quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Telefónica (da Vivo) aumenta participação na Telecom Itália (da TIM)


O grupo espanhol de telefonia Telefónica está aumentando sua participação na Telecom Italia. A iniciativa é sob um acordo complexo que vai fortalecer a influência da companhia sobre uma rival importante na América do Sul, enquanto permitirá a sócios italianos saírem de um investimento não lucrativo. As informações são do portal Brasil 247.

O acordo avalia as ações da Telecom Italia, que são detidas por Mediobanca, Generali e Intesa Sanpaolo quase o dobro do atual preço de mercado. Isso encerra também meses de especulações sobre o futuro da companhia italiana.

A Telefónica aumentará, sob os termos da operação, sua participação na Telco, a holding que controla a Telecom Italia, de 46% para 66% incialmente via um aumento de capital de 324 milhões de euros direcionando a pagar dívida da empresa. As afirmações foram de sócios da Telco em comunicado.

A espanhola Telefónica é dona da Vivo no Brasil e a Telecom Italia, proprietária da TIM no País. No Brasil, a compra do controle da Telecom Italia pela Telefónica implicará, além da complexa análise antitruste no País, um desafio à manutenção da qualidade dos serviços prestados, segundo afirmou uma fonte da Anatel, ao Estado de S. Paulo. Ainda de acordo com a publicação, pelas regras do setor de telecomunicações no Brasil, um mesmo grupo não pode ter duas empresas que atuam na telefonia móvel em uma mesma região.

A publicação diz também que se a Telefónica assumir o controle da Telecom Italia na Europa, será indiretamente a sócia majoritária da TIM no Brasil, onde já é dona da Vivo. Por isso, teria que se desfazer da outorga e das faixas de frequência de uma das duas operadoras, potencialmente unificando as bases de clientes de ambas as empresas em um único espectro.

Segundo dados do mês de julho da Anatel, a Vivo é a líder do mercado brasileiro de telefonia móvel. A TIM aparece em segundo lugar. Somadas, as empresas teriam mais de 55% de market share.

Nenhum comentário:

Postar um comentário