sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Campos diz a Cid Gomes que, se a eleição fosse hoje, seria candidato a presidente



Campos abre o jogo Numa conversa que se estendeu até as 3h de terça-feira, Eduardo Campos (PSB) disse ao governador Cid Gomes (PSB-CE) que, se a eleição fosse hoje, seria candidato a presidente. “Hoje eu sou. Para ganhar, para perder. Para fazer 1% ou 30%.” Ressaltando que a decisão só será tomada em 2014,o governador de Pernambuco afirmou ainda que a presidente Dilma Rousseff tem 40% dos votos no país. E emendou: há 60% do eleitorado “à disposição de outros candidatos”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário