domingo, 28 de fevereiro de 2016

"Corra que os bandidos vêm aí"

FAMÍLIAS santa-cruzenses, CONHECEM na PELE o que é “PRISÃO DOMICILIAR” 

“Corra que os bandidos vêm aí”.Esse pode ser o nome do filme de terror, que a sociedade de Santa Cruz do Capibaribe vem assistindo, e o mais grave, vivendo na pele os efeitos de uma cidade dominada pela bandidagem.

As famílias vivem em uma espécie de “Prisão domiciliar”, mesmo correndo o perigo de uma invasão, como ocorreu em um aniversário que se transformou em arrastão, promovido por quatro bandidos, sendo dois deles, menores e que vivem sob a proteção da Lei.

São arrastões, criança de dez anos levando tiro, adolescente de 15 anos assassinado por assaltantes, arrombamento em residências, motos e carros levados por bandidos, assassinatos, assaltos à luz do dia, entre outros crimes praticados.

Tudo isto diante de uma Policias Civil sem condições de trabalho e uma Policia Militar atuante, mas com numero insuficiente de homens.

Mas de quem é a responsabilidade? Dizem que “Segurança é um dever do Estado, mas responsabilidade de todos”. O que a população pode fazer?

Resta uma ação do governo do Estado, que não tem olhado para Santa Cruz com bons olhos neste quesito, deixando a Polícia Civil cada vez mais desabastecida e o 24ª Batalhão, sem o numero suficiente de policiais militares para garantir um pouco de paz as famílias de bem do município

Do Sulanca News

Nenhum comentário:

Postar um comentário