segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

STF definirá sobre perda de mandato somente na quarta


Da Agência Estado

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou na tarde desta segunda-feira (10) pela perda de mandato dos deputados federais condenados no processo do mensalão tão logo se esgotem todos os recursos. Pela manifestação de Marco Aurélio, a mesma do relator do processo e presidente da Corte, Joaquim Barbosa, cabe à Câmara apenas homologar a decisão do Supremo. Também acompanharam o relator Luiz Fux e Gilmar Mendes.

Com o voto de Marco Aurélio, o placar da votação sobre o tema está em quatro votos para cada tese. Outros três ministros, até o momento, acompanharam o voto do revisor da ação, Ricardo Lewandowski. Para ele, após a comunicação sobre a decisão do Supremo, a última palavra cabe à Câmara, que abrirá um processo disciplinar contra o congressista.

O julgamento foi interrompido logo após o voto de Marco Aurélio Mello e será retomado na quarta-feira (12) com o voto de desempate do ministro Celso de Mello, o mais antigo na Corte. Em vários momentos dessa discussão, ele já sinalizou que acompanhará a proposta de Joaquim Barbosa. Celso de Mello disse que foi o próprio relator quem lhe pediu para deixar para votar somente na quarta.

Para Marco Aurélio, a Câmara tem apenas de declarar a perda de mandato do parlamentar. Segundo o ministro, o direito à ampla defesa já foi assegurado ao parlamentar durante a instrução do processo do mensalão. "O primado do Judiciário afasta por completo a possibilidade de uma decisão ficar submetida a uma condição resolutiva que encerra uma definição em si política", afirmou.

O ministro considerou que seria uma "situação jurídica de absoluta incongruência" o Supremo condenar deputados por crimes contra a administração pública e não determinar a perda dos mandatos deles na Casa Legislativa. "A perda do mandato dos deputados (...) não passa, é impensável, pela submissão de uma deliberação da Câmara dos Deputados", disse.

Veja chama Niemeyer de "metade idiota" e gera polêmica

Do blog de Roberto AlmeidaGaranhuns
A maioria dos jornais, emissoras de rádio e TV, sites e revistas fez justiça ao arquiteto Oscar Niemeyer,  que morreu na semana passada. A mídia americana e da Europa o destacou como um gênio.
A Veja, por questões ideológicas, uma vez que Niemeyer morreu acreditando no comunismo, resolveu atacar. Chamou o arquiteto, através do seu colunista Reinaldo Azevedo, de “metade gênio, metade idiota”. A reação foi imediata e o sentimento é de indignação.
O mais duro artigo contra a revista foi escrito por Leonardo Boof, escritor e católico respeitado, conhecido por suas posições à esquerda, que o levaram a se afastar da Igreja.
Segundo Leonardo Boff, a revista tenta desqualificar as figuras que melhor mostram nossa cultura e que mais penetram na alma do povo brasileiro. “Essa revista parece se envergonhar do Brasil, porque gostaria que o país fosse aquilo que não é e não quer ser: um xerox distorcido da cultura norte-americana. Ela dá a impressão de não amar os brasileiros, ao contrário expõe ao ridículo o que eles são e o que criam”, desabafou o escritor.
O pensador católico admite que o posicionamento da Veja não causa surpresa, pois a publicação já atacou da mesma forma o professor Paulo Freire, o pintor Cândido Portinari, o cantor Chico Buarque, Tom Jobim, João Gilberto, Frei Beto, Dom Hélder Câmara, João Pedro Stédile e o ex-presidente Lula.
“Ela é um monumento à razão cínica. Segue a lógica hegeliana do senhor e do servo; internalizou o senhor que está lá no Norte opulento e o serve como servo submisso, condenado a viver na periferia. Por isso, tanto a revista quanto o articulista (Reinaldo Azevedo) revelam um completo descompromisso com a verdade daqui, da cultura brasileira”, alfineta Boff.
Com relação especificamente a Reinaldo Azevedo, que atacou Niemeyer no caixão, o ex-frei o compara a um besouro conhecido popularmente como “rola bosta”.

“A figura que me ocorre deste articulista e da revista semanal, em versão online, é a do escaravelho, popularmente chamado de rola-bosta. O escaravelho é um besouro que vive dos excrementos de animais herbívoros, fazendo rolinhos deles com os quais, em sua toca, se alimenta. Pois algo semelhante fez o blog de Azevedo na VEJA online: foi buscar excrementos de 60 e 70 anos atrás, deslocou-os de seu contexto e lançou-os contra Oscar Niemeyer. Ela o faz com naturalidade e prazer, pois, é o meio no qual vive e se realimenta continuamente”, detonou.
O artista plástico brasileiro Antônio Veronse, que vive atualmente em Paris, escreveu um artigo aplaudindo Leonardo Boff e chamando o articulista da Veja de mesquinho. Outro que se solidarizou com o escritor foi João Cândido Portinari, filho do genial pintor Cândido Portinari.
Seu pai já foi atacado mais de uma vez na publicação do Grupo Abril, por conta de sua simpatia pelas causas sociais. No Facebook os internautas fizeram uma montagem com frases de revistas e jornais da Espanha, Inglaterra, França e Alemanha elogiando o arquiteto brasileiro.
A Veja traz a frase de Reinaldo Azevedo chamando Niemeyer de “metade gênio, metade idiota”. “Revista Veja. Se comprar não abra. Se abrir, não leia. Se ler, não acredite. Se acreditar, relinche”, prega a publicação no face, assinada por Putz Grila.

postado por magno martins

Edson vieira diz venci o mau.

Para Edson vieira ele venceu o mau será que 20 mil eleitores de santa cruz é o mau desta cidade será que esta declaração de prefeito eleito de santa cruz foi bem colocada ta ai questão pra quem votou nele e que votou contra ele.

Imagem da semana: O Sonho de um menino


EDSON VIEIRA É DIPLOMADO PREFEITO DE SANTA CRUZ


A imagem da semana foi fotografada pelo blogueiro Ney Lima, do Blog de Ney Lima, no momento em que o prefeito eleito de Santa Cruz, Edson Vieira emocionado se prepara para receber seu diploma de prefeito, realizando o sonho de menino, que ele tinha de governar sua cidade natal.

Vigilância Sanitária?


colunista do blog 

Marcelo De Oliveira Neto


Entende-se por Vigilância Sanitária um conjunto de ações  capazes de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e da circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde, abrangendo:
1 - o controle de bens de consumo que, direta ou indiretamente, se relacionem com a saúde, compreendidas todas as etapas de processo, da produção ao consumo;
2 - o controle da prestação de serviços que se relacionam direta ou indiretamente com a saúde
Fonte: Cartilha da Vigilância Sanitária - Anvisa - 2002

Na boa acho que não existe Vigilância Sanitária em Jataúba, se existe não atua, andando pelas ruas da cidade principalmente as sextas-feiras se percebe que em muitos casos higiene não é o forte de muitos comerciantes e não tem ninguém para fiscalizar isso deixando de lado os bares vou me atentar a dois exemplos até mesmo por se tratar de produtos que a população em geral consome.

Em frente a Câmara de Vereadores tem um feirante que vende iogurte, alimento perecível que deve ser armazenado em condições especificas afim de manter a qualidade do produto, mas não é isso que ocorre, os produtos são armazenados em isopores cedo até que estão resfriados, não sei se a uma temperatura adequada, mas no decorrer do dia esses produtos são vendidos praticamente a temperatura ambiente, já saem de la mal refrigerados, ai quem compra muitas vezes são pessoas dos sítios, agora imaginem que horas eles verão uma refrigeração novamente, mas o pior de tudo é que geralmente quem consome esses produtos são crianças.

Outro produto que é vendido na feira são os peixes, ai sim esta um absurdo, uma falta total de higiene total. eu quando quero comer peixe os compro tipo umas 6 hs da manha, depois disso não tenho coragem, começo a pensar no calor, naquelas bancas nojentas, em um monte de fatores que me impedem de comprar peixe em uma hora mais avançada. Novamente não entendo aquela situação no meio da rua e o açougue com box sendo ocupado por bares e alguns comércios, será que sou só eu a achar isso estranho.

Fora a nojeira que fica na rua no final da feira, aquela sujeira não é limpa, não se lava, o calçamento não escoa a  água direito, os moradores da vizinhança devem passar apertado com o mau cheiro que fica, muitas vezes passei por aquele local e chega a dar ânsia é muito nojento aquilo.

Ai fica a pergunta será que não existe ninguém na prefeitura para fazer este tipo de fiscalização? Cadê a Vigilância Sanitária na cidade? Esses foram dois exemplos mas existem vários na cara de todos, e não precisa ser nenhum especialista para vê-los, por muitas vezes sou chato em minhas críticas mas elas sempre visam o bem da população, também sei que cada um tem que ganhar seu sustento, agora do jeito que se faz as coisas nessa cidade parece que só  serão tomadas algumas ações quando alguém se entoxicar seriamente consumindo esses alimentos.

Esses tipos de omissões por parte do Poder Público que me deixam puto, talvés vocês até achem normal tudo isso, mas não é, alguém tem que começar a cobrar essas coisas, não adianta achar que esta fazendo um ótimo trabalho por ter ficado entre as 100 melhores Secretarias de Saúde do Brasil, saúde começa fora dos hospitais, como por exemplo tendo uma Vigilância Sanitária que cobre os procedimentos adequados seja dos comerciantes ou seja da Prefeitura pra dar condições a estes comerciantes trabalharem, ter derivados do leite e  peixes expostos ao tempo durante o dia todo é algo absurdo.

Abraços a todos.



Milagre: Criança de 6 anos é encontrada viva depois de dois dias desaparecida

A família de Cauã da Silva comemora neste domingo o aniversário de cinco anos do garoto e tem motivos de sobra para festejar. Depois de passar mais de 12 horas perdido numa região de mata fechada, cercada por canaviais, no interior de Teotônio Vilela, em Alagoas, o menino foi resgatado sã e salvo na manhã deste domingo por policiais. Cauã havia se perdido de um parente seu, enquanto pescava no último sábado, num açude da região. A criança passou a noite sozinha, no escuro, numa área onde é comum aparecer capivaras, rapousas, cobras e até jacarés. Apesar de desidratado e com o corpo picado por insetos e muito assustado, Cauã resistiu. Assim que foi localizado, o menino foi levado para o Hospital de Teotônio Vilela, de onde já recebeu alta. Em casa, ele recebe a visita de parentes e amigos no fim da tarde deste domingo.
Foto: cadaminuto.com.br

Segundo o agente de polícia, Manoel Lucena, da 79ª Delegacia em Teotônio Vilela, que acompanhou o caso desde o primeiro momento, o menino desapareceu quando estava com um senhor chamado Cícero, que é pescador e parente distante da família. "O homem contou que deixou a criança às margens do rio, enquanto armava uma rede de pesca", disse. O pescador contou à polícia que tudo foi muito rápido. "terminei de armar a rede e quando sai da água e procurei o Cauã ele já não estava mais", relatou. Desesperada, a mãe do menino procurou a polícia. Assim que recebeu a queixa, o agente Manoel Lucena foi ao local e encontrou na mata perto do rio marcas de pegadas de criança, supostamente de Cauã. "As pegadas iam até certo ponto da estrada, mas depois desapareciam. Como já era noite, esperamos amanhecer para retornar as buscas. E hoje pela manhã, conseguimos encontrar o menino", contou.

Coluna do futebol


AE – Como de costume, Lionel Messi preferiu ser discreto e exaltar o Barcelona a se vangloriar por mais um feito de sua impressionante carreira. Após marcar dois gols na vitória por 2 a 1 sobre o Betis, no último domingo, em Sevilha, pelo Campeonato Espanhol, o atacante argentino se tornou o maior artilheiro da história de um só ano em jogos oficiais no futebol mundial. Ele chegou a incríveis 86 bolas na rede e superou a marca de 85 gols marcados pelo alemão Gerd Müller em 1972.
“O recorde é bonito pelo que significa, mas o mais importante é que a equipe ganhe e siga mantendo a distância aos seus perseguidores”, afirmou o astro do Barça, se referindo ao fato de que o time tem seis pontos de vantagem sobre o vice-líder do Campeonato Espanhol, Atlético de Madrid, e está 11 na frente do arquirrival Real Madrid, o terceiro colocado.
Messi entrou em campo neste domingo após ter superado uma lesão no joelho, sofrida na última quarta-feira, diante do Benfica, pela Liga dos Campeões, quando o argentino chegou a temer por um problema mais grave. Porém, ele se recuperou rápido, bateu o recorde histórico que durava 40 anos e agora já vislumbra a possibilidade de tornar o seu feito ainda mais expressivo nos três últimos jogos do Barcelona em 2012. A equipe ainda jogará neste ano contra o Córdoba, pela Copa do Rei, e diante de Atlético de Madrid e Valladolid, pelo Espanhol.
“Tentarei ampliar o recorde para torná-lo mais difícil de batê-lo para quem vier atrás”, disse o argentino, em tom bem-humorado, para não parecer esnobe em relação a outros artilheiros que poderão almejar um dia bater esse recorde de gols em um só ano no futebol mundial. E Messi já está cansado de provar que seu discurso humilde não é falsa modéstia, mas sim o de um jogador que atua para o time, ajudando na marcação e sem o estrelismo que poderia ostentar na condição de maior craque da atualidade.
“Quando você começa o ano o objetivo é ganhar tudo com a equipe, os prêmios pessoais são secundários”, disse o astro após a vitória sobre o Betis. E, ao ser questionado sobre o fato de que concorrerá mais uma vez ao prêmio de melhor jogador do mundo eleito pela Fifa, destacou que Iniesta, seu companheiro de time e finalista da premiação da entidade, mereceria receber essa honraria – o meio-campista está na briga pelo prêmio também com Cristiano Ronaldo, do Real Madrid.
“Se Iniesta ganhar será totalmente merecido e me alegraria muito. É um título para o vestiário (do Barcelona)”, enfatizou, ao falar sobre foi eleito o melhor jogador da Eurocopa de 2012, conquistada pela Espanha.

Sport muda pouco na defesa


O desempenho da defesa rubro-negra em 2012 deixou a desejar, tanto que foi a quarta mais vazada do Campeonato Brasileiro, sofrendo 56 gols, dando uma enorme contribuição para que o time fosse rebaixado para a Série B. Apesar do baixo rendimento, o Sport parece ter gostado do desempenho dos defensores e permanecerá com a base do setor para a próxima temporada. Oficialmente, apenas Edcarlos e Willian Rocha foram liberados. Prestes a encerrar contrato, o polivalente Tobi renovou o contrato por mais 12 meses e vai para a sua quarta temporada na Ilha do Retiro.
Nenhum zagueiro do Leão conseguiu se firmar como titular neste ano. Willian Rocha, Aílson, Edcarlos, Diego Ivo e Bruno Aguiar se revezaram no setor, com atuações que preocupavam não só a torcida, mas também a comissão técnica. Em determinado momento do Campeonato Brasileiro, Tobi, que é volante, foi recuado para a defesa para tentar solucionar os problemas do sistema defensivo, mas não teve êxito. Dos defensores, apenas Bruno Aguiar, que terminou o ano como reserva, tinha contrato para 2013, mas a diretoria rubro-negra, satisfeita com o desempenho de Aílson e Tobi, renovou o vínculo dos jogadores.
A defesa leonina também falhou nas outras competições, não foi a toa que sofreu 88 gols no ano. No Campeonato Pernambucano foram 26, sendo que três deles dentro de casa, os mais dolorosos. A derrota por 3×2 para o Santa Cruz tirou o título do Sport. Na Copa do Brasil, a decepção foi ainda pior. Depois de perder por 2×1 em Belém, o Leão foi humilhado pelo Paysandu, que disputou a Terceira Divisão, ao ser goleado por 4×1 dentro de casa.
Mas não serão apenas os zagueiros que permanecerão. Os goleiros Magrão, Saulo e Matheus são nomes certos na reapresentação marcada para o dia 3 de janeiro. Os quatro laterais também serão os mesmos que terminaram o Brasileirão. Cicinho e Renato são as opções para a direita, enquanto Renê e Reinaldo para a esquerda. Houve poucas mudanças nos volantes. Apenas Milton Júnior e Lenon deixaram a Ilha do Retiro. Os dois não ficavam sequer no banco de reservas.

Santa inicia planejamento para 2013


Como era esperado, após confirmada a reeleição de Antônio Luiz Neto no Santa Cruz, o planejamento para a próxima temporada está agora a todo vapor. Anunciado no sábado, o novo comandante, Marcelo Martelotte, não é um desconhecido da torcida tricolor. O ex-goleiro passou pelo Arruda, em 1993 e 1999, quando conquistou um Campeonato Pernambucano e um acesso à Série A. O treinador chega hoje à capital pernambucana e será apresentado oficialmente às 15h30, quando participa da sua primeira entrevista coletiva como técnico do clube. A exemplo de Zé Teodoro em 2010, Martelotte se junta à atual comissão técnica que levou os dois últimos estaduais.
No momento mais expressivo do currículo, Martelotte foi auxiliar técnico de Dorival Júnior no Santos, há dois anos. No clube praiano, chegou a coordenar a equipe por quase 30 partidas. Primeiro, interinamente; depois foi efetivado. Além disso, também esteve à frente do Taubaté/SP e das divisões de base do Palmeiras. Seu último trabalho foi no Ituano, time do interior de São Paulo. “Ele está dentro do perfil que a gente traçou. É de se destacar o fato de querer crescer junto com o Santa Cruz, além de sempre observar a categoria de base. Martelotte conhece o futebol da região e tem condições de trazer os jogadores que precisamos”, avalia o mandatário Antônio Luiz Neto.
Os desafios no Santa Cruz são superlativos. Participando de divisões nacionais inferiores há seis temporadas, o clube alimenta como principal objetivo o retorno à Série B. “Dada a grandeza da instituição, é claro que o Santa Cruz quer ser protagonista em todas as quatro competições (Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série C) que vai disputar. Mas é fundamental resgatar a força do Santa no cenário brasileiro, por isso o principal passo deve ser voltar à Segunda Divisão”, argumenta Antônio Luiz Neto.
TIAGO CARDOSO
Um dia após confirmar o treinador Marcelo Martelotte, foi a vez do arqueiro e ídolo Tiago Cardoso ter sua permanência assegurada no Arruda pelo diretor de futebol Constantino Júnior. Ainda que o contrato de renovação só deva ser assinado durante esta semana, a confiança anda tão em alta que o Twitter oficial do clube veiculou a notícia. Cardoso se junta a outros seis atletas, entre eles o zagueiro Vágner e o meia Leozinho, que também continuam no Santa Cruz para o próximo ano. Segundo o presidente Antônio Luiz Neto, os padrões financeiros não devem sofrer grandes alterações na próxima temporada. Em 2012, os salários dos profissionais de futebol custaram R$ 517 mil por mês, durante a disputa da Série C. Considerando os demais funcionários administrativos, o valor passa para R$ 672 mil, segundo dados divulgados no site oficial.

Náutico atrás da renovação com Jean Rolt e Martinez


Experiência, tranquilidade e técnica de sobra. Talvez sejam essas as melhores palavras para se definir o futebol praticado pelos alvirrubros Jean Rolt e Martinez. Agora que o Náutico acertou a renovação com o técnico Alexandre Gallo, a direção do Timbu ‘vai à caça’, nesta semana, para segurar os seus melhores jogadores em Rosa e Silva. E o zagueiro e o volante são as prioridades na lista da cúpula vermelha e branca
No final desta tarde, os dirigentes alvirrubros se reunirão com Gallo. Na pauta, além da avaliação do atual elenco, o encontro também tratará das renovações e dispensas dos atletas. Contudo, tanto Jean Rolt quanto Martinez estão na mira da direção, independentemente da avaliação feita pelo treinador. De acordo com o superintendente alvirrubro, Carlos Kila, o clube só estava esperando a renovação com o treinador para concentrar suas atenções no acerto com os principais atletas.
“Só vamos ter alguma definição após a reunião no final da tarde. Não sei ainda se vamos divulgar uma lista de dispensa. Será uma reunião normal de trabalho, em termos de planejamento”, revelou Kila. “Já demos o primeiro passo, que foi a renovação com o Gallo; Agora vamos partir atrás desses atletas que mais se destacaram aqui, como Jean Rolt e Martinez. O restante do elenco a gente vai debater na reunião”, detalhou.
O acerto com Jean Rolt era para ter acontecido na semana passada. O Náutico já havia feito uma proposta para o jogador. Passando as férias em São Paulo, onde mora, o atleta, por meio de seu procurador, havia feito uma contraproposta e a direção alvirrubra tentará um acordo com base no que foi pedido pelo zagueiro.
Segundo Kila, há boas chances de que o defensor permaneça nos Aflitos, pois a renovação seria “uma vontade das duas partes, o que facilitaria o acordo”. Jean Rolt, de 31 anos, chegou aos Aflitos em junho deste ano para a disputa da Série A, vindo do Al-Sailiya, do Catar.  No total, disputou 25 jogos (24 como titular e uma entrando no decorrer da partida) e virou titular absoluto da defesa alvirrubra, mesmo tendo estreado no decorrer da competição.
Se Jean Rolt está próximo de um acerto, a renovação com Martinez dificilmente terá a mesma tranquilidade. Afinal, o volante foi um dos grades destaques da campanha alvirrubra nesta Série A. Envergou a braçadeira de capitão e tornou-se o principal organizador de jogadas em um meio-campo que não contava com um meia de armação. Além disso, despertou o interesse de grandes clubes. Especula-se que o Santos queria contratar o atleta. Com 32 anos, Martinez também chegou aos Aflitos em junho e, ao todo, disputou 26 jogos com a camisa vermelha e branca (todos como titular).



Eduardo Campos promete 4 mil cisternas para combate á seca no interior do Estado


O governador Eduardo Campos lançou, na tarde desta quinta-feira (06), o Programa de Assistência ao Rebanho na cidade de Araripina, Sertão do Araripe, a 684 km da capital. O município foi a última parada de Eduardo na maratona de dois dias pelas regiões que sofrem com a estiagem no Estado. Ao todo, as ações da Operação Seca somam recursos de R$ 146 milhões, sendo R$ 66 milhões do Tesouro Estadual.

Em Araripina, o governador inaugurou o 12° armazém de entrega do Programa Venda Balcão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). “Com esse novo equipamento, estamos aproximando ainda mais a ação do Governo do Estado dos pequenos criadores”, destacou o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Ranilson Ramos.

Já as medidas voltadas para a bacia leiteira visam atender aos pequenos criadores. O programa é dividido em quatro eixos: a aquisição e distribuição de 120 mil toneladas de cana-de-açúcar; a abertura de novos armazéns da Conab; a prorrogação no valor de compra do litro do leite ao pequeno produtor; e a distribuição de palma forrageira, mais resistente à cochonilha.

Na ocasião, Eduardo também assinou a Ordem de Serviço para a contratação e construção de 3,6 mil cisternas em nove municípios do Araripe, num total de R$ 7 milhões em investimentos.

“Toda casa terá uma cisterna até 2014”, garantiu o governador, ao fazer um balanço tanto das ações em execução no Agreste e no Sertão pernambucano, como as que foram pensadas antes mesmo de asseverar a seca no Estado.

Para o governador, é preciso ter um planejamento estratégico para melhorar a convivência com a seca. Como exemplo, citou a inclusão de 102 mil famílias no programa de complementação de renda do Programa Chapéu de Palha Estiagem e os investimentos que fazem com que o dinheiro gire dentro de Pernambuco. “Empregamos R$ 15 milhões na compra da cana-de-açúcar dos cortadores da Zona da Mata. Essa ação mostra a integração no Estado, que não exporta para fora o nosso dinheiro”, sublinhou.

Presidente da Associação dos Fornecedores de Cana, Alexandre Andrade, reconhece o esforço do Governo. “Essa iniciativa de comprar nosso produto ajuda tanto aos fornecedores como aos pecuaristas que estão vendo dizimar seus rebanhos. Vamos fazer a nossa parte, que é fazer a entrega da cana o mais rápido possível”, prometeu.

Mais cedo, Eduardo visitou a Estação Experimental do IPA, onde está instalada a torre de monitoramento de dióxido de carbono (CO2), implantada pelo Estado em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisa (INP). Hoje, existem duas dessas torres em Pernambuco. A segunda fica em Petrolina. Ambas geram dados climáticos que visam mapear possibilidades de culturas adequadas a cada região.

Nesta quarta, Eduardo visitou duas cidades: São Bento do Una e Salgueiro. No município do Agreste, anunciou medidas emergenciais aos pequenos criadores. Além da cana-de-açúcar doada pelo Estado, o milho fornecido via Programa Venda Balcão da Conab poderá ser comprado por R$ 18,12, em vez de R$ 45, preço do mercado.

Em Salgueiro, Eduardo assinou o edital do Programa Água para Todos, que beneficia 69 mil famílias, com a implantação de sistemas de abastecimento de água e a construção de 440 barragens. Também foram assinadas ordens de serviço para a instalação de 100 dessalinizadores e de 1,2 mil poços artesianos, além da perfuração de 750 poços.


Blog do Jamildo - JC Notícias

Com medo comerciante fecha seu estabelecimento.



Segundo informes populares a unica pizzaria que  jataúba tinha a pizzaria KADOSHE fechou as porta por conta de vários assaltos que sofreu vendo que a insegurança em jataúba era tanta resolveu fazer o mais simples fecha as portas.

PT quer usar Ciro Gomes para barrar candidatura de Eduardo em 2014, diz colunista



Foto: Agência Brasil
Por Felipe Patury, colunista da revista Época

Uma banda do governo defende a inclusão do socialista Ciro Gomes na Esplanada. O grupo alega que a operação reforçaria os laços do Planalto com o PSB e criaria um obstáculo para as pretensões presidenciais de Eduardo Campos, governador de Pernambuco e presidente do partido. Consultado, o PMDB, alvo de ataques de Ciro, aprovou a manobra. A barreira, agora, são assessores da presidente Dilma Rousseff. Eles argumentam que Campos será candidato de qualquer jeito e não há o que se possa fazer para impedi-lo.

Vende-se chavete ano 80 fone (81) 9809/3484 fala com madruga.




Prefeitos derrotados punem eleitor em Pernambuco


Além da falta de empenho para incrementar a receita dos seus municípios - há cidades onde a prefeitura não recolhe um centavo sequer de IPTU -, prefeitos não reeleitos ou em final de segundo mandato estão demonstrando total descaso em relação a direitos e deveres que caracterizam a cidadania. A lista é extensa: suspensão de serviços essenciais (como saúde e transporte escolar), demissões irregulares, calote na folha de pagamento dos servidores concursos públicos, nomeações de última hora e desrespeito à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) são exemplos do que vem ocorrendo na Zona da Mata, no Agreste e no Sertão. As informações são do Jornal OGlobo.
Esses prefeitos já se encontram na mira do Ministério Público de Pernambuco e do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que firmaram parceria para evitar que a população sofra tantos prejuízos. "O que se observa é que os prefeitos se voltaram contra a população porque não foram reeleitos ou não conseguiram fazer os sucessores. Por perversidade, suspendem serviços básicos ou essenciais que vinham sendo normalmente prestados até o dia da eleição", afirma o coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Defesa do Patrimônio Público, Maviael de Souza Silva.

Como o PT, PMDB vê em Eduardo ameaça ao partido


 A disputa por espaço político na base de apoio da presidente da República e na consolidação das legendas como indispensáveis para a governabilidade deflagrou uma guerra nos bastidores entre PMDB e PSB. O PMDB quer manter a vice-presidência, mas sabe que o crescimento do PSB do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, é uma ameaça real e imediata a essas pretensões.

Como resultado da desconfiança mútua os dois partidos entraram numa guerra e passaram a disputar palmo a palmo cada espaço dentro ou fora do Governo. Na votação dos royalties do petróleo, por exemplo, seus líderes ficaram em posições opostas. Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), acatou parte do pedido do Governo para que os royalties fossem destinados à educação; Sandra Rosado (PSB-RN), votou contra o projeto, defendido pelo governo.

A disputa entre os dois partidos chegou também à presidência da Câmara. Henrique Alves trabalha para arregimentar o maior número possível de votos a seu favor, para que possa presidir a Casa do ano que vem a 2015. Ele tem o apoio dos principais líderes do PT. Mas o PSB está na disputa. Com autorização velada de Eduardo Campos, lançou a candidatura do deputado Júlio Delgado (MG) contra a do peemedebista.

DERRUBAR COELHO
Em retaliação, o PMDB abriu uma disputa pelo Ministério da Integração Nacional, hoje nas mãos de Fernando Bezerra Coelho, homem de confiança de Eduardo Campos. O partido considera-se sub-representado no governo de Dilma Rousseff. Reclama de que seus ministérios - Agricultura, Assuntos Estratégicos, Minas e Energia, Previdência e Turismo - não estão à altura da força que os peemedebistas têm dado à presidente. O da Integração Nacional cairia bem, insinuam.

Procurando se contrapor ao PMDB - e sabendo do apetite do partido por ministérios -, o PSB estocou o adversário logo que a eleição terminou. Divulgou nota - algo inédito na política - para dizer que está muito satisfeito com as pastas que tem e que não quer nenhuma outra. Além da Integração
, o partido comanda a Secretaria Nacional dos Portos.(Agência Estado)

Chávez indica sucessor, se 'algo' lhe acontecer


Pela 1ª vez, Chavez deu a entender que pode não resistir ao câncer. Ele pediu à população que, em sua ausência, eleja Maduro Hugo Chávez, ainda enfrenta o câncer. Sem aviso prévio, Chávez apareceu no sábado à noite em cadeia de rádio e televisão, vestido de azul e acompanhado por vários de seus colaboradores mais próximos, para informar que viaja neste domingo a Cuba para se submeter à quarta cirurgia em 18 meses. “Decidimos com a equipe médica antecipar exames, antecipar uma nova revisão. Infelizmente, nessa revisão foi detectada a presença, na mesma área, de algumas células malignas novamente”, disse o ditador. “É absolutamente necessário, é absolutamente imprescindível submeter-me a uma nova intervenção cirúrgica e isso deve ocorrer nos próximos dias.”
Chávez indicou que o vice-presidente, Nicolás Maduro, comandará o país, apontando-o como herdeiro e sucessor no caso de algo lhe acontecer. “Nicolás Maduro, nessa situação, deve concluir, como manda a Constituição, o período. Minha opinião firme, plena como a lua cheia, irrevogável e absoluta, é que nesse cenário que obrigaria a convocar eleições presidenciais vocês elejam Nicolás Maduro como presidente”, acrescentou.
É a primeira vez que Chávez contempla um final fatal desde que, em junho do ano passado, foi-lhe diagnosticou em Cuba um câncer do qual só se sabe que está na zona pélvica, mas não sua localização exata nem seu grau.(Veja)

