segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Leão dispara contra bandeira


O Sport não fez uma boa partida e acabou empatando com o Figueirense, perdendo uma grande chance de se aproximar de Bahia e Portuguesa, as duas primeiras equipes acima da zona de rebaixamento. Apesar do futebol apresentado não ter sido dos melhores, os rubro-negros preferiram falar mais da arbitragem. A bronca do Leão está no gol anulado de Felipe Azevedo, aos 27 minutos do segundo tempo, quando o jogo já estava empatado. Um dos mais revoltados foi o presidente Gustavo Dubeux, que não poupou críticas à arbitragem.
“É lamentável. Venho falando isso desde o jogo do Bahia, quando levamos um gol ilícito. E hoje (ontem) foi um gol legal anulado. Poderíamos estar numa situação mais tranquila agora na classificação da Série A. Infelizmente, tivemos várias chances e perdemos. Mas a questão é que no Brasileiro não se vence apenas dentro de campo. Tem que ter prestígio fora de campo também para conseguir os resultados. Temos que fazer muito esforço para vencer”, disse o mandatário rubro-negro, mantendo o otimismo e a esperança da saída do Sport da zona de rebaixamento.
“Conseguimos quatro dos seis pontos disputados fora de casa nas duas últimas rodadas. Estamos a três pontos dos adversários agora e vamos decidir em casa. Dois jogos que contamos com a presença da torcida e, se Deus quiser, vamos nos salvar do rebaixamento”, afirmou.
O técnico Sérgio Guedes também fez questão de reclamar da arbitragem e não só pelo gol anulado. “Héber parou muito jogo, ele foi político demais. Administrou o resultado, o que não convinha. Não podemos transferir a responsabilidade, mas ele amarrou o jogo todo. Pelo que tenho como informação, o gol foi legal. Até falei para o assistente (Altemir Hausmann), que se tivesse em dúvida, não deveria marcar. Não posso falar que foi de má fé. Não queremos ser beneficiados, mas nos incomoda quando somos prejudicados. Falei que ele é um bom profissional, mas errou num momento crucial para o Sport. Houve um prejuízo e isso é muito ruim”, analisou o comandante.
Apesar da consciência de que poderia estar numa situação melhor, o treinador não lamentou o empate. “Vamos valorizar o ponto que ganhamos aqui. Estamos agora na rodada de sair da zona de rebaixamento. Temos que descansar e trabalhar bastante para domingo. Não adianta fazer projeções, nós temos que vencer o Botafogo”, disse Sérgio Guedes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário