sábado, 27 de setembro de 2014

Pesquisa IPMN: Fernando ultrapassa João Paulo



Com base na pesquisa do IPMN, especialista avalia que o crescimento contínuo do socialista pode resultar em vitória

A corrida eleitoral para o Senado ainda não está definida em Pernambuco. É o que a ponta a amostra divulgada pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), divulgada neste sábado (26). No entanto, pela primeira vez, o candidato da Frente Popular, Fernando Bezerra Coelho (PSB), ultrapassa o postulante do PT. Fernando subiu 7% (em relação a pesquisa anterior) e alcançou a marca de 32 pontos. Apesar de ser superado pelo adversário, o postulante da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, João Paulo (PT), não teve uma queda brusca. Ele conquistou 30% das intenções de votos dos entrevistados e caiu 1%, em comparação com a levantamento anterior. As candidatas Simone Fontana (PSTU) e Albanise Pires (PSOL) somaram 1%. O candidato Antônio Oxis (PCB) não pontuou nesta amostra.

Faltando menos de dez dias para o pleito, o cenário ainda não revela quem poderá ser o senador por Pernambuco, pois o número de eleitores indecisos permanece elevado. Apesar da queda de 6%, o resultado dos que não souberam ou não responderam soma 18 pontos percentuais. Ao juntar com os votos brancos e nulos, o saldo chega aos 37%.

Fernando pode chegar

Quando analisado por regiões, o socialista eleva os percentuais de intenção de voto. Na Zona da Mata e Sertão ele conquistou a maior diferença, 13 pontos. No caso do candidato de Dilma, o aumento nos números foi perceptível na Região do São Francisco, com percentual alterado em 7%. 

De acordo com o cientista político Adriano Oliveira, Fernando Bezerra Coelho pode conquistar a vitória no pleito, pois o crescimento que ele vem obtendo a cada nova mostra pode se consolidar. A pesquisa do IPMN ouviu 2.480 pessoas, nos dias 22 e 23 de setembro. O nível de confiabilidade é de 95% e a margem de erro é de 2,0 pontos percentuais para mais ou para menos.

Escrito por Magno Martins



Internet de qualidade em jataúba é com a

Nenhum comentário:

Postar um comentário