe do escritório da Presidência em São Paulo.

Para interlocutores da presidente Dilma (PT), Lula deveria “mergulhar” por um tempo e só reaparecer quando toda a investigação da Polícia Federal tiver sido divulgada. “Seria um risco Lula falar neste momento, sem saber o que ainda pode aparecer”, ressaltou um ministro petista, apreensivo com o cenário político.
magno martins

Eduardo diz que Brasil precisa de mais investimento


“O Brasil precisa fazer uma grande aposta no investimento, tanto público quanto privado. É este o caminho para que possamos ter em 2013 um ano melhor do que este que estamos atravessando, marcado pelo baixo crescimento do PIB”. A defesa foi feita pelo governador Eduardo Campos, nesta segunda-feira (03), ao participar, em São Paulo, do seminário Novos Ventos da Política Brasileira, promovido pelo jornal Valor Econômico.
No evento, Eduardo voltou a indicar o fortalecimento dos entes da federação poderá ajudar a presidente Dilma a “ganhar o ano de 2013″.
“É preciso que as forças políticas brasileiras (independentemente de filiação partidária), o empresariado e os governantes de todas as esferas se engajem em um debate sobre o que é preciso fazer para ajudar a presidenta Dilma a ganhar o ano de 2013. A meu ver, o caminho é o do fortalecimento da capacidade de investimento de estados e municípios”, disse Eduardo Campos.
O governador pernambucano foi o terceiro expositor no seminário, que teve ainda falas do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad. Cerca de 70 presidentes e diretores de grandes empresas formavam a plateia.

Falando de Meio Ambiente: Educação Ambiental



Marcelo De Oliveira NetoBom dia a todos!

Nos dias atuais temas relacionados ao Meio Ambiente estão cada vez mais presentes, independente da classe social da população ou tamanho das cidades. Em meio a crises econômicas dinheiro jogado fora na forma de resíduos recicláveis, onde não há coleta seletiva os resíduos sólidos são destinados diretamente ao aterros sanitários ou em muito casos, como em Jataúba são jogados diretamente ainda em lixões, esses resíduos poderiam incrementar a renda familiar principalmente das famílias mais carentes.

Não adianta o Poder Público criar políticas, dar aporte financeiro, incentivos, ter ações fiscalizadoras se a sociedade não muda seus padrões culturais, vindo ao encontro dessas mudanças a Educação Ambiental tem a função de mudar esta cultura, devendo esta ser de forma continua afim de haver uma maior sensibilização da população nos diversos aspectos da preservação ambiental.

O Desenvolvimento Sustentável deve estar presente nas diversas esferas da sociedade, todos devem desenvolver uma Agenda 21 local, com objetivos e metas a serem alcançados através de ações coordenadas por pessoal capacitado.

Programas de Educação Ambiental vem sendo desenvolvidos levando a conscientização da necessidade da preservação ambiental, da transformação da sociedade em relação ao consumo sustentável e sempre procurando  despertar uma consciência ecológica.  Algumas ferramentas usadas para se conseguir estes intuitos são palestras, videos, gincanas, atividades práticas etc.

O mais importante na Educação Ambiental e sempre termos na cabeça que temos a obrigação de passar a diante tudo que aprendemos, de vivenciarmos em nossas casas esse despertar ecológico, pois a educação ambiental começa dentro de nossas casas, nunca poderemos cobrar o que não praticamos e nem devemos deixar de praticar porque meu vizinho não faz, nossa função diante da sociedade quando despertamos nossa consciência ecológica é demonstrar a sua importância a todos.

Abraços a todos


Postado por o colunista Marcelo De Oliveira Neto

Presidente apressa Ficha Limpa para servidores


AE – O governo federal deve editar nos próximos dias o decreto que estabelece a “ficha limpa” na administração pública. O texto está sendo elaborado desde o início do ano, mas o Palácio do Planalto cobrou agilidade depois do escândalo de corrupção envolvendo servidores públicos federais infiltrados numa organização criminosa que vendia pareceres técnicos, investigados na Operação Porto Seguro. O texto final, após longas discussões entre os órgãos envolvidos, está na Casa Civil para subsidiar a decisão da presidente Dilma Rousseff.
O decreto vai regulamentar as hipóteses de impedimento para posse e exercício de cargos públicos. As regras deverão ser aplicadas para funções comissionadas e membros de conselho ou órgão colegiado. Hoje são mais de 22 mil cargos disponíveis para livre nomeação dos gestores. Como o jornal O Estado de S. Paulo mostrou neste domingo (2), Dilma também quer blindar as agências reguladoras de interferências políticas e evitar que fiquem à mercê de interesses particulares. A presidente quer profissionalizar autarquias e filtrar a escolha dos diretores.
A nova legislação deve seguir os moldes de outras adotadas em âmbito estadual, após o julgamento da Lei da Ficha Limpa no Supremo Tribunal Federal. Não poderão assumir cargos públicos pessoas que foram privadas de direitos políticos, que perderam mandato, que foram condenadas pela Justiça Eleitoral por abuso de poder econômico ou político em decisão transitada em julgada, além de condenados por crimes contra o sistema financeiro, tráfico de drogas, contra a vida e dignidade sexual, entre outros.

Homem viola túmulo e retira caixão de cemitério de Belém do São Francisco

(Imagem ilustrativa)

Populares chamaram a polícia nesta quinta-feira (29) ao perceberem que havia um homem com um caixão no Cemitério de Belém do São Francisco. No local os policiais militares da 1ª CIPM encontraram Sinézio Rodrigues da Silva, 43 anos, com uma urna funerária para fins desconhecidos.
De acordo com a polícia, o homem residente na Vila do Inocop tinha violado uma sepultura, tirado o caixão e levado para o meio da rua. O infrator foi detido pelo efetivo policial e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil local, onde teve que explicar o estranho delito que acabara de cometer

Armando diz que reforma tributária deve começar


O senador Armando Monteiro ressaltou hoje a relevância de se modernizar o arcabouço tributário do País, priorizando a reforma do ICMS. A questão foi levantada no debate sobre as “Reformas Inadiáveis”, tema do seminário promovido pela Câmara Americana de Comércio (AMCHAM) de São Paulo – a maior dentre as 104 existentes nos demais países – e que tratou dos entraves à competitividade da economia. A discussão foi coordenada pelo economista Delfim Netto, com a presença dos professores Fernando Resende e Jacques Marcovitch, além de lideranças do Senado e Câmara Federal.

“A reforma tributária tem que começar. Não é mais possível conviver com esse ambiente caótico. Temos que dar um mínimo de harmonização ao ICMS”, disse o senador. O bom trânsito político para a proposta de uniformização do imposto numa alíquota de 4% para as operações interestaduais, como defendida por Resende no encontro, deverá, segundo o senador, respeitar algumas condições.

Primeiro, será necessário compensar os Estados com mecanismo que permita a recomposição automática e imediata das receitas perdidas; segundo, deverá haver um processo mais lento – no mínimo de oito anos – de transição para os Estados do Nordeste, reconhecidamente os maiores perdedores com a conversão à nova alíquota; e o governo deve calibrar todos os instrumentos à disposição, inclusive criando novos fundos para apoiar o desenvolvimento regional, destacadamente em áreas de política industrial e inovação, tecnologia e educação.

O senador Armando Monteiro frisou igualmente a necessidade de o governo avançar de forma integrada na agenda federativa, como a definição de novas regras de rateio do Fundo de Participação dos Estados (FPE), divisão dos royalties do petróleo e um novo indexador para as dívidas dos Estados. “Esses são pontos sensíveis e que exigem cuidado no trato”, disse ele.

A questão da reestruturação do ICMS também foi pauta do encontro na última terça-feira, em Brasília, com o ministro da Fazenda, Guido Mantega. A iniciativa do governo buscou colher sugestões para a construção de uma proposta a ser encaminhada ao Congresso e que será alvo de audiência pública prevista para o próximo dia 04 de dezembro na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado

Cruzeiros mais baratos atraem turistas do interior de Pernambuco



Em Pernambuco, cruzeiros com preços mais atraentes estão atraindo um público que nunca viajou de navio. Os preços são a partir de R$ 1.300,00, parcelados em 10 vezes. Às 10 horas desta segunda-feira, dia 3,1.185 turistas começam a embarcar no Porto do Recife no transatlântico Sovereign, da companhia Pullmantur, vindo de Málaga (Espanha) e com destino a Salvador, Rio de Janeiro e Santos. Muitos passageiros são de Caruaru e outras cidades do interior de Pernambuco, além do Recife e outras capitais do Nordeste. Já no último dia 23 de novembro, outros 1.083 turista embarcaram na capital pernambucana no navio  Empress, também da Pullmantur, para Santos, passando por Salvador e Rio de Janeiro.
         Segundo Manoel Ferreira, diretor da Agemar Transportes, empresa responsável pela logística de translado e embarque dos passageiros no Porto do Recife, esse público poderá aumentar ainda mais se as companhias marítimas passarem a oferecer no Nordeste mini-cruzeiros de três dias, como acontece em São Paulo e Rio de Janeiro. Essa alternativas são
procuradas por consumidores que querem economizar ou dispõem de pouco tempo para viajar. Além disso, são ainda uma forma de conhecer o serviço para, depois, investir em uma viagem mais longa.
         Segundo a Abremar (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), entre as inúmeras vantagens de fazer um cruzeiro, está o conforto dos navios, que oferecem estrutura de lazer de alto nível e ambiente requintado.
            A segurança é um diferencial para os turistas, principalmente os que viajam em família, pois o ambiente do navio é como uma ilha de navegação cercada de segurança por todos os lados, o que fornece menor risco, mais conforto e qualidade de infraestrutura e serviços.

Definido: Junior Gomes será o candidato à presidência da Câmara


O prefeito eleito Edson Vieira (PSDB), reuniu na tarde deste domingo (02), sua bancada com os dez vereadores eleitos e o vice Dimas Dantas (PP), para confirmar o nome do vereador Junior Gomes (PSB) como o candidato do grupo à presidência para o próximo biênio da Casa José Vieira de Araújo.

Na ocasião, também ficou definida a composição dos demais integrantes da mesa diretora, onde a 1ª Secretaria da chapa ficou com vereador Professor Afrânio (PDT), na 2ª Secretaria Vânio Vieira (PSDB). Dentro da articulação política, o vereador Zezim Buxin (PSDB) será o líder da bancada.

Ainda não foi definida a liderança do governo que será anunciada no dia 14 deste mês, numa coletiva onde também vai ser apresentado o secretariado da gestão Edson Vieira. A divulgação provavelmente será realizada na Câmara Municipal.

Para o vereador Junior Gomes, a escolha reflete um reconhecimento do seu trabalho no legislativo municipal. “O grupo está unido e coeso, nosso nome foi colocado à disposição e foi aceito por todos. Sempre buscamos exercer nossa função com responsabilidade e muita dedicação. Em 2013 estamos prontos para dar continuidade a esse trabalho”, disse Gomes.

Segundo o prefeito eleito, a próxima legislatura vai ser parceira do governo municipal, principalmente neste momento de dificuldades que a gestão municipal enfrenta. Com relação a escolha de Junior Gomes, Vieira ressalta a importância da união do grupo nesta hora de definição.

“O nome foi colocado para apreciação e o nosso grupo aceitou de forma unânime. Junior já demonstrou sua competência no seu primeiro mandato, além disso, precisamos de um presidente que esteja em sintonia com o novo momento que a cidade vivencia”, relatou Edson Vieira. 
postado por marcondes moreno

Moda center super lotado neste domingo.

 
 

Ontem o moda center de santa cruz teve um dia de bastante movimentado na cidade transito parado estacionamento esgotado dentro do parque de feira onde os veiculos tomavam a parte de fora nas vias laterais da PE 160 para os confeccionista foi um domingo de muito negocio para ser a primeira feira do mês de dezembro onde muito anteciparam as compras de natal

fotos do mural de leno.

Estudantes do Estado já podem fazer a matrícula por telefone


Os estudantes que ainda não fizeram a matrícula 2013 para as escolas estaduais podem fazer por telefone. A ligação gratuita deve ser feita até o dia 21 de dezembro, para o número 0800.286.0086. O serviço funciona das 7h às 21h, de sábado a sábado. Ao ligar os candidatos devem informar o nome completo, data de nascimento, escola de origem e de destino, série, turno, CPF do responsável ou do próprio estudante (se for maior de 18 anos), além de endereço e telefone para contato. Cerca de 127 mil vagas serão disponibilizadas para o ano letivo de 2013, que tem início no dia 3 de fevereiro.
Destas, 56 mil são para escolas da Região Metropolitana do Recife e 71 mil para instituições do interior de Pernambuco. O Ensino Fundamental oferece quase 42 mil vagas, sendo 3 mil para os anos iniciais (1° ao 5°) e 38 mil para os finais (6° ao 9°). Para o Ensino Médio serão ofertadas 51 mil vagas, sendo 41 mil para as escolas regulares e as demais para as escolas de referência, nos regimes integral e semi-integral. Por fim, a Educação de Jovens e Adultos (EJA) contará com 33 mil vagas, sendo 22 mil para o fundamental e 11 mil para o médio.

Elemento toma carro de assalto foge do cerco policial, bate e acaba preso em caruaru


Os Policiais Militares Santos Silva e Moreira da Patrulha do bairro Maurício de Nassau, prenderam na tarde deste domingo (02), André Felipe da Silva, de 23 anos, que mora na rua Dr. Carlos Augusto, no bairro Maurício de Nassau.

Na tarde deste domingo, o imputado assaltou duas jovens que passavam na Avenida Agamenom Magalhães com um veículo Ágile Chevrolet, prata, placa NQA-8126 de Campina Grande- PB, quando as mesmas pararam em um semáforo no final da avenida, foram abordadas per ele que após o assalto tomando o veículo citado, passou  na casa da namorada e de um amigo de 17 anos e convidou ambos para beber no sítio Vitorino em Riacho das Almas, só que quando passava pelas imediações da Faculdade de Direito, foi visualizado pelos PM´s que tentaram abordá-los, houve perseguição, tendo o suspeito pego a contramão pela Avenida Dom Bosco e colidido em um carro que cruzava a Avenida.            

Com as colisão os ocupantes do carro foram detidos e encaminhados a Delegacia Regional, tendo apenas o André sido autuado em flagrante e encaminhado ao presídio de Caruaru.

Dilma quer 'ficha limpa já' para servidores públicos


 O governo federal deve editar nos próximos dias o decreto que estabelece a "ficha limpa" na administração pública. O texto está sendo elaborado desde o início do ano, mas o Palácio do Planalto cobrou agilidade depois do escândalo de corrupção envolvendo servidores públicos federais infiltrados numa organização criminosa que vendia pareceres técnicos, investigados na Operação Porto Seguro. O texto final, após longas discussões entre os órgãos envolvidos, está na Casa Civil para subsidiar a decisão da presidente Dilma Rousseff.
O decreto vai regulamentar as hipóteses de impedimento para posse e exercício de cargos públicos. As regras deverão ser aplicadas para funções comissionadas e membros de conselho ou órgão colegiado. Hoje são mais de 22 mil cargos disponíveis para livre nomeação dos gestores.
Dilma também quer blindar as agências reguladoras de interferências políticas e evitar que fiquem à mercê de interesses particulares. A presidente quer profissionalizar autarquias e filtrar a escolha dos diretores.(Informações de O Estado de S.Paulo)

Coluna da segunda-feira

       Falta um Moisés ao PT
A adesão do PT ao Governo Geraldo Júlio tem um simbolismo. Aliás, dois: o do adesismo e o do seu fim em Pernambuco. Partidos nascem para perseguir o poder. Oposição é consequência de perspectiva futura de poder.
No Recife, o PT já foi poder por 12 anos, mas desde a chegada do PSB ao Palácio do Campo das Princesas, quando virou sublegenda socialista, o caminho da sua autofagia estava escrito nas estrelas.
Eduardo Campos, o aprendiz do maquiavelismo arraesista, cantou a pedra: pelos seus poderes mágicos, o PT teria um fim precoce. De uma cajadada só, ao eleger o fiel escudeiro Júlio, Eduardo matou os dois coelhos petistas orelhudos: Humberto Costa e João Paulo.
Que cometeram o suicídio político de se juntarem numa só chapa no enfrentamento ao candidato do governador. Morreram juntos numa burrice política inacreditável. Resultado: o PT assistiu ao seu fim melancólico no Estado.
Não tem mais nenhuma liderança de peso que possa vislumbrar um futuro que passe por 2014. Por isso, os diretorianos petistas preferiram se entregar ao canto da sereia socialista, aderindo a Geraldo, porque daqui para frente seu destino é se confundir com o PSB, rezar pela cartilha do poderoso governador.
O PT em Pernambuco, portanto, está no mato sem cachorro. Não tem mais nenhuma liderança em ascensão, um Moisés, capaz de fazer a travessia do deserto e salvar seus liderados.
Triste sina para um partido que em nível nacional detém o poder há 12 anos, com amplas chances de ser manter por mais quatro anos.
ISOLADOS – O senador Humberto Costa já sabia de antemão que a sua proposta de levar o PT a fazer oposição a Geraldo, tendo uma postura de independência, não soava bem aos ouvidos das lideranças petistas na capital. Por isso, não foi fazer a sua própria defesa na reunião do diretório municipal, sábado passando, passando à missão a um assessor. Sabia que seria desmoralizado. Humberto é uma liderança isolada no PT, assim como o ex-prefeito João Paulo.
Na jugular - De próprio punho, o ex-deputado Osvaldo Coelho (DEM) fez uma contundente carta ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, mostrando que sem irrigação não há solução para o semiárido nordestino escapar das secas periódicas. E bateu duro em Lula e Dilma, que, segundo ele, não ampliaram em só hectare a área irrigada entre os municípios de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), na beira do rio São Francisco.


Enfrentando a seca - O governador Eduardo Campos presidirá, na próxima quinta-feira, a reunião do Comitê da Seca, formado por 16 secretarias e instituições representativas da sociedade civil, em Salgueiro ou Araripina. Um dia antes, na quarta, estará em São Bento do Una, para autorizar o aumento do preço do leite comprado pelo Estado aos pecuaristas e anunciar o aumento do repasse de palha de cana para o gado.
Namorada poderosa - Conforme antecipamos, as revistas Época e Veja dissecaram a figura de Rose, a toda poderosa do novo escândalo envolvendo o Governo Dilma e o PT. A Época foi mais contundente, informando que ela se apresentava como a namorada de Lula, daí a razão do seu poderio. Sua quadrilha falsificava pareceres e nomeava diretores de agências reguladoras.
Sem CPI - O caso Rose vai se limitar ao que a Polícia Federal apurou na Operação Porto Seguro, porque o Congresso perdeu a sua capacidade de investigação com as Comissões Parlamentares de Inquérito – CPIS – que não levam a lugar nenhum. Nunca se viu na história do País um parlamento tão subserviente e inoperante.

CURTAS
REELEIÇÃO– O presidente da Assembleia, Guilherme Uchoa (PDT), e o primeiro-secretário João Fernando Coutinho (PSB) serão reeleitos, hoje, para mais um mandato de dois anos. Os demais cargos na mesa são periféricos e por isso mesmo não despertam a atenção da mídia hoje.
EM CARUARU– O programa Frente a Frente, ancorado por este blogueiro e com a participação do radialista Adriano Roberto, volta, hoje, a ter um canal em Caruaru. Trata-se da emissora Caruaru FM, de Carlos Augusto e Luiz Carlos Lé. A estreia será ao vivo diretamente do restaurante Petisqueira, onde será servido um coquetel aos convidados.
PERGUNTAR NÃO OFENDE – Lula vai se dobrar as pressões de aliados para falar do caso Rosemary Norinha?
'Para o tolo, o cometer desordem é divertimento; mas para o homem entendido é o ter sabedoria'. (Provérbios 10:23)