quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Vereador é preso em Escada com armas e alimentos para compra de votos


Acusado de posse de armas e pelo crime de agiotagem, José Mário do Nascimento, vereador de Escada, na Mata Sul, pelo PV, foi preso nessa terça-feira (13), em um posto de gasolina no município. Com ele, foram apreendidos alimentos em fardos, que, segundo o delegado Rogaciano Campos, seriam embalados como cestas básicas que poderiam ser usadas para comprar votos no período eleitoral. O parlamentar, conhecido na cidade como Zé Amaro do Alvorada, não é candidato este ano, mas a irmã dele está na disputa pelo mesmo partido.

De acordo com o delegado, a polícia já havia recebido diversas denúncias sobre o vereador, mas a investigação dos crimes não havia avançado. Essa semana, porém, após receber uma ligação pelo Disque-Denúncia, o mandado de busca e apreensão foi concedido pela Justiça e a polícia teve autorização para entrar na casa dele, onde encontrou, além dos alimentos, notas promissórias no valor de R$16.742, dezenas de cheques e agendas com anotações de valores referentes aos devedores. Ainda foram apreendidas uma espingarda calibre 12 de repetição, uma pistola 380 e munições.

Por ocultação da pistola, a empregada de Zé Amaro do Alvorada, Ana Cleide da Silva, também foi autuada. Ela pagou fiança e vai responder ao processo em liberdade. Já o parlamentar foi recolhido à Cadeia Pública de Escada. O vereador admitiu a posse das armas em depoimento, mas não o crime de agiotagem, segundo Rogaciano Campos. “Só faz agiotagem quem tem coragem know-how para ameaçar as pessoas”, afirmou o delegado.

Blog do Vanguarda 

Nenhum comentário:

Postar um comentário