segunda-feira, 23 de junho de 2014

O choro que não convence – Prefeito Edson Vieira declara que José Augusto está colhendo o que plantou



Em participação ao programa Opinião, da Rádio Comunidade FM, nesta segunda-feira (23) o prefeito Edson Vieira (PSDB) rebateu o deputado federal José Augusto Maia (PROS) que na ultima sexta-feira (20) declarou que sofre uma perseguição política que tem como arquitetos, entre outros, o deputado estadual Diogo Moraes (PSDB) e o próprio prefeito Edson Vieira (PSDB). 

“Eu não estou preocupado com o PROS. Minha preocupação hoje está completamente voltada para Santa Cruz do Capibaribe. Ele inventa desculpas para justificar o seu mandato de deputado federal”, disse Edson que prosseguiu, “ele tem que parar de chororô e também trabalhar por Santa Cruz”. 

Para Zé, uma articulação, contando ainda com o pré-candidato ao governo do estado Paulo Câmara (PSB) e o presidenciável Eduardo Campos (PSB), foi responsável pela sua perca do comando do PROS. 

Para Edson Vieira, os tombos políticos sofridos pelo deputado atualmente, são rastros do que o mesmo praticou no passado. “Quem não se lembra do que ele fez com Miguel Arraes ou com Diogo Moraes? Ou quando ganhou a eleição para prefeito, que vivia zombando e maltratando meu pai e minha família? Ele só está colhendo aquilo que plantou”, falou Edson. 

O prefeito ainda disse que o choro de Zé, que aconteceu na ultima semana, não lhe convenceu e que nunca precisou fazer isso para fugir das suas responsabilidades. “Quando eu perdi a eleição de 2008 para Toinho, eu não fui aos microfones chorando não. Não fui dar nenhuma desculpa em rádio, fui ver os erros para concertar e tentar ganhar depois. Tá na hora dele parar de dar desculpas e assumir seu papel” disparou.


O point da Juventude Jataubense

Nenhum comentário:

Postar um comentário