quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Coluna da quinta-feira

       O legado dos Joãos
Tem muita gente contando o tempo. Faltam apenas 11 dias para João da Costa (PT) deixar a Prefeitura do Recife. Para sofrimento do recifense, 11 dias representam uma longa espera, uma eternidade. Nunca a cidade viveu um ocaso tão latente.
Nunca se viu tanto abandono, sujeira, descaso, negligência e bagunça. O rei está nu. Não manda em nada, é desleixado e descomprometido. A cidade está maltratada, sofrida, precisando de uma intervenção cirúrgica urgente.
Nada funciona, nem mesmo os serviços essenciais. Para onde se olha só se vê lixo, buracos, ruas com esgoto a céu aberto, retrato da incompetência, marca do prefeito.
Que é - vale a ressalva - a pior herança deixada pelo ex-prefeito João Paulo, que mandou votar nele vendendo uma mentira, a de que “João era João”. Antes mesmo de tomar posse, João não atendia nem os telefonemas do padrinho. João, o ex, foi enganado.
E deixou o Recife se enganar, fez a cidade entrar numa fase de melancolia, para não dizer agonia. O Recife foi tão maltratado que está na UTI, um doente crônico, a espera do milagre da salvação prometida pelo socialista Geraldo Júlio.
Ninguém hoje tem orgulho do Recife, mas vergonha e dó. Mas João da Costa não é o único culpado. João Paulo, o seu tutor, não pode ficar impune. Foi ele que abonou a ficha de Costa e fez o Recife sangrar e cair na UTI.
O povo, entretanto, precisa avivar a sua memória.  Se as coisas mudarem com Geraldo mais na frente ter a consciência de que este quadro deplorável e vergonhoso de hoje, é um legado dos dois Joãos, especialmente de João Paulo, que ainda sonha em voltar a governar a cidade apostando no insucesso de Geraldo.
MANIPULAÇÃO – Candidato mais votado na eleição para prefeito de Água Preta, o empresário Armando Souto, do PDT, ficou uma arara quando soube que o Tribunal Regional havia ignorado a decisão da juíza do município para realização de uma nova eleição, diplomando o prefeito Eduardo Coutinho. “Eles já diziam abertamente na cidade que o TRE faria o que eles quisessem”, diz Souto, referindo-se ao prefeito e ao seu filho, o deputado João Fernando Coutinho, ambos do PSB.
Jogou a toalha - Vereador mais votado no Recife, o peemedebista André Ferreira não disputará mais a presidência da Câmara, que passa a ser comandada a partir de 1 de janeiro pelo socialista Vicente André Gomes. Ferreira queria bater chapa, mas foi aconselhado pelo prefeito eleito Geraldo Júlio a não entrar em aventura.
Sinal de rompimento - Quando disse que a pauta da microeconomia está esgotada e que o consumo não terá a mesma importância dos últimos seis anos, na entrevista ao Estadão, o governador Eduardo Campos anunciou o seu rompimento com Dilma. A pauta do consumo, na verdade, é a redução do IPI para eletrodomésticos da linha branca, que na prática não aumenta mais o consumo, porque a demanda esgotou e não impulsiona o desenvolvimento.
NE paga a conta - A presidente Dilma prorrogou por mais seis meses o IPI reduzido para os produtos da indústria de linha branca um dia após receber uma dura crítica do governador Eduardo Campos (PSB). Na prática, o ano novo começa com perspectivas de vacas magras para os Estados e Municípios, que vêm sofrendo com o corte nas transferências constitucionais.  
Prefeito fujão - O prefeito de Toritama, Flávio Lima (PSD), fugiu da cidade depois que os servidores promoveram, ontem, um quebra-quebra por causa do atraso de salário. Ele deve dois meses e mais o 13º salário, uma vergonha! Encerra a gestão como o pior prefeito do município, porque  misturou o público com o privado.



CURTAS
DIPLOMADO– O prefeito eleito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB), foi diplomado, ontem, juntamente com os vereadores eleitos. Patriota sucede ao prefeito Totonho Valadares e gerou uma grande expectativa. Segundo pesquisa do Instituto Opinião, 71% acham que ele fará uma boa gestão.
EM GRAVATÁ– Quem também recebeu, ontem, o diploma da justiça eleitoral em clima de muita festa foi o prefeito eleito de Gravatá, Bruno Martiniano (PTB), que acabou com a oligarquia no município sob o comando do coronel Joaquim Neto, do PSDB.
PERGUNTAR NÃO OFENDE – Os governadores do Nordeste reagirão à presidente Dilma de prorrogar a redução do IPI por mais seis meses?
'A estultícia é alegria para o que carece de entendimento, mas o homem entendido anda retamente'. (Provérbios 15:21)

Nenhum comentário:

Postar um comentário