quinta-feira, 25 de junho de 2015

A difícil decisão: Destino de Fernando Aragão pode ser a vaga de vice de Edson Vieira


Foto: Elivaldo Araújo

Isolado pelo ex-deputado federal José Augusto Maia (PROS) e tendo que aceitar a imposição do nome de Cleiton Barboza para a pré-candidatura a prefeito do grupo Taboquinha, o vereador Fernando Aragão (PROS) pode tomar um rumo que até então inesperado: aceitar a vaga de vice do prefeito Edson Vieira (PSDB).

É bem verdade que a possibilidade foi afastada por Fernando em um passado recente, quando houveram as mesmas tentativas durante as articulações para a eleição de 2012. Porém, o contexto atual é muito diferente e uma adesão de Fernando ao grupo de situação já não pode ser vista como algo impossível.

A saída de um é a solução do outro

No grupo de situação, o prefeito Edson Vieira e o deputado estadual Diogo Moraes tendem a chocar seus interesses, já que Diogo pretende indicar o candidato à vice, enquanto Edson deve tentar manter sua liderança dentro do grupo e preencher a vaga conforme seus próprios critérios.

Entrando nesse cenário, Fernando seria a pessoa escolhida por Edson.

Perda irreparável para os Taboquinhas

José Augusto Maia já deixou claro que não vai aceitar a influência de pesquisas na pré-candidatura de Cleiton Barboza. Sem saída, Fernando não aceitará ser o candidato a vice no grupo Taboquinha.

Uma adesão de Fernando ao grupo governista seria, para o grupo Taboquinha, uma perca ainda maior que a saída de Toinho do Pará e pode garantir com folga a reeleição de Edson Vieira.

Possibilidade ficará clara em setembro

O mês de setembro é o período limite para filiações partidárias antes do período eleitoral. O fator que vai deixar muito clara a possibilidade de uma candidatura de Fernando Aragão para vice de Edson Viera será sua filiação ou não ao PT.

Ocorre que PT e PSDB dificilmente se coligam. Se Fernando optar por escolher outro partido a adesão ao projeto governista estará aceita.

Blog Ney Lima 



Na Rua São Sebastião

Nenhum comentário:

Postar um comentário