terça-feira, 12 de julho de 2016

Quem deve pedir desculpas: Mamão ou Antônio de Roque?



Dias desses (1º/07/16), o prefeito de Jataúba em entrevista a Rádio Local, provocou ao pré-candidato Mamão pedir desculpas a população por ter dito em sua entrevista coletiva que no município havia muitos contratados e contratados de última hora, ou seja, dos seis meses que antecede as eleições. 


De fato, se não tem provas concretas sobre o número de contratados (Quantos são mesmo?), então, mais que justo o pedido que o prefeito fez para que Mamão se desculpasse à população. Afinal, não existindo provas não é bom falar. 


Pois bem, a lista com os nomes de 1.598 gestores públicos que tiveram contas rejeitadas pelo TCE nos últimos anos, com decisão transitada em julgado (irrecorrível), foi entregue na última terça-feira (05) à Justiça Eleitoral pelos conselheiros Carlos Porto (presidente) e Dirceu Rodolfo (corregedor) e o procurador geral do Ministério Público de Contas, Cristiano da Paixão Pimentel.

O documento foi recebido pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Antonio Carlos Alves dos Santos, pelo vice Alberto Virgínio, também desembargador, e pelo procurador geral eleitoral Antonio Carlos Barreto Campelo. 

O envio dessa lista em ano de eleição é uma exigência da legislação eleitoral a fim de que, com base nela, O MINISTÉRIO PÚBLICO POSSA IMPUGNAR O REGISTRO DE CANDIDATOS QUE TIVERAM CONTAS REJEITADAS POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA. 

E, para “surpresa” de alguns quem é que aparece na lista? Pois é: Antonio Cordeiro do Nascimento. E agora quem é que deve pedir desculpas a população: Mamão que disse que havia muitos contratados ou o prefeito que teve o seu nome citado SETE vezes na lista negra?


OBS.: O Blog Jataúba News, que zela pela primazia da informação, em breve divulgará as razões que levaram o Tribunal de Contas rejeitar as contas dos exercícios 2004 e 2007 do gestor Antonio Cordeiro do Nascimento. 

Blog Jataúba News

Nenhum comentário:

Postar um comentário