terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Brasil terá 3º maior aumento na produção de petróleo

O estudo “Outlook 2030”, elaborado pela petroleira BP sobre o mercado mundial de energia, mostra que o Brasil será um dos três países que mais contribuirão para o crescimento da produção de petróleo e biocombustíveis no mundo até o ano de 2030. O País ficaria atrás apenas dos Estados Unidos e do Canadá. Segundo estudo, o aumento na produção será de 2,7 milhões de barris por dia, dos quais 2 milhões virão do pré-sal. Isso significa que a produção atual será dobrada e, no total, o Brasil vai produzir 5,3 milhões de barris em 2030.

De acordo com o estudo, mais da metade do aumento da oferta de petróleo virão de países que não são membros da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo). Isso mudaria o mapa geopolítico do petróleo. Dessa forma, os integrantes da Opep vão aumentar a produção em 7,6 milhões de barris por dia, e os demais, em 8,5 milhões.

O estudo mostra que o Brasil vai se tornar um importante exportador de líquidos, totalizando 1,2 milhão de barris diários. O País produzirá 5,3 milhões de barris por dia em 2030 (4,1 milhões de petróleo e 1,2 milhão de biocombustíveis). A estimativa da Petrobras, no entanto, é de uma produção de 4,2 milhões de barris de petróleo em 2020.

Na questão da demanda por energia no mundo, o Outlook mostra que o consumo mundial de energia vai crescer 36% até o ano de 2030. E por volta de 93% desse crescimento virão de países em desenvolvimento, que não são membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), tendo China e Índia como principais responsáveis.

De acordo com o estudo, o petróleo vai apresentar crescimento mais lento da demanda entre os principais combustíveis – a média ficará em 0,8% ao ano. Ainda assim, vai ter participação relevante na matriz energética (28% em 2030, contra 33% em 2011).

Nenhum comentário:

Postar um comentário