sábado, 3 de maio de 2014

Arruda é suspenso preventivamente pela CBF



Estádio será reaberto após o STJD apurar o caso da morte de Paulo Ricardo Gomes da Silva (Gustavo Lucchesi/BP)

O Arruda está preventivamente suspenso. A Confederação Brasileira de Futebol decretou que o estádio Tricolor ficasse impossibilitado de receber jogos até que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) investigue o caso que vitimou o soldador Paulo Ricardo Gomes da Silva, morto ao ser atingido por um vaso sanitário, nos arredores do Arruda, após a partida entre Santa Cruz e Paraná, na última sexta-feira.

Confira, na íntegra, o ato adminstrativo da CBF assinado pelo diretor de Competições, Virgíio Elísio, e pelo diretor Jurídico, Carlos Eugênio Lopes.

Ato Administrativo DCO/DJU – 01/14  03/05/14

Considerando o grave incidente ocorrido na noite de ontem no Estádio do Arruda e arredores, em Recife, após o encerramento da partida Santa Cruz x Paraná, válida pelo Campeonato Brasileiro da Série B, do qual resultou uma vítima fatal, a CBF, através das suas Diretoria de Competição e Diretoria Jurídica, vem pelo presente ato administrativo, interditar o Estádio do Arruda até que o processo relativo ao incidente seja apreciado pelo STJD.
O presente ato também tem o efeito de representação da CBF junto ao STJD, para as medidas que se tornarem necessárias no âmbito do tribunal.

Rio de Janeiro, 3 de Maio de 2014.

Virgilio Elísio da Costa Neto
Diretor de Competições
Carlos Eugênio Lopes
Diretor Jurídico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário