quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Uma das mais lidas do dia





Apesar de protestos, vereadores de Caruaru votam reajuste

O clima deve seguir quente em Caruaru (Agreste Central, a 135 km do Recife) pelo menos até a próxima terça-feira (11), quando os vereadores votam o reajuste de salários, na última sessão do ano. Presidente da Comissão de Legislação e Redação de Leis, o vereador Rogério Meneses (PT), embora se mostre simpático ao aumento, diz que ainda não se decidiu.
Segundo o petista, o momento é de analisar o projeto, de maneira que, caso venha a ser constatada alguma inconstitucionalidade - o que é improvável, na opinião do vereador - seja prontamente questionada. 'Até agora, não foi constatada nenhuma (inconstitucionalidade)', reafirma Meneses, adiantando que a maioria na Casa tem se mostrado favorável ao reajuste.
Extensivo a prefeito, vice e secretários, o eventual reajuste corrigiria 'injustiças', como consideram alguns integrantes da Câmara. Hoje, os vereadores de Caruaru ganham R$ 9 mil, 10% a menos do que os secretários municipais. Já o presidente da Câmara chega a receber R$ 18 mil, mais até do que os R$ 16 mil do prefeito José Queiroz (PDT). Ainda não foi definido se o aumento, caso aprovado, vigora a partir do próximo ano ou de 2014.
Questionado a respeito de um possível efeito cascata, o petista minimizou a hipótese. 'Todo ano tem reajuste de servidor, mas não de vereador', pontuou, sublinhando que o reajuste é previsto por lei (em Caruaru, a Câmara concede aumento a cada quatro anos).
Movimento - Embora o respaldo jurídico baseie a defesa dos vereadores, o entendimento em alguns setores sociais é de que a medida excede o bom senso. Desde o começo da semana, estudantes, professores e trabalhadores têm se movimentado nas proximidades da Câmara, em protesto contra o aumento. Ontem, novamente, manifestantes levaram cartazes questionando o reajuste, em frente à Câmara.


Romário já tem assinaturas para pedir CPI da CBF

 O deputado Romário (PSB-RJ) anunciou nesta quarta-feira que reuniu o número de assinaturas necessárias para a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Ele protocolou o requerimento na Secretaria Geral da Mesa, no subsolo do anexo principal da Câmara dos Deputados, às 18h30.
Em seu perfil no Facebook, Romário exaltou o recolhimento das assinaturas em tempo recorde. Para abrir uma CPI, a Câmara exige apoio de um terço dos deputados, ou seja, 171. O ex-atacante conseguiu 188 nomes em cerca de 24h – fez tudo pessoalmente, conversando com os deputados desde as 15h de terça-feira.(Portal Terra)

A americana Besse Cooper, considerada a pessoa mais velha do mundo pelo "Guinness World Records", morreu nesta terça-feira (4) em Monroe, estado da Geórgia, nos Estados Unidos, aos 116 anos de idade, informou a cadeia "CNN".
Besse Cooper, considerada a pessoa mais velha do mundo, morreu aos 116 anos nos EUA (Foto: AP Photo/David Goldman)
Nascida em 26 de agosto de 1896, Besse ganhou a chancela de pessoa mais idosa do mundo em janeiro de 2011.Durante um breve período, a americana caiu para o segundo lugar da lista de mais longevos quando os funcionários do "Guinness" encontraram no Brasil a Maria Gomes Valentim, que era 48 dias mais velha que Besse -- no entanto, a brasileira morreu em junho de 2011, poucas semanas antes do seu 115º aniversário.

Quando questionada sobre o segredo de sua longevidade, Besse contou: "Só me preocupo com a minha vida e não como 'besteira'".
Besse nasceu no Tennessee e se mudou para a Geórgia durante a Primeira Guerra Mundial para trabalhar como professora. Pouco depois, em 1924, se casou. A americana deixa quatro filhos e mais de duas dúzias de netos, bisnetos e tataranetos.Apenas oito pessoas já chegaram aos 116 anos, sendo a mais velha delas Jeanne Louise Calment, que morreu no sul da França em 1997, quando somava 122 anos.

Fonte:G1

Morre no Rio o arquiteto Oscar Niemeyer

O arquiteto Oscar Niemeyer, de 104 anos, morreu no Rio. Ele estava internado desde 2 de novembro, no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul. Reconhecido internacionalmente por suas obras, Niemeyer completaria 105 anos em15 de dezembro. A morte dele foi confirmada às 20h55.
Nesta quarta-feira (5), um boletim médico informava que o estado de saúde do arquiteto havia piorado e era considerado grave.
Ainda segundo o hospital, Niemeyer respirava com a ajuda de aparelhos e encontrava-se sedado por causa de uma infecção respiratória.
O hospital informou também que a piora do quadro clínico do paciente aconteceu após a visita do médico Fernando Gjorup nesta quarta-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário