quarta-feira, 24 de abril de 2019

Vereador Zuza do Jacu concedeu entrevista ao programa Papo Reto com J Silva.


O vereador Zuza do Jacu, concedeu uma entrevista nesta quarta-feira ao programa Papo Reto com o entrevistador J. Silva. O vereador falou sobre o seu segundo mandato, como também relatou sobre ser criticado, mais falou que cobra porque são cobranças para o povo, o bem do povo.

O âncora J Silva, perguntou ao vereador se ele tinha se arrependido alguma vez te ter falado algo na tribuna, o vereador falou que em uso da tribuna só se arrependeu uma vez, quando pegou uma forte discussão com o vereador Paulo Floriano, onde já se desculpou perante a sociedade.

Foi perguntado ao vereador como anda seu ciclo de amizade com os demais vereadores ele respondeu. "Eu tenho respeito a todos os vereadores e tenho certeza que sou respeitado por todos".

Sobre os requerimentos feitos na Câmara de Vereadores, Zuza disse que ele é quem tem mais requerimentos apresentado, só que os mesmos não são executados, dentre todos apenas um foi colocado em prática.

Sobre a eleição da Câmara de Vereadores o vereador falou que teve muitas articulações. "Eu fui na casa de Mamão, pois respeito o líder político, ele me falou que eu tomasse a posição que eu quisesse, eu optei a não votar em ninguém, pois não quiseram fazer como eu citei". Disse o vereador.

Foi trazido a tona a velha CPI, o vereador falou que, para o vereador a mesma foi conturbada, só houve porque aceitaram ele ser membro, segundo o vereador Zuza a CPI não deu em nada, e que hoje as praticas continua as mesmas.

O vereador falou sobre a parceria com os deputados Diogo Moraes e Wolney Queiroz, o vereador falou que anda muito bem e citou as barragens que foram construídas na região e que está beneficiando várias famílias.

Sobre as últimas políticas e com relação as lideranças, o vereador disse que Mamão ainda é um grande líder e que Mamão é o seu líder. Sobre as pré-candidaturas, o vereador falou, que tem muita água para rolar por debaixo desta ponte chamada política.

Na ocasião o vereador falou sobre uma possível ida para a legenda do PT, o vereador falou que hoje é presidente do mesmo, e que será um partido diferente no município. 

O vereador terminou falando sobres as más condições dos dessalinizadores dos banheiros públicos e dos agentes de saúde, os quais estão lutando por um valor que lhes assiste, que desde 2014 o prefeito não está cumprindo, onde está pagando os mesmo menos de um salário mínimo.


Quem também participou do programa Papo Reto, foi a suplente de vereadora foi Wilma do Riacho do Meio, que falou na felicidade da barragem que foi construída na sua comunidade. 



Collar Blog Jataúba News.

Nenhum comentário:

Postar um comentário