Coluna da segunda-feira

         Dorany merece respeito
O presidente estadual do PMDB, Dorany Sampaio, conduz o partido com competência, decência, ética e muita dedicação. A campanha desencadeada na mídia por oportunistas, que se escondem no anonimato, injusta e agressiva, deve ser repelida veementemente por todos que têm bom senso e primam pela justiça.
Quem está por trás disso são pessoas ingratas, fracas e covardes. Em todas as funções públicas que ocupou, Dorany sempre teve extrema dedicação e no caso do PMDB, seja lá atrás quando o partido era um gigante no Estado ou agora, quando enfrenta dificuldades naturais, esteve na linha de frente, jamais omitindo-se ou tendo fraquejado.
Certamente, a campanha sórdida e desnecessária não vem das bases, assistidas e satisfeitas na sua gestão. As queixas de incompetência e passividades, plantadas no anonimato em colunas políticas, soam falsas. Se isso fosse verdade, Dorany não estaria até hoje no comando do partido.
Os mesmos oportunistas espalham que a direção nacional do PMDB já teria escolhido o novo presidente. Quem espalha isso no mesmo anonimato certamente quer resolver o jogo no tapetão, em desrespeito à autonomia da executiva estadual.
A escolha do presidente é democrática, em convenção soberana, no voto. Tenho absoluta certeza que o presidente Waldir Raupp não está nada satisfeito com o uso do seu nome de forma tão negativa. Afinal, ele é cumpridor e não transgressor dos estatutos do partido.
PESQUISAS – A partir de hoje, e durante os próximos 20 dias, este blog trará pesquisas do Instituto Opinião, de Campina Grande (PB), com a avaliação das gestões dos prefeitos de 15 a 20 municípios do Estado encerrando um ciclo de oito anos. Começamos por Serra Talhada, o segundo maior colégio eleitoral do Sertão, onde o prefeito Carlos Evandro (sem partido) elegeu Luciano Duque como sucessor.
Sem pimenta - Em e-mail à coluna, o deputado Sérgio Leite (PT) confirma que recebeu o repórter da revista Época, mas em nenhum momento deu declarações ou informações para arranhar a imagem do governador. “A eleição já passou, tive problemas com o PSB em Paulista, mas admiro e aplaudo a gestão de Eduardo”, garante.



Uma quase tragédia - O prefeito de Serrita, Carlos Cecílio (PR), foi advertido várias vezes quanto à precariedade do prédio onde funciona a Prefeitura do município, mas em nenhum momento tomou qualquer providência para evitar o que ocorreu sábado passado, com o desabamento do teto. Por sorte dele, não havia ninguém trabalhando no momento. Do contrário, teria sido uma tragédia.
Caminho sem volta - Interlocutores do governador deixam escapar que o forte patrulhamento do PT e as circunstâncias nacionais levam o socialista à disputa presidencial em 2014 de forma irreversível. Eduardo está se aproximando de setores da base descontentes com Dilma, com lideranças de oposição e já tem canais privilegiados com o PIB nacional.
Sai secretariado - O prefeito eleito de Igarassu, Mário Ricardo (PTB), inicia o dia, hoje, anunciando o secretariado numa coletiva programado para as 9 horas, no Centro Mariápolis. Empresário bem-sucedido, o trabalhista contou em sua campanha com a força e o apoio efetivo do senador Armando Monteiro Neto. A equipe contempla todos os partidos da coligação.



CURTAS
MUDANÇA NA FAZENDA– O que as paredes do Palácio do Campo das Princesas falam é que o governador Eduardo Campos vai mudar o secretário da Fazenda pela terceira vez. Sai Paulo Henrique Saraiva e em seu lugar deve assumir o atual secretário de Administração, Ricardo Dantas.
CHUVAS– Caiu uma chuva bem animadora em Sertânia, Sertão do Moxotó, sábado passado, mas as previsões meteorológicas que chegam ao gabinete do secretário de Agricultura, Ranilson Ramos, indicam que as trovoadas de dezembro não estão garantidas, podendo ocorrer apenas pancadas escassas.
PERGUNTAR NÃO OFENDE – Quando, finalmente, o prefeito eleito Geraldo Júlio vai começar a anunciar o secretariado?
'Porque por causa duma prostituta se chega a pedir um bocado de pão; e a adúltera anda à caça da alma preciosa'. (Provérbios 6:26)
magno martins 

Verba não chega a áreas que sofrem com a seca


Integração diz que nem todos pediram recursos e que já liberou R$ 558 mi para carros-pipa e para ajuda financeira
DANIEL CARVALHODE SÃO PAULOA maioria das cidades brasileiras que tiveram situação de emergência em razão da seca reconhecida pela União não receberam recursos do governo federal em 2012.
Fatores como excesso de burocracia, falta de verba e negligência de prefeitos contribuíram para deixar 1.390 dos 2.058 municípios (68%) sem a ajuda neste ano.
Os dados, do Ministério da Integração Nacional, foram repassados à Folha pela Lei de Acesso à Informação.
Há casos de emergência por estiagem e seca em todas as regiões do Brasil. Seca, como define a Defesa Civil, é uma estiagem prolongada. No Sul, 69% dos municípios não receberam recursos.
O Nordeste é a região com mais municípios afetados e não socorridos. Dos 1.272 em situação de emergência, apenas 459 (36%) receberam verba federal. Algumas localidades enfrentam a pior seca dos últimos 30 anos.
A Integração Nacional diz que nem todos os municípios que tiveram a situação de emergência reconhecida solicitaram recursos.
É o caso de Tanquinho (BA). Apesar das dificuldades, o prefeito Jorge Flamarion (PT) não pediu verba ao Planalto.
Ele disse ter obtido dois carros-pipa do governo do Estado, também administrado pelo PT.
Também há administrações municipais que pediram ajuda, mas nada chegou. "Não vimos a cor [do dinheiro] até o momento. Estamos sendo assistidos só por carros-pipa e por uma ação tímida de construção de cisternas", afirmou o prefeito de São Caetano (PE), Jadiel Cordeiro (PTB).
O prefeito é diretor da Amupe (Associação Municipalista de Pernambuco) e membro do Comitê Estadual de Combate à Estiagem.
Segundo ele, os municípios pernambucanos receberam apenas programas assistenciais como o Bolsa Estiagem, que destina R$ 400 a famílias afetadas pela seca.
Para Cordeiro, falta "sensibilidade" ao governo federal. "Quem está com fome e sede não pode esperar."
Segundo números da Integração Nacional, 179 dos 185 municípios pernambucanos estão em situação de emergência, e apenas dois receberam repasses de recursos.
Em Poço Redondo (SE), a prefeitura diz que não chove há dois anos e os reservatórios secaram há oito meses.
O pluviômetro na sede do município acumula água desde janeiro e marca menos de 50 milímetros. O secretário municipal de Agricultura, José Silva de Jesus, estima que 3.500 cabeças de gado tenham morrido em dois anos.
Jesus diz ter solicitado R$ 6,3 milhões ao governo federal para ações emergenciais, construção de barragens e aquisição de máquinas, mas, até agora, apenas caminhões-pipa e programas sociais chegaram.
"Mandamos toda a documentação. Tentamos desde o início do ano."
Para os que solicitaram e não foram atendidos, o ministério cita "falta de disponibilidade orçamentária" e não cumprimento de prazos previstos em lei.
A pasta afirma que já liberou R$ 310,8 milhões para carros-pipa e R$ 247,8 milhões para auxílio financeiro emergencial. No Nordeste, o governo diz já ter repassado R$ 118,6 milhões aos Estados.
A verba repassada aos municípios pode ser usada em ações emergenciais e obras preventivas.

USP realiza missão humanitária em cidade do Sertão


Mais de 200 professores e alunos da Universidade de São Paulo (USP) participaram do projeto “Bandeira Científica”, realizado no município de Afogados da Ingazeira, onde tratou de serviços e atendimento de saúde à população. O desembarque da equipe ocorreu na base aérea do Recife. A missão chegou em dois aviões Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB). O grupo foi recepcionado pelo pelo prefeito eleito, José Patriota (PSB). “Viemos recebê-los antecipando a recepção calorosa que receberão pelo povo acolhedor de Afogados da Ingazeira. Essa missão entrará para a história de nossa cidade, deixando um legado de serviços prestados”, afirmou o socialista.
Do Recife, os professores e estudantes da USP seguiram para Afogados da Ingazeira em quatro ônibus. As quatro toneladas de equipamentos e medicamentos seguiram em dois caminhões do Exército, que deu apoio logístico à missão. O domingo (9) foi dedicado à acomodação da equipe. Nesta segunda-feira (10) eles darão início aos atendimentos.
Em sua 15ªedição, o projeto tem o apoio da Prefeitura de Afogados da Ingazeira e de diversas empresas de São Paulo. A cidade foi selecionada para sediar a expedição, que ocorrerá entre os dias 10 a 18 deste mês, depois de uma triagem de mais de mil cidades do país. O município foi escolhido por atender os critérios do projeto, como ter de 25 a 35 mil habitantes, possuir mais de 50% da cobertura pelas unidades estratégias Saúde da Família e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) entre 0,4 a 0,7. No ano passado, a edição do Bandeira Científica foi na cidade de Belterra, no Pará.

Morre policial militar Orlandy, da equipe GATI da 3ª CIPM


O policial militar da equipe GATI, Orlandy Soares Santos, 38 anos, morreu, no início da noite deste sábado (08), em sua própria residência, na Rua 5 de Fevereiro, Bairro Morada Nova, na cidade de Caruaru.

De acordo com a Polícia Militar, Orlandy pode ter sido vítima de choque elétrico quando estava lavando um carro.

Orlandy Soares era destacado na 3ª CIPM de Santa Cruz do Capibaribe, desde 2004, e ficou conhecido pelos serviços prestados junto à equipe formada pelos policias Junior e Ernesto, com os quais chegou a compor o chamado “Trio da Rocam”.

Policiais que estavam de serviço na delegacia de polícia e na 3ª CIPM de Santa Cruz do Capibaribe, neste sábado, receberam com pesar a notícia sobre a morte do colega.

Um domingo de muita movimentação no parque de feiras do moda center de santa cruz PE




fotos via celular