sábado, 5 de janeiro de 2013

Coluna do sabadão

       No rastro da bandalheira
A partir de ontem, numa visita a Toritama e Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste Setentrional, este blogueiro começou uma incursão aos municípios pernambucanos que se encontram praticamente Inadministráveis diante do caos deixado pelos prefeitos que se despediram em 1 de janeiro.
O quadro encontrado é chocante em termos de desmandos: computadores com a memória fiscal do município deletada, rombo nas contas da Previdência, salários atrasados em até três meses, incluindo o 13º salário.
Tudo isso e muito mais: roubos de equipamentos, como ar-condicionado, ventiladores e até uma geladeira se tornaram corriqueiros. Em Santa Cruz do Capibaribe, na folha de pessoal foi identificado até um coveiro-marajá, com salário de R$ 4 mil.
A cada informação levantada, um choque para os prefeitos Edson Vieira, de Santa Cruz, e Odon Ferreira, de Toritama, que recorreram ao recurso de decretos de emergência para tentar uma ordem jurídica de amparo às decisões que virão a tomar a partir de agora.
A sensação nos municípios, cujos cofres apareceram raspados pelos antecessores, é a de que a ação não se deu de forma isolada e pessoal, mas desencadeada por uma verdadeira quadrilha.
ARROMBADA – O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), montou uma verdadeira força-tarefa para começar a trabalhar. Para ter acesso ao seu gabinete, no dia da posse, teve que arrombar as fechaduras. Lá, não encontrou sequer uma cadeira para sentar e despachar. O dia de ontem foi para tentar montar um local com as mínimas condições de trabalho, mas os telefones ainda estavam mudos e não havia sinal para acessar a internet.
O Odorico de Santa Cruz - O ex-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Toinho do Pará (PTB), é uma versão assemelhada de Odorico Paraguaçu, do Bem Amado. Fez festa para inaugurar uma fachada do cemitério e recolheu os animais abandonados na cidade, especialmente gatos, para serem criados numa área do próprio cemitério. Foram encontrados 644 gatos.


Sugestões bem-vindas - Tão logo este blogueiro postou, ontem, a notícia de que estaria abrindo a série de reportagens para retratar o caos administrativo nos municípios pipocaram mensagens de leitores sugerindo e até implorando uma visita à sua cidade. Na medida do possível, iremos incluindo as sugestões no roteiro, que continua na próxima segunda-feira por Ipojuca e Goiana.
Tesourada em Caruaru - Em Caruaru, o prefeito José Queiroz (PDT) está cortando na pele. Segundo informações checadas ontem por este blogueiro, mais de 300 servidores prestadores de serviços da administração direta já foram afastados. E as notícias não são nada animadoras. Dão conta de que a tesourada será mais implacável ainda nos próximos dias.
Corpo a corpo - O candidato do PMDB a presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (RN), já começou a campanha nos Estados para cabalar votos. Programou reuniões com as bancadas do Rio Grande do Sul e do Paraná, na próxima semana. Depois, será a vez dos mineiros em Belo Horizonte, Rio e São Paulo. Pernambuco ainda não tem data agendada.



CURTAS
AOS PREGUIÇOSOS – Quem for refratário a trabalho nos finais de semana que comece de imediato a rever a ideia de ter aceitado ingressar no secretariado do prefeito Geraldo Júlio. O socialista marcou uma reunião do secretariado para hoje, começando às 15 horas, mas sem previsão de acabar. Tem gente reclamando, mas de bico calado.
EM SERRA – O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), já recebeu telefonemas da equipe precursora da presidente sobre a visita que dará ao município para inaugurar a Adutora do Pajeú entre os dias 17 e 20. Dilma fará ainda programação em pelo menos mais dois Estados nordestinos nesse período.
Perguntar não ofende: Quando vai acabar a ciumeira do PT no Planalto com o espaço nacional conquistado pelo governador Eduardo Campos?
'Melhor é ser humilde de espírito com os mansos, do que repartir o despojo com os soberbos'. (Provérbios 16:19)
magno martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário